Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

“Macau Sã Assi” canta o Coral do Dóci Papiaçám di Macau

Outra canção em patuá, bem conhecida – “Macau Sã Assi” – outrora recebida por e-mail, e que fez parte de um lote de gravações feitas pelo Coral do Dóci Papiaçám di Macau, talvez, na década passada, vai aqui disponibilizada para sua audição.

Seguem publicadas as letras da canção, que para quem não saiba, trata-se de dialecto de Macau, falado pela população macaense de língua portuguesa, bem como algumas fotos de cenários e lugares a que ela faz referência.

As fotos do Coral e do conjunto The Rockers, que talvez possam ter participado desta gravação (embora tenha cá minhas dúvidas), foram tiradas em 2003, por ocasião da Reunião Preliminar para o Encontro das Comunidades Macaenses de 2004.  Na ocasião participei a convite da Comissão Organizadora pelo meu website Projecto Memória Macaense. A do Coral foi tirada na Igreja de São Domingos e do conjunto na recepção promovida no Clube Militar.

(clicar na seta para ouvir)

Coral do Dóci Papiaçám di Macau. Formação de 2003 na Igreja e São Domingos

Coral do Dóci Papiaçám di Macau. Formação de 2003 na Igreja e São Domingos

Letras da canção – Macau Sã Assi (Macau é assim)

(veja as fotos referentes aos textos em negrito)

– TELADO QUI VÊLO

CO RÓPA SUGÁ

ESCADA QU’ISTRÊTO

JANELA CO FULA

NHO-NHÓNHA CANTÁ

MIN-PAU QUENTE-QUENTE

PADÊRO GRITÁ…

SOL FÓRTI DI RIVA

TÊNG-TÊNG-LOU DI BASSO

ASSI SÃ MACAU!

– CHISTE QUI PAPIA NA GUIA

CORÊ VAI DONA MARIA

CHEGA CEDO SAN MÁ LOU

– QUI AZINHA COMO DODA

TA PULÁ NA TUDO BOCA

CHUNAMBÉRO PA LILAU

– NHUM FALA MACAU SÃ GRÁNDI, QUI FOI

NÔS SENTI QUE NUNCA SÃ

SAI PA RUA CEDO CEDO

VAI DI BARA PORTA CERCO

OLA GENTE CONHECIDO

– ABRI NA JANELA

MASQUI SEZA ALTO

NHU-NHUM NUVILÉRO

CORÊ VÊM GUDAM

AZINHA ISCUTA

– COMEÇA MÁ-LINGU

TUDO CORÊ VIEM

D’INTUNGA MANÉRA

NA CASA INTERO QUIM LOGO ESCAPÁ

(fotografias de/photos byRogério P.D. Luz – salvo a com autoria atribuída e/ou de autoria desconhecida)

TELADO QUI VÊLO (telhados velhinhos)

TELADO QUI VÊLO (telhados velhinhos)

RÓPA SUGÁ (roupas a secar)

RÓPA SUGÁ (roupas a secar)

ESCADA QU’ISTRÊTO (escadas estreitas)

ESCADA QU’ISTRÊTO (escadas estreitas)

JANELA CO FULA (janela com flores)

JANELA CO FULA (janela com flores)

NHO-NHÓNHA CANTÁ (mulher a cantar)

NHO-NHÓNHA CANTÁ (mulher a cantar)

MIN-PAU QUENTE-QUENTE (pãezinhos quentes)

MIN-PAU QUENTE-QUENTE (pãezinhos quentes)

GUIA (é a colina do Farol da Guia)

GUIA (é a colina do Farol da Guia)

SAN MÁ LOU (é a denominação em chinês-cantonense para a Avenida Almeida Ribeiro)

SAN MÁ LOU (é a denominação em chinês-cantonense para a Avenida Almeida Ribeiro)

LILAU

LILAU

BARRA (o bairro nesta extremidade)

BARA (o bairro da Barra nesta extremidade diante de si) – foto Franky Lei da antiga Revista Nam Van

PORTA CERCO (fronteira de Macau com a o continente da China) - foto de autoria desconhecida

PORTA CERCO (Portas do Cerco – fronteira de Macau com o continente da China) – foto de autoria desconhecida recolhida do Facebook

Conjunto The Rockers. Formação em 2003 tocando no Clube Militar. Em memória dos integrantes que já estão descansando em paz

Conjunto The Rockers. Formação em 2003 tocando no Clube Militar. Em memória dos integrantes que já estão descansando em paz

Um comentário em ““Macau Sã Assi” canta o Coral do Dóci Papiaçám di Macau

  1. Jorge E. Robarts
    20/02/2014

    LEMBRANDO A NOSSA INESQUECÍVEL MACAU DOUTROS TEMPOS. CAUSOU EM MIM SENSAÇÕES NOSTÁLGICAS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 18/02/2014 por em Canções, Macau Sa Assi, Macau Sã Assi e marcado , , , , , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.279.528 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: