Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Natal de Cristo no Morro do Presépio, o ano todo em Aparecida

Com a oração do Padre Camilo júnior, publicado no Portal A12 do Santuário de Nossa Senhora Aparecida, fazemos esta postagem com imagens do Natal de Cristo, presente 365 dias ao ano, no Morro do Presépio do Santuário.

Oração para um Natal de Bênçãos

Senhor, Deus da vida e do amor,
que a celebração do Natal renove em nosso coração a esperança,
pois vosso Filho, ao nascer no meio de nós,
nos dá a certeza de que Ele sempre estará em nossa vida.
E como nos enche de alegria e paz poder rezar: 
“Ele está no meio de nós!”.
Que o Natal não seja apenas um dia,
mas seja Jesus presente em todos os dias da nossa vida,
nos ensinando a amar, a perdoar, a partilhar
e a construir um tempo novo de fraternidade, justiça e paz.
Natal é a festa do amor em família.
Deus entra na história da humanidade através de uma família,
a família de Nazaré.
Por isso, que todas as famílias acolham o Cristo
e deixem sua presença ensinar o que realmente é amar.
Que neste Natal possamos renascer com Cristo
para uma esperança renovada.
Que a luz vinda do céu ilumine nosso coração e nos encha de paz.
Que no rosto do Menino Deus contemplemos nosso rosto 
e aprendamos daquele que por amor se fez humano
a amar de um jeito mais divino.
Com Nossa Senhora,
queremos acolher Jesus em nosso coração
e aprender de Maria a levar Jesus para o coração das pessoas.

(Padre Camilo Júnior - Natal 2019)

Neste ano difícil de 2020, com o mundo todo assolado pela mortal pandemia do coronavirus covid-19, em que restringiu para muitos um Natal em família e nas igrejas, fica a esperança que, em 2021, possamos ver uma luz no fim do túnel do início de término deste terrível e mortal vírus. Que Nossa Senhora Aparecida nos proteja e abençoe!

Publicação e fotografias de/photos by Rogério P D Luz – em 2013 e 2014

Natal de Cristo no Morro do Presépio

Santuário de Nossa Senhora Aparecida

“É ali, a manjedoura de Jesus”
Vista geral do Morro do Presépio no pátio de estacionamento de veículos do Santuário

Os Três Reis Magos

Rei Mago Baltasar
Rei Mago Gaspar
Rei Mago Melchior
Rei Mago Baltasar

A história do Morro do Presépio

O Morro do Presépio foi inaugurado pelos Missionários Redentoristas em dezembro de 2006.

Todo o projeto foi concebido pelo Missionário Redentorista Pe. Ronoaldo Pelaquin. Ele informa que o novo espaço foi idealizado para oferecer aos devotos um espaço de visitação com interação e entretenimento ao longo da escadaria entre o estacionamento superior e a Basílica.

Segundo ele, a ideia era criar um presépio que tivesse uma ligação de ideias entre o momento histórico do nascimento de Jesus em Belém e Aparecida, onde toda a história nasceu das águas do Rio Paraíba. Por isso foi usado como temática a água, que faz o nexo entre os dois ambientes.

O centro de todo o ambiente é a gruta de Belém de onde brotam as cascatas, com suas águas rolando até o poço dos três pescadores, que têm nas mãos a imagem da Senhora Aparecida.

“A água que brotou da fonte da vida em Belém continua a jorrar até hoje em todo o mundo e, em Aparecida de modo especial, onde os três pescadores pescaram, nas águas do Rio Paraíba, a imagem da Senhora da Conceição, Mãe de Jesus”, completa padre Pelaquim.

As esculturas em tamanho natural, feitas em cimento, são obras do escultor Alexandre Lima de Moraes.

As cascatas e a arte final em pedras foram realizadas pela companhia Art Stones, da cidade de Caldas Novas, de Goiás.

Na área de 7.345 metros quadrados do Morro do Presépio é possível observar um campo de pastores com suas ovelhas, a trilha dos Reis Magos, os anjos do anúncio do nascimento de Jesus, e uma grande estrela suspensa sobre raios de mais de dez metros de altura.

Todo o ambiente do “Morro do Presépio” é constituído por muitas pedras e uma vegetação que lembra Israel, por muitos ângulos curiosos, escadas e bancos; além do “Poço do Pescadores” onde se encontra a canoa com os três pescadores, rodeada por estátuas figurando os romeiros atuais.

“No alto do conjunto da obra existe um belvedere de onde se tem uma vista belíssima do Santuário e de grande parte da cidade, do Vale do Paraíba e da Serra da Mantiqueira”, destaca.

A obra, iniciada em julho de 2006 e concluída na primeira quinzena de dezembro, é mais um presente da “Campanha dos Devotos” para os romeiros e visitantes do Santuário Nacional.

  • Fonte: Portal São Francisco

Um comentário em “Natal de Cristo no Morro do Presépio, o ano todo em Aparecida

  1. Pingback: Presépio esculpido de areia e os 12 Apóstolos de Cristo do Santuário de Aparecida | Cronicas Macaenses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.462.119 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Hoje, 24 de Junho de 2022, comemora-se 400 anos de “A Maior Derrota dos Holandeses no Oriente” na sua tentativa de tomar Macau dos portugueses. Até a transição de soberania de Macau, de Portugal para a República Popular da China, em 20 de Dezembro de 1999, a data era comemorada como “DIA DE MACAU” ou “DIA DA […]

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

1 Aqueles bons tempos de Macau, que já não voltam mais, de peças teatrais com participação de macaenses, são recordadas por Jorge Eduardo (Giga) Robarts na sua página no Facebook. Com autorização do Giga, as imagens foram copiadas e editadas, inclusive seus textos. Fazem parte do seu acervo, bem como, partilhadas por seus amigos dessa […]

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Nesta postagem, divulgamos duas histórias de Macau de autoria do Manuel V. Basílio, publicadas no Jornal Tribuna de Macau-JTM e que foram extraídas dos seus livros: A primeira viagem portuguesa no sul da China O primeiro acordo sino-português Nos artigos abaixo com os textos com ligação direta no JTM , clique em “continue reading” (continue […]

%d blogueiros gostam disto: