Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Recordações de “quando Macau tinha asas”

Mais uma memória dos tempos da II Guerra Mundial em Macau, numa narrativa do comandante Namorado Júnior do Centro de Aviação Naval para a Revista Macau. Veja: QUANDO MACAU TINHA ASAS Artigo … Continuar lendo

16/08/2014 · Deixe um comentário

A 2ª Guerra Mundial em Macau: tempos difíceis

A população de Macau aumentou 5 vezes na II Guerra Mundial, alcançando quase os números atuais, porém com menor extensão territorial, somando ao drástico racionamento de gêneros alimentícios entre outras … Continuar lendo

24/07/2014 · Deixe um comentário

Macau na II Guerra Mundial e as histórias de ocupação (complemento-texto completo)

Esta postagem traz o texto completo das Histórias de Ocupação que na postagem anterior saiu incompleto. O convite para lê-lo de novo.  HISTÓRIAS DE OCUPAÇÃO – texto completo Texto inserido … Continuar lendo

23/07/2014 · Deixe um comentário

Macau na II Guerra Mundial e as histórias de ocupação

(atualização 23/07/2014 com publicação do texto completo)  HISTÓRIAS DE OCUPAÇÃO Texto inserido no artigo “40 Anos Depois – A II Guerra Mundial em Macau” de Luís Sá e Pedro Dá … Continuar lendo

21/07/2014 · Deixe um comentário

2ª parte: “Quando Hong Kong foi bombardeada”, por Alda de Carvalho Ângelo

Dando sequência à narrativa da escritora macaense radicada e falecida em São Paulo, Brasil, Alda de Carvalho Ângelo, casada com Amílcar Ângelo, onde escreveu e publicou o livro “Fragmentos do … Continuar lendo

25/09/2012 · Deixe um comentário

“Quando Hong Kong foi bombardeada”, por Alda de Carvalho Ângelo ( 1 )

A escritora macaense Alda de Carvalho Ângelo no seu livro “Fragmentos do Oriente” nos conta a experiência vivida em Macau, na Segunda Guerra Mundial, com a invasão de Hong Kong … Continuar lendo

24/09/2012 · 1 comentário

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.223.470 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]