Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Charlie Santos

MÚSICA POPULAR MACAENSE – MPM

 CASA DE MACAU (versão 2010)

Charlie Santos de nome artístico, também conhecido pelos amigos e familiares de Canicha, chama-se Carlos Alberto da Silva Santos e nasceu em Lisboa, mas macaense de formação.  Seu pai natural de Lisboa e sua mãe de Macau, nasceu em Portugal quando seus pais, oriundos de Macau, foram lá viver.  Em 1953, retornaram para Macau, onde Canicha viveu a sua juventude apreciando as músicas pop, inglesas e americanas, dos anos 50 e principalmente de 60 e já começava a tocar violão em 1963.  Pouco depois de aprender seus primeiros acordes, já com alguma prática, brincava de inventar suas próprias canções.

Em Dezembro de 1967, emigrou para o Brasil em companhia do autor deste blog, a bordo do navio holandês MV Tchitchalenka numa viagem de 48 dias, incluindo paradas em vários portos da Ásia, África e finalmente Santos, tendo antes parado no Rio de Janeiro.  Logo no ano seguinte, em 1968 já compunha a sua primeira canção em inglês “All I Wanna Do is Cry”.  Em 1992, conseguiu, com recursos próprios, gravar um CD com músicas de composições próprias, nelas incluindo a famosa canção no meio da Comunidade Macaense mundial – Casa de Macau – que teve várias versões, inclusive uma acústica e mais melodiosa.

Depois do primeiro CD, Canicha não parou mais de gravar discos, sempre com recursos próprios, uma sina de vários músicos macaenses por falta de apoio ou de quem se interessasse a oferecer apoio para a cultura expressa em música, preferencialmente direcionada para outras áreas.  Formado na geração dos anos 60, em que os macaenses preferiam a música inglesa e americana, assim denominada de Pop Music, quase a totalidade delas são no estilo e cantadas em inglês.  Porém três composições em português fizeram parte do seu repertório, duas delas aqui reproduzidas: Casa de Macau (versão de 2010) e Lembranças.

Charlie Santos que conta com um conjunto musical profissional, de alta nível, ensaia quase que semanalmente num estúdio, sempre visando a gravação de músicas Pop dos tempos da sua juventude.  E em Maio de 2012, já dizia ao autor deste blog que se preparava para lançar novo disco, dentre de inúmeros porém não comerciais.  Charlie faz o seu investimento na música meramente por gostar e sentir-se realizado, como se estivesse a procurar satisfazer esse seu hobbie insaciável.  Seria algo como muitos gostariam: poder fazer o que gosta.  E que bom que o Canicha, ou Charlie Santos, consegue ter essa satisfação, ainda fazendo bem o que gosta.

Seu site

www.charliesantos.com.br

Ouçam abaixo a canção Lembranças, sua composição:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.084.532 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Como já vem acontecendo nos Encontros das Comunidades Macaenses realizadas em Macau, o programa de 2019 incluía uma missa e Te-Deum na Sé Catedral que foi celebrada no dia 26 de Novembro às 18:00 horas pelo Bispo de Macau, D. Stephen Lee Bun-sang. Uma celebração religiosa e ação de graças para agradecer por mais uma […]

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O Hotel Casino (Cassino) Lisboa, de Macau, inaugurado em 3 de Fevereiro de 1970, seis anos após o início das obras em 1964, o primeiro dos tempos modernos do outrora território português na China por cerca de 440 anos, e devolvido para a China em 1999, é por excelência uma galeria de arte com peças […]

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

O macaense Carlos Cordeiro, hoje residente no Canadá, enviou ao autor deste blog, três fotos que espelham bem o convívio dele com dois amigos macaenses: Fernando Placé e José (Zé) Cabral, num período de 52 anos, de 1967 a 2019. Interessante ver o cuidado de fotografar o momento na mesma posição da foto original de […]

%d blogueiros gostam disto: