Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Carlos Coelho, à sua memória, republicação de uma postagem de 2013

Republicamos a postagem feita em 23 de Outubro de 2013, na qual homenageamos o Carlos Coelho, em vida, pelo seu texto de saudades da Macau antiga publicada na página no … Continuar lendo

23/01/2018 · 1 comentário

“Macau Champurado” o vídeo do Dóci Papiaçam que valoriza o Macau genuíno

O belo de Macau não é só feito de exuberantes cassinos, que nada passam de réplicas, tais como daqueles de Las Vegas, mas a sua genuinidade, a miscigenação de raças … Continuar lendo

25/09/2016 · Deixe um comentário

Vídeo em patuá de Macau: ‘Em Busca de um Prémio’

Um vídeo em patuá, dialeto de Macau, a reunir um enorme elenco como pouco visto, numa produção que não é comercial e que nem conta com patrocinadores explícitos, é o … Continuar lendo

20/11/2015 · Deixe um comentário

Vídeo dos super-heróis trapalhões Bichoman e Moscanina que falam patuá de Macau

Numa cidade fictícia – Motai City (qualquer semelhança com Macau é “mera coincidência”) onde a língua corrente e oficial é o patuá, dialecto de Macau, existe o super-herói Bichoman, estilo Batman, … Continuar lendo

10/10/2014 · Deixe um comentário

“Putkipari” do vocábulo concanim, língua materna do goês

Interessante artigo de 1986 da antiga Revista Nam Van a respeito do dialecto indo-português, tendo como enfoque esta palavra “putkipari” oriunda do palavrão bastante usado nos momentos de raiva de … Continuar lendo

09/03/2014 · Deixe um comentário

O patuá de Macau do Século 19

O patuá de Macau do Século 19 era diferente do falado no Século 20, tal como a língua portuguesa? Quem é entendido do dialecto vai poder dizer após a leitura … Continuar lendo

02/03/2014 · Deixe um comentário

“Macau Sã Assi” canta o Coral do Dóci Papiaçám di Macau

Outra canção em patuá, bem conhecida – “Macau Sã Assi” – outrora recebida por e-mail, e que fez parte de um lote de gravações feitas pelo Coral do Dóci Papiaçám … Continuar lendo

18/02/2014 · 1 comentário

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.249.544 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]