Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Patrimônio Mundial

(fotografia de Rogério P.D. Luz, autor do blog, imagens feitas nos cruzeiros pelo Costa Victoria e o MSC Armonia – clicar para aumentar)

A cidade do Rio de Janeiro foi declarada em 1º de Julho: Patrimônio Mundial como paisagem cultural pela UNESCO.  Vinte e um países do Comitê do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação , a Ciência e a Cultura – UNESCO aprovaram, por unanimidade, a concessão do título, tornando o Brasil detentor de 19 bens dos 911 reconhecidos pelo órgão.

Para se candidatar ao título, em 2009, o órgão governamental IPAHN relacionou 13 locais que tinham o aspecto de integração entre a cidade e a natureza, entre eles,os morros do Corcovado onde se encontra a estátua do Cristo Redentor e do Pão de Açúcar, a Praia e o Forte de Copacabana, a enseada de Botafogo, a entrada da Baía de Guanabara, o Aterro e o Parque do Flamengo, o Jardim Botânico, o Forte e o Morro do Leme, o Arpoador e a Floresta de Tijuca.  Anteriormente, já tinha havido uma tentativa de candidatura da cidade porém para sítio urbano misto, no entanto, como foi recusado, o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN formalizou esse pedido novamente alterando-a para se candidatar como paisagem cultural cujo título é inédito, já que outros iguais foram concedidos para paisagens em áreas rurais ou jardins.

Declarações de autoridades e intelectuais falam que a “cidade será vigiada”, que “o título vai acentuar a consciência de preservação” ou “a despoluição da Baía de Guanabara e regulamentação de ocupação irregulares”.  Citam ainda que o Rio difere de outros balneários do mundo que só funcionam no Verão, enquanto que a cidade oferece serviços e tem movimento o ano inteiro.

Os outros 11 patrimônios culturais do Brasil são: 1) Plano Piloto de Brasília; 2) centro de São Luís do Maranhão; 3) centro de Diamantina (cidade histórica de Minas Gerais); 4) centro da cidade de Goiás; 5) Praça de São Francisco, em São Cristovão, Estado do Sergipe; 6) Santuário do Senhor Bom Jesus do Matosinhos, em Congonhas, cidade histórica de Minas Gerais; 7) centro de Salvador, Bahia; 8) Missões Jesuíticas Guarani, Estado do Rio Grande do Sul; 9) Ruínas São Miguel das Missões, Rio Grande do Sul; 10) Ouro Preto, cidade histórica de Minas Gerais; e 11) centro de Olinda, Pernambuco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.076.414 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Como já vem acontecendo nos Encontros das Comunidades Macaenses realizadas em Macau, o programa de 2019 incluía uma missa e Te-Deum na Sé Catedral que foi celebrada no dia 26 de Novembro às 18:00 horas pelo Bispo de Macau, D. Stephen Lee Bun-sang. Uma celebração religiosa e ação de graças para agradecer por mais uma […]

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O Hotel Casino (Cassino) Lisboa, de Macau, inaugurado em 3 de Fevereiro de 1970, seis anos após o início das obras em 1964, o primeiro dos tempos modernos do outrora território português na China por cerca de 440 anos, e devolvido para a China em 1999, é por excelência uma galeria de arte com peças […]

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

O macaense Carlos Cordeiro, hoje residente no Canadá, enviou ao autor deste blog, três fotos que espelham bem o convívio dele com dois amigos macaenses: Fernando Placé e José (Zé) Cabral, num período de 52 anos, de 1967 a 2019. Interessante ver o cuidado de fotografar o momento na mesma posição da foto original de […]

%d blogueiros gostam disto: