Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

“Este Jornal Acabou”, aconteceu em Macau em 31/08/2001

(não confunda: o jornal Hoje Macau continua a existir – o que acabou é o Macau Hoje)

A edição de 31 de Agosto de 2001 do Jornal Macau Hoje disponível na Internet, trazia estampada na capa: “ESTE JORNAL ACABOU“.  Mas … como? perguntava eu, a falar sózinho diante do computador.  Na época, ainda vivia o trauma com o fim da era portuguesa de Macau, após a transição para a China em Dezembro de 1999.  Ao ler o jornal de Macau em língua portuguesa, no aconchego da minha residência no Brasil, dava a sensação de ainda viver essa era, mas, com o seu fim, como fica??? Senti-me órfão na hora!!!  Achava que Macau acabou mesmo para os macaenses.  De imediato, enviei um e-mail ao João Eduardo Severino, diretor do Macau Hoje.  Queria saber os motivos … eu estava inconformado.  Pensava: acabou a Macau portuguesa, acabou a bandeira do Leal Senado e agora acaba o jornal de língua portuguesa …

O Macau Hoje teve o seu início em 1990. Após o seu fechamento, pouco depois, surgiu outro jornal sob nova direção e com o nome alterado para Hoje Macau, apenas uma inversão de posição do HOJE.

João Eduardo Severino mantinha um blog “Macau Passado“, que lembrava várias passagens da sua vida em Macau, porém deixou de atualizá-lo a partir de 11/08/2011 com a seguinte mensagem,  na sua postagem intitulada “Pouca Esperança”: “Depois de vários contactos no sentido de regressar a Macau, terra que ainda amo como segunda natalidade, cheguei à conclusão que determinadas portas mantêm-se encerradas. Neste sentido, estou a perder a esperança de um regresso desejado e, por esse motivo, quero esquecer o que me está a acontecer. Este blogue fica suspenso até um dia”.

No entanto, João Severino mantém outro blog ativo – pauparatodaobra – que assim o define: “Um blogue onde deixarei simples observações sobre o que vai acontecendo à nossa volta neste mundo global. Também serve de contacto com imensas pessoas que gostaram de mim“.

João Eduardo Severino com o saudoso Padre Teixeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.075.308 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Como já vem acontecendo nos Encontros das Comunidades Macaenses realizadas em Macau, o programa de 2019 incluía uma missa e Te-Deum na Sé Catedral que foi celebrada no dia 26 de Novembro às 18:00 horas pelo Bispo de Macau, D. Stephen Lee Bun-sang. Uma celebração religiosa e ação de graças para agradecer por mais uma […]

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O Hotel Casino (Cassino) Lisboa, de Macau, inaugurado em 3 de Fevereiro de 1970, seis anos após o início das obras em 1964, o primeiro dos tempos modernos do outrora território português na China por cerca de 440 anos, e devolvido para a China em 1999, é por excelência uma galeria de arte com peças […]

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

O macaense Carlos Cordeiro, hoje residente no Canadá, enviou ao autor deste blog, três fotos que espelham bem o convívio dele com dois amigos macaenses: Fernando Placé e José (Zé) Cabral, num período de 52 anos, de 1967 a 2019. Interessante ver o cuidado de fotografar o momento na mesma posição da foto original de […]

%d blogueiros gostam disto: