Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, em Salvador Bahia, a igreja pré-fabricada em Portugal

Situada na Cidade Baixa de Salvador, em Bahia, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia que fica a poucos metros do Elevador Lacerda e do Mercado Modelo. tem uma particularidade que merece destaque: foi pré-fabricada em Portugal, as partes numeradas transportadas por caravelas atravessando o Oceano Atlântico e finalmente montadas no Brasil.

Imponente, observando a Baía de Todos os Santos, é ponto de partida da procissão com a imagem de Nossa Senhora da Conceição até a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim na tradicional festa do dia de Lavagem do Bonfim onde as escadarias são lavadas com água de cheiro por baianas vestidas de branco. A festa acontece todos os anos na segunda quinta feira do mês de janeiro após o dia de Reis.

  • Conheça a festa da Lavagem do Bonfim e a Igreja do Nosso Senhor do Bonfim

Vamos então conhecer a história da Basílica de Nossa Senhora do Bonfim extraída e resumida da Wikipédia:

(Fotografia de/photos by Rogério P D Luz)

Basílica e Santuário de Nossa Senhora Conceição da Praia

A Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, ou Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, construída entre 1739 e 1849 no local onde havia uma capela de taipa de pilão erigida em 1549, é uma das paróquias mais antigas da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, no Brasil. Sua atual construção em estilo barroco foi feita toda de pedra de lioz trazida de Portugal. Sua elevação a sacrossanta basílica se deu em 1946. O papa Pio XII declarou Nossa Senhora da Conceição padroeira única e secular do Estado da Bahia.

O papa Pio XII declarou Nossa Senhora da Conceição padroeira única e secular do Estado da Bahia.

As plantas foram feitas pelo engenheiro militar Manuel Cardoso de Saldanha, sendo que o executor dos materiais foi o mestre pedreiro Manuel Vicente. O mestre pedreiro arquiteto Eugénio da Mota, de Portugal, preparou as pedras e acompanhou seu transporte para Salvador, ficando responsável também pela edificação do templo.

Seu interior possui a primeira demonstração mais completa do barroco de dom João V no Brasil, destacando-se a pintura do teto da nave que obedece à concepção ilusionista barroca de origem italiana de autoria de José Joaquim da Rocha. A monumentalidade de sua fachada, de características neoclássicas, é realçada pela implantação das torres em diagonal. A igreja apresenta características da arquitetura do Alentejo.

Trata-se de uma igreja pré-fabricada em Portugal, em pedra de Lioz, que chegou ao Brasil em pedaços separados e numerados. Eugênio da Mota, como dito anteriormente, foi expressamente contratado para montar o “quebra-cabeças arquitetônico”, e sua permanência no Brasil foi prolongada até o final dos trabalhos.

O procedimento de preparar as peças construtivas em Portugal não se limitou aos elementos que requeriam a intervenção de artesãos especializados, mas também, frequentemente, incluiu as mais simples fundações que sustentam as paredes. As paredes de pedra lioz da igreja, quase sem enfeites, são divididas por uma grandiosa ordem de pilastras dóricas, sustentando, ao redor da nave inteira, a calha real.

(clicar na foto para aumentar e compreender melhor a pintura)

A pintura do teto da nave

A pintura do forro da nave é um vasto quadro tradicionalmente aceito como obra de José Joaquim da Rocha. Ela pertence à categoria chamada de “pintura de perspectiva” ou ilusionista, porque procura enganar os olhos do observador com falsa arquitetura e espaço ilusório. O assunto do quadro é a glorificação da Santíssima Virgem da Imaculada Conceição, que aparece coroada de estrelas, em cima do seu símbolo particular – a lua nova. Aos seus pés, se veem quatro mulheres festivamente vestidas para lhe fazer homenagem. As duas à esquerda devem representar a América e a Europa. À direita, a Ásia e a África completam o grupo das quatro partes do mundo. Em cima da Virgem, figura a santíssima trindade, com o Agnus Dei adorado por São João Evangelista e o Santo Precursor.

O altar-mor feito de madeira talhada e dourada

Nossa Senhora da Conceição da Praia, a imagem transportada em procissões.

Altares laterais

A planta da nave da igreja é larga e comprida (28,50 metros por 19,80 metros), termina nas extremidades do eixo principal com uma área poligonal de três faces. Entre estas paredes e quatro portas, que dão comunicação com os corredores, há três altares laterais em cada lado, instalados em capelas quadradas de bastante profundidade. As aberturas das capelas e portadas formam, na parte inferior da nave, uma cadeia de doze arcos iguais, dominados pelo ritmo do arco imenso da capela-mor, erguendo-se altíssimo para fazer a ligação com os arcos das tribunas do andar superior.

Primeiro túmulo de Irmã Dulce

Logo após sua morte, Irmã Dulce foi sepultada na Igreja da Conceição da Praia, em Salvador. Em 2000, com o início do processo de Beatificação da religiosa, seus restos mortais foram então transferidos para a Capela do Convento Santo Antônio, no Largo de Roma. Uma década depois, no dia 09 de junho de 2010, os restos mortais da freira foram transladados para a Igreja da Imaculada Conceição da Mãe de Deus – hoje conhecida também como Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, localizado ao lado da sede das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). O Papa Francisco promulgou o decreto que reconhece o segundo milagre atribuído à intercessão de Irmã Dulce, cumprindo-se assim a última etapa do processo de Canonização da beata baiana. A freira, conhecida como o Anjo Bom da Bahia, se tornará a primeira santa nascida no Brasil e sua canonização será a terceira mais rápida da história (27 anos após seu falecimento), atrás apenas da santificação do Papa João Paulo II (9 anos após sua morte) e de Madre Teresa de Calcutá (19 anos após o falecimento da religiosa).(Fonte: Vatican News)

Altares laterais em detalhes

Quadros pintados postos em molduras de madeira de linhas caprichosas e detalhes de estilo rococó, da época de 1760.

Mais fotos da Igreja (Santuário e Basílica) de Nossa Senhora da Conceição da Praia

 

Anúncios

Um comentário em “Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, em Salvador Bahia, a igreja pré-fabricada em Portugal

  1. Pingback: Mercado Modelo e o Elevador Lacerda na Cidade Baixa de Salvador, Bahia | Cronicas Macaenses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 994.111 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Dia de Macau de 24 de Junho, uma data histórica

Dia de Macau de 24 de Junho, uma data histórica

24 DE JUNHO, DIA DE MACAU – UMA DATA HISTÓRICA Todos os povos têm as suas datas históricas.  Para os Macaenses não poderia ser diferente.  O dia 24 DE JUNHO – DIA DE MACAU, DIA DE SÃO JOÃO BAPTISTA – PADROEIRO DE MACAU  é uma data histórica, que não pode ser esquecida. Em 2019, completa […]

Procissão de Santo António de 2019 em Macau

Procissão de Santo António de 2019 em Macau

No ano de 2019 em que se celebra 20 anos da transição de soberania de Macau, de Portugal para a China, a tradicional procissão de Santo António é mais uma vez realizada no território. Que as tradições religiosas católicas sejam preservadas por muitos e muitos anos. O nosso colaborador, Manuel V. Basílio assim descreveu o […]

Macau (terra minha) cantada por portuguesa de Califórnia como um fado

Macau (terra minha) cantada por portuguesa de Califórnia como um fado

Ramana Vieira, portuguesa de Califórnia, que viajou com a comunidade macaense dos EUA para o Encontro das Comunidades Macaenses de 2010, cantou a famosa canção dos The Thunders e composta por Rigoberto Rosário Jr – Macau (terra minha), acompanhada pela Tuna Macaense. Foi na Festa de Gastronomia Macaense que Ramana interpretou a canção, considerada hino […]

%d blogueiros gostam disto: