Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

A vida no interior do navio cruzeiro MSC Poesia

MSC Poesia

Uma das curiosidades para quem planeja viajar de navio cruzeiro é conhecer o seu interior, o principal item para o conforto e prazer da viagem.

Em dezembro de 2014 fizemos o cruzeiro de Natal de 7 noites, 8 dias, do dia 20 a 27, pelo navio MSC Poesia parando nos portos de Montevideo, Buenos Aires e Punta Del Este no Uruguai. Mesmo tendo decorrido 5 anos, as fotos do seu interior e do que desfrutamos, não envelhecem. São oportunas, pois os cruzeiros são bem procurados no Brasil e que acontecem na Primavera, Verão e início de Outono, encerrando a temporada entre março e abril conforme o navio.

Vamos então conhecer o MSC Poesia que a empresa de navegação trouxe para a temporada 2019/2020 no Brasil:

Fotografia de/photos by Rogério P D Luz

MSC POESIA

(Texto da Wikipédia) O MSC Poesia é um navio de cruzeiro operado pela MSC Crociere. Ele foi construído pelos estaleiros da STX Europe em Saint-Nazaire, na França. Ele é navio irmão do MSC Musica, MSC Orchestra e MSC Magnifica. foi o navio-almirante da empresa até ser deslocado pelo MSC Fantasia, que entrou em serviço em dezembro de 2008. Em 2008 e 2009, o MSC Poesia realizou uma série de cruzeiros de 7 noites de Veneza para outros destinos na Itália, Grécia e Turquia. Desde 2010, o navio navega pela Europa Setentrional durante a temporada de verão.

O deck Coral Bay que é o mais movimentado

Características:

O MSC Poesia é parte da classe Musica. Os navios dessa classe possuem capacidade para 3.013 passageiros em ocupação máxima. Em ocupação dupla, acomoda 2.550 passageiros. Segundo a MSC, o navio possui 16 bares e 5 restaurantes. Em suas quase 100,000 toneladas, possui também um teatro com 1,2540 poltronas, um casino, pista de jogging, quadra de tênis, spa, e diversas outras atrações.

O deck Lido Caio Levantado

História:

O MSC Poesia foi o primeiro navio na frota da MSC Crociere a ser batizado fora da Itália. Seu batismo ocorreu em 7 de Abril de 2008 em Dover, na Inglaterra. A madrinha foi a diva italiana Sophia Loren que também batizou todos os outros navios da frota da companhia italiana. De sua inauguração até 2010 operou no Mediterrâneo, partindo principalmente de Veneza para roteiros pelo Adriático. Após 2010, passou a navegar no Norte da Europa e nos EUA e Caribe. Em outubro de 2012, a MSC anunciou a vinda do Poesia ao Brasil em sua temporada de verão sul-americana 2013/2014 (Wikipédia)

MSC Poesia em Punta Del Este, Uruguai

Deitado e contemplar a paisagem: quer coisa melhor?

O INTERIOR

AMBIENTES, ÁREAS DE CIRCULAÇÃO, PARA DESCANSO/CONVÍVIOS, TEATRO E LOJAS

O Átrio Poesia com um vão aberto é o principal espaço do navio

O Átrio Poesia possui um piano de cauda estilizado com apresentação de uma excelente pianista

Teatro Carlo Felice com apresentações duas vezes em cada noite para os dois turnos do jantar.

Lounge para curtir uma boa música, relaxar ou conversar

Uma enoteca caso queira degustar um bom vinho

Ambiente com exposição de fotos e área para venda de fotos e vídeos de passageiros feitos a bordo

Lojas de Duty Free

Comércio nos corredores das lojas de Duty Free

O Zebra Bar que é o maior lounge com música, animação e lojas com decoração temática, do seu nome

A bela escadaria que é bem procurada para fotografia

O Átrio Poesia, com seu vão aberto e seus três andares, é o principal espaço do MSC Poesia

Um bar com música ao vivo

 

Aqui você contrata o tour para os portos de parada

Aqui foi celebrada a missa de Natal

Que tal descansar e bater um papo gostoso na popa do navio? Também bom para um cochilo após o almoço e que era uma tranquilidade com pouca gente.

CAFÉ DA MANHA/PEQUENO ALMOÇO

Nada mais gostoso que tomar o café da manhã (um autêntico pequeno almoço) ao lado da janela com vista para o mar.

RESTAURANTE

O restaurante na Noite Italiana

Você pode pedir todos os pratos, mas todos mesmo, se tiver estômago para isso.

Animação com música italiana e apresentação dos cozinheiros.

Os pratos podem parecer pequenos, dentro da filosofia de “chique e masterchef”, mas pela grande variedade (vide cardápio acima), é suficiente.

No jantar do Natal foi servido lagosta.

Os risquinhos no prato dentro da cozinha “chique”, mas dispensáveis.

Ainda bem que conseguimos reunir todo mundo na mesma mesa, pois elas são sorteadas automaticamente.

FESTA E ENCENAÇÃO DE NATAL

Na véspera do Natal, dia 24, no átrio central, houve uma apresentação de presépio e música ao vivo cantada por passageiros cadastrados e ensaiados previamente.

O coral dos passageiros que foram ensaiados para cânticos de músicas de Natal, e foi muito emocionante.

CEIA DE NATAL

Depois do jantar do dia 24, logo em seguida foi servida a ceia de Natal na área do café de manhã com belas decorações e trabalhos manuais de personagens natalinas.. Difícil foi comer de novo após uma bela refeição.

TEATRO

O comandante e parte da tripulação de cada área saúdam os passageiros.

Os variados shows eram maravilhosos e com belos cenários, cada dia um diferente de outro.

BAR COM MÚSICA AO VIVO

Se não há coisa mais gostosa é, após o jantar, sentar num dos lounges ou bares e ouvir música e dançar para quem quiser.

O QUARTO COM VARANDA

Na reserva, o preço de um quarto com varanda não aumentava muito em relação à cabine interna.

CIAO E SAUDADES, HORA DE POR AS MALAS NO CORREDOR PARA DESEMBARQUE

Tristeza, na noite do último dia do cruzeiro que vai deixar saudades, você põe as malas na área externa para serem retiradas no porto após o desembarque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.279.716 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: