Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Freguesia de São Lourenço e o seu perímetro

(clicar na imagem para aumentar)

O mapa no máximo deve ser de 1979, mas provavelmente uns anos antes da publicação do livro Toponimia de Macau de Padre Manuel Teixeira naquele ano, de onde foi copiado. Até uns tempos atrás fiquei a pensar qual o perímetro de cada Freguesia de Macau que são (ou eram?) 5?  Elas são: Freguesia de São Lourenço, Sé, São Lázaro, Santo António e Nossa Senhora de Fátima.

A de São Lourenço, assim vejo, é a mais popular, tanto que no Encontro Macau 2010, grupo de antigos e atuais moradores da Freguesia reuniram-se para uma foto de lembrança. Tanto que é a primeira que divulgo com o seu perimetro, que desconhecia até então.

Vejam que a Avenida de Almeida Ribeiro é a fronteira das Freguesias de São Lourenço com a Sé.  Até imagino que a linha que divide as 2 faixas de trânsito seja exatamente a fronteira. Assim quem está do lado do prédio do Leal Senado (ou o antigo Soi Cheong) é de São Lourenço, e quem está do lado do Alfaiate Félix ou Long Kei ou Hotel Central é da .  Interessante !!!

Notei neste mapa, que irei divulgando por partes, a menos popular e pouco conhecida, é a Freguesia de Nossa Senhora de Fátima que compreende a Areia Preta, Ilha Verde, Fai Chi Kei e o Reservatório.  Francamente, quando ainda residia em Macau até os 17 anos, simplemente a desconhecia, também, era meio criança, meio jovem, não ligava muito para essas coisas. Eu, que morava na Calçada de Tronco Velho nº 15, perto da fronteira, pertenço à São Lourenço.

Nota: De 1979 pra cá, 2011, Macau mudou muito e aumentou de tamanho.  Assim, não sei dizer como está hoje a situação das Freguesias.  Se escrevi algo que não corresponde à atualidade, então esta postagem tem validade até 1979, e me alertem se for o caso, agradecendo antecipadamente à boa alma que se prestar a fazer um comentário.

A Av. de Almeida Ribeiro.  Observe a linha branca que divide as  2 faixas de trânsito.  Seria a linha divisória das Freguesias de São Lourenço e da Sé?

Os antigos e atuais moradores da Freguesia de São Lourenço numa foto de lembrança tirada no Encontro Macau 2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 865.093 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

No almoço especial do Ano Novo chinês realizado na Casa de Macau de São Paulo em 18 de Fevereiro de 2018, o macaense José Noronha, 83 anos, andava a mostrar uma foto antiga para algumas pessoas que tinham mais ou menos a sua idade. Procurava ele matar as saudades dos velhos tempos em Macau. Macaense […]

%d blogueiros gostam disto: