Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Grande Prémio de Macau – Curva da Melco

Um dos trechos mais famosos do Cicuito da Guia é sem dúvida a Curva da Melco de 180º, que é praticamente igual à Curva Loews do Circuito de Mónaco, que faz parte do calendário da Fórmula 1, inclusive por ser uma descida o que força uma freada mais brusca para contorná-la.  Para os fotógrafos é um bom ponto para fazer os seus registros. Seria um dos pontos onde eu me situaria como amante de fotografia do esporte a motor, embora o Circuito de Macau tem naturalmente uma grande dificuldade para o fotógrafo se deslocar, a distância. Bem diferente dos autódromos, como de Interlagos, onde a pé se alcança quase todos os pontos para fotografia, mas a de Macau você pode se situar mais próximo da pista.

O traçado mantém a sua originalidade, mas o entorno mudou muito.  Se de lá tinha uma vista panorâmica do Porto Exterior de Macau, hoje é prejudicada por inúmeras construções, mas mantém o seu charme.  E está certo falar Curva da Melco, e não “do“, como por instinto escrevi inicialmente.

(clicar para aumentar)

O mapa do Circuito é do livreto do XIII GPM de 1966.  A Curva da Melco se situa no canto superior da sua direita

A Curva no 1º GPM em 1954.  Veja como tinha vista panorâmica do Porto Exterior.  O carro 9 é de Roger Pennels, um Austin Healey 100, que largou na pole position, porém na 12ª volta colidiu contra um poste de iluminação e abandonou a prova.

Outra vista da Curva da Melco, desta vez no 5º GPM em 1958 que teve o percurso da prova reduzido de 77 voltas para 60, em vista da reclamação de pilotos que no final da competição o sol já se punha em certos trechos à frente dos carros, pondo em risco a dirigibilidade.  Na foto, o carro na frente de nº 30 é o Triumph TR2 de Scott Leavitt’s que tinha na sua cola o nº 7 de Ron Hardwick’s com um AC Ace, 2º na classificação.  Segue-se o 30 de Chan Lye Choon que no seu Aston Martin acabou vencendo a prova em 3h 40m 59s, e ainda fez a melhor volta em 3m 31.5s.  Chan foi o 1º chinês a vencer os GPs de Macau, tendo largado nesta em 5º. Perceba que os militares portugueses assumiam o papel de bandeirinhas nos tempos antigos.

Esta foto foi publicada no Jornal Tribuna de Macau nesta semana.  Penso que deve ser do GPM de 2010.  Até que fizeram uma área de escape interna antes da curva, que deve ter melhor orientado os pilotos a fim de evitar aquele acúmulo de carros e a causar acidentes.  Mas … cadê o Porto Exterior, o Rio da Pérolas ???!!!  Ah, tempos modernos e as construções já obstruiram a vista.

A propósito, sobre o GPM de 2011, vi na lista dos inscritos para a prova principal de Fórmula 3 o nome do brasileiro Felipe Nasr, campeão inglês da categoria por antecipação.  É um grande nome e um dos favoritos, uma esperança brasileira no futuro para a Fórmula 1.  Este gajo/cara é bom, vamos ver se vai dar alegria para o Brasil em futuras vitórias na F1 já que o Felipe Massa, depois do parafuso do Rubinho ter atingido a sua cabeça, perdeu rendimento e competividade.  Acabaram-se as suas vitórias e o pior, sem pódio ainda neste ano.   Quanto ao Rubens Barrichelo, é um batalhador, um cara que gosta de pilotar, bom acertador de carro embora impossível nessas fracassadas Williams, mas corre o risco de não conseguir um lugar na F1 de 2012.  Dizem que ele não é daqueles que gostam de sair à cata de patrocínio, um item importante para convencer as equipes/equipas a contratá-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.427.144 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Hoje, 24 de Junho de 2022, comemora-se 400 anos de “A Maior Derrota dos Holandeses no Oriente” na sua tentativa de tomar Macau dos portugueses. Até a transição de soberania de Macau, de Portugal para a República Popular da China, em 20 de Dezembro de 1999, a data era comemorada como “DIA DE MACAU” ou “DIA DA […]

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

1 Aqueles bons tempos de Macau, que já não voltam mais, de peças teatrais com participação de macaenses, são recordadas por Jorge Eduardo (Giga) Robarts na sua página no Facebook. Com autorização do Giga, as imagens foram copiadas e editadas, inclusive seus textos. Fazem parte do seu acervo, bem como, partilhadas por seus amigos dessa […]

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Nesta postagem, divulgamos duas histórias de Macau de autoria do Manuel V. Basílio, publicadas no Jornal Tribuna de Macau-JTM e que foram extraídas dos seus livros: A primeira viagem portuguesa no sul da China O primeiro acordo sino-português Nos artigos abaixo com os textos com ligação direta no JTM , clique em “continue reading” (continue […]

%d blogueiros gostam disto: