Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Memórias de Macau: antes em 1973 e depois em 2010

Em 1973 Karsten Peterson, um marinheiro dinamarquês que residiu 6 anos em Hong Kong, foi conhecer Macau e tirou as fotos abaixo.

37 anos depois, na minha viagem para o Encontro das Comunidades Macaenses Macau 2010, tirei as fotos das mesmas localidades:

(clicar nas fotos para aumentar)

Macau 1973

foto de/photo by Karsten Petersen (Dinamarca/Denmark)

Esta ladeira ou rampa que dá acesso (subindo-a) para o Teatro Dom Pedro, a Igreja de Santo Agostinho e a Escola Comercial.  Agora quem for descê-la, vai para a Igreja de São Lourenço e o Seminário de São José, um dos caminhos que eu fazia para ir à escola nos anos 60.  Belos tempos.  Agradeço o Karsten Peterson pela foto que tantas boas memórias me trazem do trajeto para ida/volta da escola.  Interessante que, agora vendo essas casas bem deterioradas, na época, não impressionavamos com isso.  Nem davamos importância!  Hoje diriamos: “uau, que casas velhas e mal conservadas, caindo aos pedaços”.  Essa na verdade era a Macau daqueles tempos.  Não havia muita preocupação em restaurar casas, prédios, monumentos, Igrejas etc.  Eram muito manchadas ou com a pintura mofada e paredes escurecidas.  No entanto, essa era a Macau que gostavamos.  Sentiamos bem.  Era mais humana! Mesmo que Macau hoje impressione pela modernidade.

Macau 2010 – o mesmo local visto do larguinho defronte ao Teatro Dom Pedro

foto de/photo by Rogério P.D. Luz

Macau 1973

foto de/photo by Karsten Peterson

Antigamente era possível passear tranquilamente pelas Ruínas de São Paulo.  Tinha pouca gente.  Hoje, há tanta gente, especialmente turistas da China (além das fronteiras de Macau que hoje também é China), que até nem dá vontade de fotografar as Ruínas.  Os turistas chineses gostam de ver as relíquias históricas ocidentais.  Para quem não saiba, a Igreja de Madre de Deus e o adjacente Colégio de São Paulo foram destruídos por um incêndio em 1835.  Sobrou apenas a fachada que hoje é Patrimonio Mundial da Humanidade da UNESCO, e em 2009 foi classificada como uma das 7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo.

Macau 2010

foto de/photo by Rogério P.D. Luz (até que neste dia não tinha muita gente)

Macau 1973

foto de/photo by Karsten Petersen

Esta é a região de Lán Kuai Lau ou Ferro Velho, onde se vendia e ainda vende antiguidades, coisas usadas etc. Uma boa pesquisa acham-se coisas históricas, antiguidades que nem se imagina.  Pouca coisa mudou em 37 anos é o que aparenta.  Talvez um pouco de “modernidade” com os casarões velhos substituídos por prédios.  Mas é uma região interessante pois é tipicamente chinesa, bem tradicional.

Macau 2010

foto de/photo by Rogério P.D. Luz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 01/02/2012 por em Macau-memórias e marcado , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.444.893 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Hoje, 24 de Junho de 2022, comemora-se 400 anos de “A Maior Derrota dos Holandeses no Oriente” na sua tentativa de tomar Macau dos portugueses. Até a transição de soberania de Macau, de Portugal para a República Popular da China, em 20 de Dezembro de 1999, a data era comemorada como “DIA DE MACAU” ou “DIA DA […]

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

1 Aqueles bons tempos de Macau, que já não voltam mais, de peças teatrais com participação de macaenses, são recordadas por Jorge Eduardo (Giga) Robarts na sua página no Facebook. Com autorização do Giga, as imagens foram copiadas e editadas, inclusive seus textos. Fazem parte do seu acervo, bem como, partilhadas por seus amigos dessa […]

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Nesta postagem, divulgamos duas histórias de Macau de autoria do Manuel V. Basílio, publicadas no Jornal Tribuna de Macau-JTM e que foram extraídas dos seus livros: A primeira viagem portuguesa no sul da China O primeiro acordo sino-português Nos artigos abaixo com os textos com ligação direta no JTM , clique em “continue reading” (continue […]

%d blogueiros gostam disto: