Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Seminário 1953, republicada

Muitos devem estar até “carecas” de tanto ver esta foto.  Já está publicada na versão antiga do site Projecto Memória Macaense, mas a vantagem de um blog é que uma publicação “solta”.  É como se fosse um diário, um caderno.  Publica como quiser, enquanto que um site já é mais formal, atenta aos detalhes e mais completa.  Assim, como recebi a foto do Francisco “Chico” Inácio (São Paulo) que eu brinco chamando-o de Chico Rebuçado, pois ele sempre tem um rebuçado/bala(Brasil) no bolso para te oferecer, e como achei que estava nítida, grande e com uma descrição bem detalhada, então decidi republicar aqui.  Não custa nada e vale para aqueles que nunca viram a foto, pois tem muita gente conhecida, embora ainda criancinhas/putinhos(Portugal).

(clicar na foto para aumentar)

A propósito, andei olhando as revistas Macau do ano 1994 e vi matérias sobre o teatro de patuá e mais uma vez pairou na minha cabeça a pergunta “afinal de contas, que raios que a nossa malta tanto gosta de vestir-se de mulher em peças de teatro?” Muitos como a gente os conhece, não são nhonhas até gabirús(mulheres) e tanto e nem têm tendências homosexuais (nada contra e nem ridiculizar), mas muitos não hesitam em aceitar um convite para uma peça teatral e lá estão travestidos de senhoras, garotinhas, idosas etc.  Aqui em São Paulo, temos 3 exemplos, até um vídeo de The Chopstick Sisters divulgado no Projecto Memória Macaense (dêm uma olhada no Guia de Vídeos). Aproveite e vejam também a peça teatral em patuá “O Passaporte”.  Se tiver paciência, são 4 capítulos com 40 minutos de duração no total mas vale para umas boas risadas.

Aliás, tem uma matéria do Paulo Coutinho sobre o Dóci Papiaçám que fala que “reactivaram as récitas de patuá que não se viam em Macau desde 1977”, que irei publicar no Projecto Memória Macaense, com muitas fotos e numa delas, lá estava o grande amigo Luís Machado vestido de garota aeróbica no estilo de Phisical, com umbigo para fora.  A peça era Liçám de aerobics.  Morri de rir! Logo irei publicar após tentar juntar uma série de fotos relacionadas ao tema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.222.753 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: