Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Casa de Macau de São Paulo recebe Jorge Rangel do IIM

(revisão de texto: 14hrs)

Jorge Rangel do Instituto Internacional de Macau (IIM), acompanhado de José Lobo do Amaral, aproveitando a viagem para várias conferências e eventos em São Paulo e no Brasil, deslocou-se para a Casa de Macau de São Paulo no domingo passado, dia 23, atendendo à sugestão do presidente Gilberto Silva, para que a entrega do Prémio Identidade 2011  fosse realizada ali e consequentemente a Associação voltaria a recebê-lo, desta vez em carácter oficial.  O Prémio Identidade 2011 foi atribuído, por igual mérito, ao site Projecto Memória Macaense na pessoa do seu autor Rogério P.D. Luz, também autor deste blog, e ao site Famílias Macaenses. (veja outra postagem).

Ao chegar nas dependências da Casa, Jorge Rangel preocupou-se em ir mesa a mesa para cumprimentar os associados e a bater um papo descontraído com a malta.  Depois do almoço no qual foi servido uma suculenta feijoada brasileira, acompanhada de uma boa e esclarecedora conversa sobre os problemas económicos mundias, em especial de Portugal, e da questão de subsídios às Casas de Macau pelo Governo da RAEM, Jorge Rangel foi convidado para iniciar o cerimonial.

Em seu discurso e de forma clara e objetiva, Rangel discorreu sobre o assunto tratado na mesa de almoço com os dirigentes da Casa, e que os acompanhava este autor. Manifestou a preocupação que a crise venha atingir Macau, a dizer também que o Governo da RAEM tem cumprido a contento as promessas feitas na transição.  Explicou que as associações e entidades macaenses sediadas em Macau, tais como a Associação dos Macaenses, a APIM, Santa Casa etc., tem recebido apoio da Fundação Macau, porém quanto ao subsídio às Casas, a questão teria que ser intermediada por uma entidade que as representasse, uma condição da Fundação. Disse que para este papel foi criado o Conselho das Comunidades Macaenses, que entre as suas  finalidades, seria a de promover os Encontros e a representar os interesses das Casas de Macau junto ao Governo da RAEM.  Disse que quanto ao primeiro objetivo tem sido alcançado de forma bastante satisfatória, porém quanto ao segundo, ainda está na expectativa de corresponder aos anseios das Casas de Macau, destacando que para esta questão é preciso dar uma atenção especial. Trechos do seu discurso serão publicados numa outra postagem.

Seguiu-se à entrega de uma gravura de Victor Marreiros com temas brasileiros e um poema em patuá dedicado ao Brasil, de autoria do Adé, José dos Santos Ferreira, ao presidente da Casa de Macau de São Paulo, Gilberto Silva, que foi definido como um homem experiente no discurso.  Depois fez a entrega do Prémio Identidade 2011, que será o tema de outra postagem.

Antes de deixar a Casa rumo ao aeroporto para outras atividades do IIM no Brasil, o que já está a se tornar uma rotina, tanto para divulgar Macau como para eventos culturais a respeito, ainda dispensou a sua pressa para tirar uma foto com os associados que no dia somavam cerca de 70 pessoas.  Saiu satisfeito com a receptividade que teve e o convívio com a nossa malta, o que certamente não será a última visita depois de uma relativa ausência da Casa de Macau.

da esquerda: Jorge Rangel, Gilberto Gilva e José Amaral

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.064.450 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Encontro das Comunidades Macaenses Macau 2019 – Programa Final

Encontro das Comunidades Macaenses Macau 2019 – Programa Final

ATUALIZAÇÃO 14/11/2019 VEJA ABAIXO AS ALTERAÇÕES NA PROGRAMAÇÃO DE SAÍDA DE AUTOCARROS E O PROGRAMA DO ENCONTRO O Conselho das Comunidades Macaenses – CCM, em e-mail enviado às Casas de Macau, divulgou o Programa Final do Encontro das Comunidades Macaenses Macau 2019 e Programação de Autocarros, que terá início em 23/11/2019, encerrando-se no dia 29 […]

Missa nas Ruínas de São Paulo no Mês Missionário Extraordinário em Macau

Missa nas Ruínas de São Paulo no Mês Missionário Extraordinário em Macau

No âmbito do Mês Missionário Extraordinário, anunciado há dois anos pelo Papa Francisco, a Diocese de Macau celebrou esta noite em 19 de Outubro de 2019, pelas 20:00 horas, uma missa em frente às Ruínas de São Paulo, com a participação de muitos fiéis.  Assim conta o nosso colaborador em Macau, Manuel V. Basílio, na […]

Receitas de camarões e pimentas recheadas da gastronomia de Macau com Bosco Silva e Alex Airosa

Receitas de camarões e pimentas recheadas da gastronomia de Macau com Bosco Silva e Alex Airosa

A relembrar a aula de gastronomia realizada na Casa de Macau de São Paulo em 24/02/2008, ministrada pelos chefs João Bosco Quevedo da Silva e Herculano Alexandre (Alex) Airosa, seguem as fotos e receitas de camarões grandes recheados com ervas à moda de João Bosco Quevedo da Silva e pimenta recheada à moda do Alex Airosa. Na época, a coordenação das aulas e elaboração das […]

%d blogueiros gostam disto: