Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo: uma das 3 Igrejas no topo da Ladeira do Carmo em Salvador, Bahia

 

Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo que tem como vizinha a Igreja da Ordem Terceira do Monte Carmelo

Se for visitar Pelourinho em Salvador, Bahia, não deixe de subir a Ladeira do Carmo, logo aí perto, e conhecer três igrejas católicas no topo: a Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo que tem como vizinha a Igreja da Ordem Terceira do Monte Carmelo e a poucos metros, a Igreja do Santíssimo Sacramento do Passo.

Nesta postagem, vamos conhecer a Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo, onde também está instalado o Hotel Pestana Convento do Carmo Bahia:

O atual conjunto arquitetônico da Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo foi construído no início do século 17. A igreja foi construída em estilo neoclássico. Ao lado da igreja está instalado o Hotel Pestana.

A história conforme a Wikipédia

Fotografia de/photos by Rogério P D Luz

A Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo é uma igreja católica apostólica romana do século XVII e um antigo convento em Salvador, Bahia, Brasil . A igreja é dedicada a Nossa Senhora do Monte Carmelo . O complexo fica ao lado da Igreja da Ordem Terceira do Monte Carmelo . A Igreja e o Convento de Nossa Senhora do Monte Carmelo foram tombados como uma estrutura histórica pelo Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico (IPHAN) em 1938 e fazem parte do Centro Histórico de Salvador, Patrimônio Mundial da UNESCO.

História

Os membros da Ordem Carmelita chegaram à Bahia na década de 1580. Eles construíram um convento em 1586 no Monte Calvário, uma pequena colina com vista para a Baía de Todos os Santos ao norte do pequeno povoado de Salvador. Foi construído fora dos muros de proteção do pequeno povoado. Após a ocupação holandesa do Brasil (1630-1654), os portugueses usaram a igreja como depósito de pólvora e a igreja como quartel. O novo convento, a estrutura existente, data de 1681.

A mesa do altar principal é feita de prata.

Localização

A Igreja e Convento de Nossa Senhora do Monte Carmelo estão localizados ao norte do Centro Histórico de Salvador . Ficam na Rua do Carmo, uma rua de paralelepípedos, no bairro de Santo Antônio Além do Carmo. A igreja é adjacente à Igreja da Ordem Terceira do Monte Carmelo

Estrutura

A Igreja Nossa Senhora do Monte Carmelo possui uma nave única e uma disposição típica da arquitetura das igrejas do século XVII na Bahia. A igreja possui uma torre sineira à esquerda da fachada e três grandes portais. Três janelas no nível do coro correspondem aos portais abaixo. O altar-mor da igreja tem uma frente de prata que data do século 18, mas a igreja foi amplamente redesenhada e renovada no estilo neoclássico no início do século 19. O calcário lioz foi importado de Portugal com grandes custos e, como outras igrejas do Centro Histórico de Salvador, foi utilizado no piso, na parede, na pia batismal e em outros elementos do interior da igreja. A Igreja Nossa Senhora do Monte Carmelo tem uma sacristia em estilo rococó.

Convento

O Convento Nossa Senhora do Monte Carmelo ocupa a maior parte do complexo. O convento tem dois claustros; a menor data do século XVII e a maior, da segunda metade do século XVIII. O convento tem dois andares com vista para o claustro.

Tombamento

A Igreja e o Convento de Nossa Senhora do Monte Carmelo, tanto a estrutura quanto seu conteúdo, foram tombados como uma estrutura histórica pelo Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico em 1938 sob a inscrição número 90.

Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo que tem como vizinha a Igreja da Ordem Terceira do Monte Carmelo

Altar-mor

 

Pintura do teto

Pintura do teto da entrada

Altares laterais

Os altares em estilo neoclássico, em madeira revestida de ouro.

Pátio interno do Convento – Claustro

A Ordem dos Carmelitas Calçados se estabeleceu no Monte Calvário (atual Alto do Carmo), em 1586. O Convento é o maior da Ordem Carmelita no mundo. Possui dois claustros e 80 celas. Durante a Invasão Holandesa (1624 a 1625), o Convento abrigou o Quartel General das forças de resistência e lá os holandeses assinaram sua rendição (Bahia Turismo.Com)

Porta do Hotel Pestana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.409.660 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

1 Aqueles bons tempos de Macau, que já não voltam mais, de peças teatrais com participação de macaenses, são recordadas por Jorge Eduardo (Giga) Robarts na sua página no Facebook. Com autorização do Giga, as imagens foram copiadas e editadas, inclusive seus textos. Fazem parte do seu acervo, bem como, partilhadas por seus amigos dessa […]

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Nesta postagem, divulgamos duas histórias de Macau de autoria do Manuel V. Basílio, publicadas no Jornal Tribuna de Macau-JTM e que foram extraídas dos seus livros: A primeira viagem portuguesa no sul da China O primeiro acordo sino-português Nos artigos abaixo com os textos com ligação direta no JTM , clique em “continue reading” (continue […]

Macau em 1997 – entrevista com Anabela Ritchie sobre a transição da soberania em 1999

Macau em 1997 – entrevista com Anabela Ritchie sobre a transição da soberania em 1999

A recordar os tempos que antecederam a transição da soberania de Macau para a República Popular da China que ocorreu em 20 de Dezembro de 1999, transcrevemos em três postagens, as entrevistas concedidas ao Diário de Notícias em 1997 e que foram publicadas no antigo website A-Ma Gau – Ecos de Macau. Nesta postagem, a […]

%d blogueiros gostam disto: