Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Copa do Mundo 2014: Vivemos um episódio histórico, embora vergonhoso

Nem merecia uma postagem, mas precisava deixar registrado neste blog este triste e vergonhoso dia para o Brasil.  A derrota da seleção brasileira para a alemã por 7 a 1 passará para a história, substituindo a sempre lembrada Copa do Mundo de 1950 quando perdeu na final por 2 a 1.  Só que em 1950 o Brasil perdeu com honra e dignidade.

Com toda esta desgraça, enquanto assistia o jogo pela tv, após a frustada tentativa de assistir no Fan Fest no Anhangabaú mas desistida após o tumulto no acesso ao local, ao ver a sequência de gols, logo percebi que estava a viver um momento histórico.

Por gerações este jogo será lembrado e até acredito que será eternamente, pois nunca mais haverá tão humilhante derrota nas Copas do futuro, ainda mais, novamente, acontecido no próprio País.

Que este episódio vergonhoso sirva para acordar o Brasil que vivia das ilusões criadas por motivos eleitorais, financeiros, marketing e interesses de certas emissoras de tv que não pararam de endeusar os jogadores e a seleção.  Até lembro daquela voz melosa e cantante de uma emissora que tratava os jogadores como os homens mais perfeitos e ideais para a sociedade, uns deuses.  Onde estará ele agora, talvez mordendo a língua?

Um consolo que agora as eleições de 2014 transcorrerão sem a ilusão de uma Copa bem sucedida para o Brasil. Não poderão usar o hexa como campanha eleitoral. ACORDA BRASIL!

http://www.panoramio.com/photo/45689922 de Ricardo SAPO

Bandeira a meio mastro. Luto para o Brasil. Fonte: http://www.panoramio.com/photo/45689922 de Ricardo SAPO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.278.968 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: