Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

O documentário sobre o Patuá

Li com muito interesse o artigo no Jornal Tribuna de Macau, edição de 14/04/2010 (veja através deste link – http://www.jtm.com.mo/view.asp?dT=343203008.) a respeito do documentário “Patuá di Macau, únde ta vai? – Uma língua crioula em vias de extinção”, produzido por encomenda do Instituto Internacional de Macau.É uma produção de Silvie Lai e James Jacinto, que, salvo ignorância minha, novos nomes, que pela repercussão do projecto, espera-se deles novas produções para o bem da cultura macaense.

Aliás, vejo também uma nova fase de actuação do Instituto Internacional de Macau, presidido por Jorge Rangel, muito bem-vinda e está de parabéns !!! Só ver os projectos do Studio Nilau com o apoio do IIM, um dos quais pude ter o prazer de oferecer apoio pessoal em São Paulo, através da sigla Projecto Memória Macaense. Não esquecer também da exposição e conferência alusivas aos 10 Anos da RAEM, que outro meu site MacaenseBR ( www.macaensebr.viviti.com ) fez a cobertura e tem a divulgação permanente.Um convite para visita.Não custa nada!

No artigo constam iniciativas nos EUA, Canadá, Austrália e Portugal, através da Casa de Macau de Califórnia, UMA, Lusitano, a Casa australiana e o Amigu di Macau, sem falar que foi exibibo na RTP de Portugal e em algumas instituições lusitanas.

Só que nisso tudo, não consta nada do Brasil. Por conta da ausência desta constatação, recebi alguns contactos a perguntar se sabia de algo a respeito. Sinceramente, não sei de nada! Como não faço mais parte da Direcção da Casa de Macau de São Paulo, não tenho nenhuma informação de eventual consulta a respeito e nada foi comentado comigo.

Até acredito que, pelas dimensões do Brasil, o alcance duma iniciativa de divulgação dessas para atingir um público maior, talvez venha a ser feita por uma outra instituição, como tem acontecido com outras exposições que percorreram o País tropical. Uma especulação minha, que pode não se confirmar!

No entanto, estou aqui, em São Paulo, ávido para assistir o documentário, pois deixar para ver só no Encontro, vai depender muito se terei condições de viajar para Macau. Mesmo sem ter visto o documentário e nesta expectativa, tenho que congratular iniciativas tais como essas, pois contribuem em muito a divulgação da cultura macaense pelo mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16/04/2010 por em Patoá.

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.315.197 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: