Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Punta Del Este

(fotografias de/photos by Rogério P.D. Luz – clicar para aumentar e ver imagem natural com nitidez/please click to enlarge)

No nosso cruzeiro marítimo de Natal de 2010 pelo navio MSC Armonia, um dos pontos de parada foi na bela e rica cidade litorânea Punta Del Este.  Um lugar onde muita gente rica tem o seu refúgio, tanto brasileiros, argentinos e de outras cidades de primeiro mundo.  Sua população aumenta 10 vezes ou mais em época de temporada, porém fora dela, com seus 20 mil moradores fixos, é um mar de tranquilidade, daqueles lugares seguros e sossegados que dá gosto de ficar por dias.  Possui majestosas mansões e prédios luxuosos, além de cassinos, que no tour que fizemos foi possível contemplar.

Não há porto para embarcações de grande porte, assim o navio fica ancorado em alto mar e seus barcos nos transportam para um pier numa praia próxima ao centro comercial. Dizem que se o mar estiver muito agitado ou em mau tempo, a alternativa é o porto de Montevidéu.  Por sorte, o dia estava lindo, céu azul, o mar tranquilo, e assim descemos do Armonia por uma escada até que segura apesar de um certo receio pela altura, já que estavamos em alto mar, e embarcamos num barco salva-vidas fechado.  Como já tinhamos contratado um city tour no navio, já no pier havia orientação para apanharmos o ônibus/autocarro e rumamos para um gostoso passeio que teve uma parada num belvedére, a Casapueblo que optamos, e no final uma parada rápida no centro para compra de souvenirs (Made in China, em geral).

PUNTA DEL ESTE é uma cidade do Uruguai, localizada no departamento de Maldonado. Está entre os dez balneários de luxo mais famosos do mundo e é um dos mais charmosos da América Latina, oferecendo tanto praias oceânicas (Oceano Atlântico) quanto de rio (Rio da Prata). A cidade foi fundada em 1829 por Don Francisco Aguilar, e seu primeiro nome foi Villa Ituzaingó. Em 1907, passou a se chamar Punta del Este. Nas temporadas de verão o balneário ultrapassa os 200 mil habitantes.

A cidade de Punta del Este é reconhecida, entre outras coisas, como um dos mais importantes e exclusivos balneários da América do Sul, assim como o ponto de encontro do jet set Argentino. Balneária por excelência, natural e sofisticada, na atualidade conta com uma Rambla, suntuosas casas típicas de balneários, modernos edifícios de grande altura, um porto com grande infra-estrutura e capacidade de desembarque, locais comerciais de importantes marcas, restaurantes, pubs.

Distante aproximadamente 200 quilômetros da fronteira com o Brasil e 130 quilômetros da capital Montevidéu, o balneário é conhecido por ser freqüentado por artistas, milionários e membros da alta sociedade de vários países, atraindo mais de 400.000 turistas na alta temporada de verão.

Além das praias, os destaques de Punta del Este são: a gastronomia, com grande quantidade e variedade de restaurantes, onde a parrillada (churrasco à moda uruguaia, com carne e vísceras de animais grelhadas de maneira típica) pode ser saboreada, os cassinos (dentre eles, os famosos Cassino Conrad e Cassino Mantra) e as lojas de grifes famosas. Uma marca tradicional de Punta del Este são os adesivos colocados nos carros de vários estabelecimentos, como hotéis, bancos, lojas e supermercados. Possui grande apelo turístico com jovens e pessoal de classe social de média alta à alta alta.

O fator proximidade, aliado às facilidades cambiais e econômicas, faz com que Punta del Este seja um dos paraísos naturais e turísticos mais apreciados pelos brasileiros.

CASAPUEBLO – com uma arquitetura única e inigualável, Casapueblo aparece como um dos passeios mais atraentes da península. Casapueblo é a monumental criação do pintor e escultor uruguaio Carlos Páez Vilaró, quem tem ali o seu atelier. Sua construção durou mais de 36 anos e foi feita pelo escultor com as suas próprias mãos. É universalmente chamada “escultura para habitar”. Ela tem muitos quartos, onde pode-se ver diretamente o mar e os penhascos, e periodicamente pode-se assistir a exibições de pintura.

No interior é um museu e uma galeria de arte, mais há alguns anos ele construiu um apart-hotel chamado Hotel Casapueblo ou Club Hotel Casapueblo e tem um restaurante chamado Las Terrazas (Os Terraços), que segue o estilo da construção original e oferece um saboroso cardápio internacional.

Tem uma homenagem a Carlos Miguel (filho do artista), um dos dezesseis uruguaios sobreviventes do acidente aéreo da Força Aérea Uruguaia Vôo 571 que caiu nos Andes em 13 de outubro de 1972.

Anúncios

2 comentários em “Punta Del Este

  1. roviravezzoso13@hotmail.com
    27/08/2017

    FRANCISCO AGUILAR fue mi tatara abuelo , fue el fundador de punta del este, antes llamada de villa ituzaingo, hermano de mi abuelo;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 722,909 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Passaram-se 11 anos, não parece muito, mas vários conterrâneos e amigos nas fotos que publico da festa do 17º aniversário da Casa de Macau de São Paulo em 2006, promovida em 29 de julho, não estão mais conosco. Ficaram os bons momentos registrados da boa confraternização. Vale um momento de reflexão para sempre procurarmos um […]

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

%d blogueiros gostam disto: