Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Memória: Macau antes da transição (02-GP de Macau 1999)

Na edição de Novembro de 1999, um mês antes de Portugal devolver Macau para China, o jornal de língua inglesa “Macau Travel Talk” publicava o anúncio para o último Grande Prémio de Macau sob administração portuguesa: a 46ª edição.  Também trazia imagens do André Couto, piloto português nascido em Lisboa e radicado em Macau, sendo condecorado com a medalha de mérito esportivo pelo então presidente do Leal Senado, José Luís Sales Marques.

André Couto disputava os GPs de Macau de Fórmula 3 inclusive na Europa, ostentando no seu carro o nome de Macau (vide foto).  Porém nunca venceu durante a administração portuguesa e por ironia do destino, veio a vencer logo no 1º GP realizado após Macau ter sido devolvido para a China, no ano 2000.  Assisti esta corrida no Brasil, ao vivo/em directo, pela RTP internacional.  Lembro que o André, ao comemorar a sua vitória, e politicamente correto, agitou a bandeira da RAEM (Região Administrativa Especial de Macau) que era a nova bandeira (chinesa) de Macau, após ouvir o hino chinês pois ele representava a terra agora China.  Os locutores comentaram assim, meio estupefatos ou escandalizados, “olha ele a agitar a bandeira …”, e porque não dizer que eu também fiquei meio chocado, pois ainda ressentia o fim da era portuguesa em Macau. Mas hoje, já acostumado com a idéia da inevitável transição, e porque não dizer “justa” pois colónias dificilmente podem ser justas (a não ser que os colonizadores sejam potências, como os EUA no Hawai ou Havaí, pois ninguém contesta, muito menos o povo, mas convenhamos …), posso dizer que o André agiu corretamente.  Afinal era residente em Macau e era patrocinado pelo governo.  Não havia como ele agitar a antiga bandeira do Leal do Senado, embora não seria muito errado se agitasse a de Portugal pela sua nacionalidade e naturalidade. Digamos, poderia agitar as duas juntas que acho o Chefe não iria achar ruim.

André Couto em 2011 disputou o campeonato japonês de Turismo GT, e em Macau, a última etapa do WTCC – campeonato mundial de carros de turismo com um SEAT.  Dizia ser seu sonho chegar a Fórmula 1, mas infelizmente ficou só no sonho … como tantos outros pilotos!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.222.224 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: