Fotos curiosas e lugares interessantes

De um PPS recebido por e-mail, originou uma pesquisa que vale uma postagem com algumas fotos curiosas e de lugares interessantes neste planeta.  Vamos viajar para 8 destinos?

Ponte de Água de Magderburg, Alemanha

1.Ponte Magdeburg

2.Ponte Magdeburg

A ponte de Água Magdeburg é um aqueduto navegável na Alemanha, que conecta o Canal Elba-Havel para o Canal Mittelland, e permite que navios atravessem o rio Elba. Com extensão de 918 metros, é o mais longo aqueduto navegável do mundo. (*Crédito de fotos)

Ponte Circular de Pedestres em Lujiazui, China

3. lujiazui-pedestrian-bridge-1[6]

Esta interessante ponte de pedestres construída em Lujiazui no distrito de Pudong de Xangai, China, foi construída para que as pessoas evitem o tráfego na rotunda da rua de mesmo nome.  A 5,5 metros de altura, permite que 15 pessoas caminhem lado a lado, perfeitamente adequado aos altos níveis populacionais da China e logo tornou-se uma atração turística com iluminação noturna especial. (*Crédito da foto)

Dar al-Hajar, o Palácio de Rocha, Iémen

4. Dar-al-Hajar-8[6]

No topo de uma rocha no famoso Vale de Wadi Dhahr, cerca de 15 km de distância da cidade capital de Sana, no Iémen, está Dar al-Hajar, mais conhecido como Palácio do Imam Rock, um exemplar da arquitetura imemenita.

Antigamente, o Iêmen não tinha um rei ou um presidente. Em vez disso, a liderança do país recaía a um Imam (líder espiritual islâmico). Yahya Muhammad Hamiddin (1869-1948) tornou-se imã da zaiditas (uma seita religiosa islâmica) após a morte de seu pai em 1904, e depois elevado a  Imam do Iêmen em 1918, e permaneceu no cargo até ser assassinado em 1948. O palácio foi construído em 1930 pelo Imam Yahya como sua residência de verão, posteriormente restaurado para visitação e um museu.  (* Crédito da foto)

Plantação de Colza em Luoping, China

5.luoping-6[6]

Luoping é um pequeno condado no leste de Yunnan, na China, localizada a cerca de 228 quilômetros ao nordeste de Kunming, perto da fronteira com as províncias de Yunnan Guizhou e Guangxi. No início da primavera, quando as flores de colza amarelo (também conhecida como canola) estão em plena floração, a área assume a aparência de um “mar de ouro” – um espetáculo que fez Luoping uma espécie de Meca para os fotógrafos. As terras cultivadas ficam douradas com flores de colza amarelo tanto numa extensão visual até o horizonte. A melhor época para visitar Luoping para esta festa visual é de fevereiro a março. (*Crédito da foto)

Mosteiros de Meteora, na Grécia

6. meteora-monastery-15

Meteora (do grego para “suspenso no ar” ou “em cima nos céus”) é um grupo de seis mosteiros e um dos maiores complexos e mais importantes mosteiros ortodoxos orientais na Grécia. Os seis mosteiros, construídos sobre a rocha de arenito, são um dos exemplos mais significativos da transformação arquitetônica de um sítio em um lugar de retiro de meditação e oração, praticamente inacessível. (*Crédito da foto)

Capela de Aiguilhe d’Saint-Michel, França

7.Saint-Michel-aiguilhe-2[6]

A Capela de Aiguilhe d’Saint-Michel é uma capela de peregrinação construída no topo de uma agulha rochosa de formação vulcânica num lugar perto de Le Puy-en-Velay, na França. A agulha de basalto em que a capela foi construída tem cerca de 280 metros, e é alcançado por 268 degraus de pedra que serpenteiam o seu caminho até o lado do rock. A capela é cercada por um caminho que oferece uma bela vista da cidade, a Catedral Puy Notre Dame e da antiga ponte.

A capela foi construída em 962, mas a agulha rochosa tem sido um lugar sagrado por milhares de anos: um dólmen (monumentos megalíticos tumulares coletivos) pré-histórico foi construído lá pelos romanos dedicado a Mercúrio antes dos cristãos construírem a capela a São Miguel.

A capela foi construída pelo bispo de Puy para comemorar o retorno de São Miguel, que foi em peregrinação a Saint Jacques de Compostela. Este santuário original e duas das apsidoles ainda sobrevivem até hoje. A capela atrai muitos peregrinos, principalmente após Le Puy ter-se tornado num ponto de partida de uma das principais rotas para Santiago de Compostela. (*Crédito da foto)

Uma piscina na China

8.china-crowded-pool-1[7]

O “Mar Morto da China” é uma piscina de água salgada localizado no condado de Daying, província de Sichuan, inspirado no original Mar Morto no Oriente Médio. A piscina tem uma área de 30.000 metros quadrados e capacidade para até 10 mil visitantes de uma só vez.

Quem sabe, a água é salgada pela urina de boa parte dos frequentadores.  Imagine só o fedor e como uma pessoa pode sentir diversão nisso!!!  Talvez isso reflite a falta de opções para lazer e o País ter uma população de mais de 2 bilhões de habitantes. (*Crédito da foto)

Onde começa ou termina a Grande Muralha da China

9.old-dragons-head-Shanhaiguan-0[3]

10.old-dragons-head-Shanhaiguan-5[6]

Um dos lugares mais interessantes para visitar a Grande Muralha é o lugar onde se encontra com o mar de Bohai perto Shanghaiguan em Qinhuangdao, a cerca de 300 quilômetros a leste de Pequim. Shanhaiguan Pass ou Shanhai é uma das passagens mais importantes da Grande Muralha da China, localizado ao sul de Yan Mountain, e ao norte do Mar de Bohai. A Muralha se estende a 5 km ao norte de Shanhai Pass, onde ele se projeta para o mar. Isto é onde a parede começa (ou termina, dependendo da sua interpretação) e aqui se estende ao Lago Lop, a oeste, ao longo de um arco que precariamente delineia a borda sul do interior de Mongólia – uma extensão de cerca de 8.850 km. (*Crédito das fotos)

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s