Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Interior do Santuário

Santuário de Nossa Senhora Aparecida – o seu Interior

(fotografias de Rogério P.D. Luz)

N.S. Aparecida

O interior da Basílica do Santuário de Nossa Senhora Aparecida

Na Basílica cabem cerca de 45 mil pessoas para as cerimonias religiosas.  O altar principal fica no centro da construção,  permitindo que todos os fiéis, situados em qualquer parte da basílica, possam acompanhar visualmente a missa.  Além disso, há vários aparelhos de televisão afixados nas suas colunas, que transmitem a cerimonia que está a se realizar.

As suas Capelas internas

Capela do Santíssimo

Iniciadas em 2006, as obras da parte interna da cúpula da Capela do Santíssimo foram concluídas no início do mês de maio de 2008. A cúpula foi toda revestida de pastilhas de porcelana banhadas a ouro, com um barrado de dois metros de altura.

A capela do Santíssimo fica à direita do altar central, em direção ao sul. a frase “Panis Angelorum Cibus Viatorum”, escrita no gradil de entrada, significa “pão dos anjos, alimento dos viandantes” nos remetendo à idéia de pão e alimento. É Deus que vem morar no pão.

O piso de granito é modulado em quadriculados, com peixes duplos; uma ala ou tapete central, desde a entrada até o altar, representa a água, símbolo do Espírito, da vida e da graça.

No retábulo existem cinco mosaicos italianos, presentes do Papa João Paulo II quando de sua primeira visita ao Brasil. Eles trazem a representação dos quatro evangelistas (Mateus, Marcos, Lucas e João) e, no centro, o Cordeiro Pascal.

Além disso a Capela possui duas esculturas, criadas pelo artista Adélio Sarro e representam cenas dos Lavapés e de Emaús.

Capela da Ressurreição: Espaço de Oração e Reflexão

Inaugurada ou em novembro de 2007, a Capela da Ressurreição, que abriga os restos mortais dos Bispos que atuaram na coordenação da Arquidiocese de Aparecida: Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, Dom Antônio Ferreira de Macedo e Dom Geraldo Maria de Moraes Penido.

O local é mais um espaço destinado à oração e reflexão na Casa da Mãe Aparecida. Segundo a administração, a Capela foi a forma de se prestar uma homenagem aos que consagraram suas vidas à Casa da Mãe Aparecida e por tudo que representaram na construção do Santuário Nacional.

A Capela fica na esplanada João Paulo II, próxima ao altar onde Papa Bento XVI presidiu a Santa Missa no dia 13 de maio deste ano.

 Capela São José

Cada detalhe da Capela tem um significado. O piso tem desenhos de lírios que se abrem e simbolizam a pureza e a sabedoria. No corredor central e na parte superior do painel central, estrelas de Davi lembram que São José é da descendência do Rei Davi.

O painel “Sonho de José” é uma obra do artista plástico Cláudio Pastro, que apresenta a passagem bíblica: “José, filho de Davi, não tenhas medo de acolher Maria como tua esposa, pois o que ela concebeu é obra do Espírito Santo…” (Mt 1,20-21).

José está deitado à sombra de uma tamareira, plantada junto às águas, lembrando o texto do Salmo 1, onde o justo é como a árvore, que sempre está cheia de vida porque está junto às águas. Também o cajado de José, brotando, retrata que o justo é aquele que vive sempre da Graça de Deus. Os pombos simbolizam a oferta dos pobres, tudo o que é ofertado com simplicidade de coração, pois este é um lugar de sacrifício agradável a Deus.

A grande cúpula da Capela é toda em tons de ouro: a luz, Cristo Luz, Pentecostes, a plenitude Pascal. Ela nos indica que Deus é a luz plena e que esse grande vazio é espaço para o invisível presente. “José é o justo, o silencioso, aquele que permite Deus ser”, como explica Cláudio Pastro.

a imagem de Nossa Senhora Aparecida é venerada na missa

* Veja também a postagem que mostra a vista externa da Basílica nova e a antiga clicar aqui

* Visite o site oficial do Santuário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.093.893 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

“A Cidade de Macau” uma canção de Filomeno Jorge “Russo”

“A Cidade de Macau” uma canção de Filomeno Jorge “Russo”

Foi-me repassado o link no You Tube da canção “A Cidade de Macau”, que não conhecia. É cantada por Filomeno A.M.Jorge (Russo), assim como é o compositor da bela canção e com letras de J.J.Monteiro. O vídeo está publicado no canal no You Tube de – boafilomena Os parabéns do Projecto Memória Macaense e Crónicas […]

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Como já vem acontecendo nos Encontros das Comunidades Macaenses realizadas em Macau, o programa de 2019 incluía uma missa e Te-Deum na Sé Catedral que foi celebrada no dia 26 de Novembro às 18:00 horas pelo Bispo de Macau, D. Stephen Lee Bun-sang. Uma celebração religiosa e ação de graças para agradecer por mais uma […]

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O Hotel Casino (Cassino) Lisboa, de Macau, inaugurado em 3 de Fevereiro de 1970, seis anos após o início das obras em 1964, o primeiro dos tempos modernos do outrora território português na China por cerca de 440 anos, e devolvido para a China em 1999, é por excelência uma galeria de arte com peças […]

%d blogueiros gostam disto: