Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Percorrendo o Caminho do Rosário em Aparecida

O Caminho do Rosário e a linha do Trem do Devoto correndo ao lado.

Inaugurado em 14 de outubro de 2018, o Caminho do Rosário é um novo espaço oracional e devocional para os romeiros em Aparecida do Norte, no estado de São Paulo. O percurso de 1.132 metros, conforme dados oficiais, liga a Cidade do Romeiro, junto ao Hotel Rainha do Brasil, ao Porto Itaguaçu, onde a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada em 1717 por pescadores na águas do Rio Paraíba do Sul.

O Trem do Devoto ao lado do início do trajeto do Caminho do Rosário

Aliado à novidade, passou a funcionar o Trem do Devoto (ver postagem específica neste blog) cujos trilhos percorrem ao lado do caminho de fé com vista panorâmica, uma opção para o romeiro programar a sua peregrinação num percurso a pé e outro de trem, na ida ou na volta.

Vinte cenários estão distribuídos pelo percurso.

Vinte cenários com um total de 128 esculturas criadas pelos artistas paraguaios Blas e Angela Servín, estão montados em todo o percurso totalmente plano e com entrada gratuita, apresentando os quatro Mistérios do Rosário assim divididos em Gozosos, Dolorosos, Gloriosos e Luminosos. Cada um dos quatro Mistérios contém cinco cenários com simbologia diferente através de flores e cores. Informação dada à imprensa por padre Daniel Antonio da Silva, administrador ecônomo do Santuário Nacional de Aparecida, diz que “o local foi pensado a partir de cenários. Em cada mistério tem diferentes simbologias, por exemplo, os mistérios dolorosos são mais introspectivos e usam as cores roxo e vermelho escuro. Já as partes da anunciação usam cores alegres, com flores brancas e amarelas”.

Vamos ver então, por imagens explicativas, a sequência do nosso percurso pelo Caminho do Rosário, a pé na ida ao Porto Itaguaçu, e a volta feita pelo Trem do Devoto:

O INÍCIO DO CAMINHO DO ROSÁRIO NA CIDADE DO ROMEIRO

O Caminho do Rosário começa aqui. Imagem de Nossa Senhora Aparecida, no centro canteiro, recebe o romeiro. A basílica nova do Santuário ao fundo. Ao lado fica o Hotel Rainha do Brasil, a dois minutos, bem como a Cidade do Romeiro.

No centro do canteiro, a imagem de Nossa Senhora Aparecida

A entrada para o Caminho do Rosário é gratuita, porém o Trem do Devoto é pago pois é explorado por empresa terceirizada, a mesma que opera os bondinhos. Nada mais justo! Em Agosto de 2019, a passagem custava R$ 10,00 por trajeto. Paga meia entrada a terceira idade e infantil (consulte antes da sua visita).

A placa na Estação Cidade do Trem do Devoto no início do Caminho do Rosário.

Horário de funcionamento do Trem do Devoto: Segunda a sexta-feira – 9h às 16h, Terça – Fechado para manutenção.  No Sábado – 8h às 17h e Domingo 8h às 15h (posição em Agosto de 2019 – consulte antes da sua visita). Conforme informações dos atendentes, nas sextas e finais de semana ou feriados, o tempo de espera para pegar o trem é maior que nos dias de semana, pois a sua capacidade é limitada e só existe uma composição a percorrer o trilho único em 15 minutos além do tempo de embarque por chamada. No nosso caso, como era sábado e ainda não estando tão lotado de gente, o tempo de espera foi de uma hora aproximadamente na viagem de volta do Porto Itaguaçu. Apesar disso, compensa muito o passeio.

O Trem do Devoto na Estação Cidade.

Os banheiros públicos estão aqui no início do trajeto, e depois apenas no final. no Porto Itaguaçu.

MISTÉRIOS GOZOSOS 

o primeiro cenário, alusivo à:

A Anunciação, A Visitação, A Natividade., A Apresentação de Jesus no Templo. e O Encontro do Menino Jesus no templo.

A Anunciação de Maria

A Anunciação de Maria em outro ângulo

A Visitação de Nossa Senhora à prima Isabel

A Natividade – nascimento de Cristo

A Apresentação de Jesus no Templo

O Encontro do Menino Jesus no templo

MISTÉRIOS DOLOROSAS

A Agonia no Horto das Oliveiras, A Flagelação de Cristo, A Coroação de Espinhos, O Transporte da Cruz, A Crucificação.

O totem anuncia os Mistérios Dolorosos

A Agonia no Horto das Oliveiras

Ao longo do trajeto há áreas de descanso e uma barraca para venda de água e sorvete.

A Flagelação de Cristo atado na coluna

A Coroação de Espinhos de Jesus

O Transporte da Cruz

A Crucificação de Jesus

A Crucificação de Jesus

Seguimos o trajeto o próximo Mistério:

O horário de funcionamento do Caminho do Rosário é das 5h às 19h com entrada gratuita.

Outra área de descanso

MISTÉRIOS GLORIOSOS

A Ressurreição, A Ascensão, A Vinda do Espírito Santo, A Assunção de Maria e A Coroação de Maria

A Ressurreição de Jesus

A Ascensão de Jesus

A Ascensão de Jesus, num outro ponto de vista

Descida do Espírito Santo

A Assunção da Virgem Maria

A Coroação de Nossa Senhora

Aspectos do Caminho do Rosário neste trecho:

Todo o trajeto é monitorado por câmeras de segurança e patrulhado por moto do segurança.

Trem do Devoto

MISTÉRIOS LUMINOSOS

O Batismo de Jesus no rio Jordão, O milagre nas Bodas de Caná, Proclamação de Jesus sobre o Reino de Deus, A Transfiguração de Jesus, e A Instituição da Eucaristia

O Batismo de Jesus no rio Jordão.

O milagre nas Bodas de Caná

O milagre nas Bodas de Caná, num outro ponto de vista

Anúncio do Reino de Deus e o Convite de Jesus à Conversão

Anúncio do Reino de Deus e o Convite de Jesus à Conversão, em outro ângulo

A Transfiguração de Jesus

A Instituição da Eucaristia

O percurso final do Caminho do Rosário, após caminhar por 1.132 metros que nem se percebe e nem cansa visto que você vai parando para contemplar cada cenário, refletir e fazer as suas orações, além de poder descansar nas 22 áreas de descanso com bancos:

O término do Caminho do Rosário, ou início para quem parte do Porto Itaguaçu. A estação Porto do Trem do Devoto fica no lado esquerdo da foto, ao lado do último cenário.

Chegamos ao Porto de Iguaçu. O arco é o seu portal e à esquerda a Estação Porto para pegar o Trem do Devoto retornando para o excelente Hotel Rainha do Brasil pertencente ao Santuário.

Um comentário em “Percorrendo o Caminho do Rosário em Aparecida

  1. Pingback: Passeio pelo Trem do Devoto em Aparecida | Cronicas Macaenses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.464.678 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Hoje, 24 de Junho de 2022, comemora-se 400 anos de “A Maior Derrota dos Holandeses no Oriente” na sua tentativa de tomar Macau dos portugueses. Até a transição de soberania de Macau, de Portugal para a República Popular da China, em 20 de Dezembro de 1999, a data era comemorada como “DIA DE MACAU” ou “DIA DA […]

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

1 Aqueles bons tempos de Macau, que já não voltam mais, de peças teatrais com participação de macaenses, são recordadas por Jorge Eduardo (Giga) Robarts na sua página no Facebook. Com autorização do Giga, as imagens foram copiadas e editadas, inclusive seus textos. Fazem parte do seu acervo, bem como, partilhadas por seus amigos dessa […]

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Nesta postagem, divulgamos duas histórias de Macau de autoria do Manuel V. Basílio, publicadas no Jornal Tribuna de Macau-JTM e que foram extraídas dos seus livros: A primeira viagem portuguesa no sul da China O primeiro acordo sino-português Nos artigos abaixo com os textos com ligação direta no JTM , clique em “continue reading” (continue […]

%d blogueiros gostam disto: