Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Rigoberto Rosário (pai-92 anos), faleceu

Faleceu em São Paulo/Brasil, em 26/08/2011 com 92 anos de idade,  Rigoberto Rosário, pai do Rigoberto Rosário Jr. Api (autor da canção Macau).  A missa do 7º dia será no … Continuar lendo

29/08/2011 · Deixe um comentário

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 620,931 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

As estórias de Margarida Ribeiro ambientadas em Macau e na China

As estórias de Margarida Ribeiro ambientadas em Macau e na China

Acompanhada do macaense Delfino Ribeiro, a escritora madeirense Margarida Ribeiro em 29 de dezembro de 2005  visitou a Casa de Macau de São Paulo no dia da festa de Natal. Na ocasião, quis presentear a comunidade macaense com o seu livro de estórias “A Mui” ambientado na China e em Macau “terra maravilhosa onde a vida tantas vezes confunde […]

À memória de António do Rosário Souza e o hóquei que mais amava

À memória de António do Rosário Souza e o hóquei que mais amava

Com muita tristeza, a comunidade macaense de São Paulo recebeu em 27 de setembro de 2016, a notícia da morte prematura do conterrâneo António Manuel do Rosário Sousa (Toninho), ainda na casa dos 50 e tal anos. O Toninho, como mais o chamávamos, amava o hóquei. Foi o último ‘sobrevivente’ macaense ligado ao esporte praticado em […]

Convívios dos macaenses de São Paulo com Padres

Convívios dos macaenses de São Paulo com Padres

Seja nas escolas, nas igrejas católicas e atividades a elas relacionadas, nas residências e todas aquelas do dia-a-dia dos macaenses, especialmente nos tempos antigos, aqueles presenciados por este autor nos anos 50 e 60, o convívio com os Padres era frequente. Por conta destas estreitas ligações, o convívio ainda teve continuidade em São Paulo com […]