Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Caño Cristales um belo rio ‘arco-íris’ na Colômbia

Canhao Cristal 01

Caño Cristales é um rio colombiano localizado na Serranía de la Macarena província de Meta. O rio é comumente chamado de “rio de cinco cores” ou o “arco-íris em líquido”, e é conhecido como o mais belo rio do mundo devido às suas cores marcantes.

O leito do rio, do fim do mês de julho a novembro, fica diversamente colorida com o amarelo, verde, azul, preto, vermelho, sendo a última derivada de uma planta denominada Macarenia clavigera localizada no fundo do rio.

As rochas quartzíticas do planalto Serranía de la Macarenia foram formadas há cerca de 1,2 bilhões de anos atrás. Elas são uma extensão ocidental do Escudo da Guiana, da Venezuela, Guiana e Brasil e fazem parte do grupo de rochas exposts mais antigas do mundo.

Canhao Cristal 02

Caño Cristales é um rio rápido com muitas corredeiras e cachoeiras.  As rochas sobre as quais corre o rio geram pequenas poças circulares denominadas marmitas de gigante, que resultam do impacto de algum material mais duro: quando se produzem depósitos de algum material, como uma rocha mais dura dentro de uma leve concavidade, a turbulência da água cria um redemoinho, o que a faz girar juntamente com este material duro em suspensão, produzindo um forte desgaste, chegando a escavar poças.

A Serranía de la Macarena está localizada na fronteira de três grandes ecossistemas, cada um deles com grande diversidade de flora e fauna: a Cordilheira dos Andes, a Llanos Oriental, e a floresta amazônica. A vida animal e vegetal enfrenta uma luta de sobrevivência devido à falta de nutrientes na superfície sólida do planalto e desenvolveram diversas adaptações. O planalto é o lar de cerca de 420 espécies de aves, 10 espécies de anfíbios, 43 espécies de répteis e 8 de primatas.

Canhao Cristal 17

Caño Cristales rio tem plantas aquáticas mas é desprovido de peixes. A água do rio é extremamente limpa, devido à falta de nutrientes e de pequenas partículas. Sua exclusiva particularidade é a coloração vermelha e rosa brilhante do leito do rio após o período de chuvas no final de julho-novembro. Esta cor é causada pela grande quantidade de espécies de plantas endêmicas Macarenia clavígera. Esta planta é encontrada em alguns rios da região, como os Caño Siete Machos e aderem firmemente às rochas em locais onde há forte correnteza do rio.

Uma época boa para visitar Caño Cristales é do final de julho a início de dezembro. Foi declarado Patrimônio Biológico da Humanidade

Canhao Cristal 04Canhao Cristal 07

Canhao Cristal 08

Canhao Cristal 09

Canhao Cristal 10

 

Canhao Cristal 11

 

Canhao Cristal 12

 

Canhao Cristal 14

 

Canhao Cristal 15

 

Canhao Cristal 16

 

Canhao Cristal 18

 

Canhao Cristal 19

 

Canhao Cristal 20

 

* Origem: texto misto da Wikipédia e do pps recebido por e-mail. Não foi possível identificar o autor das fotos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 12/04/2015 por em Caño Cristal rio, COLÔMBIA e marcado , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.424.747 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Hoje, 24 de Junho de 2022, comemora-se 400 anos de “A Maior Derrota dos Holandeses no Oriente” na sua tentativa de tomar Macau dos portugueses. Até a transição de soberania de Macau, de Portugal para a República Popular da China, em 20 de Dezembro de 1999, a data era comemorada como “DIA DE MACAU” ou “DIA DA […]

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

1 Aqueles bons tempos de Macau, que já não voltam mais, de peças teatrais com participação de macaenses, são recordadas por Jorge Eduardo (Giga) Robarts na sua página no Facebook. Com autorização do Giga, as imagens foram copiadas e editadas, inclusive seus textos. Fazem parte do seu acervo, bem como, partilhadas por seus amigos dessa […]

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Nesta postagem, divulgamos duas histórias de Macau de autoria do Manuel V. Basílio, publicadas no Jornal Tribuna de Macau-JTM e que foram extraídas dos seus livros: A primeira viagem portuguesa no sul da China O primeiro acordo sino-português Nos artigos abaixo com os textos com ligação direta no JTM , clique em “continue reading” (continue […]

%d blogueiros gostam disto: