Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Félix da Costa vence o Grande Prémio de Macau de F3

O português António Félix da Costa em 1º, sueco Felix Rosenqvist em 2º e Alex Lynn, inglês, em 3º

Vídeo de destaques da corrida de Fórmula 3 – produzido por Sérgio Perez (Macau)

Vídeo completo do Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 – 1h16min

Félix da Costa vence o 30º Grande Prémio de Macau de F3 – 18/Novembro/2012

(fonte e fotos: site oficial do Macau Grand Prix)

António Félix da Costa adicionou hoje o nome à lista dos ilustres vencedores do Grande Prémio de Macau de Fórmula 3, graças a um extraordinário e exímio desempenho no intricado circuito da Guia.

A jovem arma portuguesa, ainda fresco do teste em F1 para a equipa da Red Bull Racing em Abu Dhabi, partiu da pole para a corrida de 15 voltas. Todavia, tal como ontem, na qualificação, teve de enfrentar a pressão de Felix Rosenqvist, logo à primeira volta, a caminho do Lisboa.

Mas uma manobra perfeita para direita pôs o Carlin-Dallara de novo na liderança e Félix da Costa novamente no controlo da prova, com ligeiro abrandamento a meio da sessão que o empurrou para uma histórica vitória.

“Fiz todas as voltas no limite”, disse o vencedor. “Tenho de agradecer à minha equipa, que conseguiu por isto tudo de pé. São tantos os grandes nomes na lista de vencedores… E, agora está lá o meu. Foi uma disputa cerrada, mas sempre com muito respeito e desportivismo. Penso que proporcionámos todos uma grande espectáculo.”

Rosenqvist terminou em segundo, depois da batalha com Felix da Costa ao longo de todo o fim-de-semana. O par correu quase sempre colado, separado por cerca de um segundo ao longo de toda a corrida e um diferença de um segundo e meio no final.

Alex Lynn manteve a posição do melhor estreante em Macau, ensombrando o par da frente durante toda a corrida e conseguindo a subida ao pódio no ano de estreia. Mas, não foi o único estreante a impressionar; o jovem alemão Pascal Wehrlein teve uma prova com muito crédito, consumada com a quarta posição, adiando as expectativas de Felipe Nasr, que regressou à Fórmula 3, vindo da GP2, de propósito para este evento.

O azarado da corrida foi Daniel Juncadella, vencedor de 2011, que perdeu assim a hipótese de se consumar como o segundo piloto a triunfar no evento, dois anos consecutivos, depois de ser forçado a abandonar a corrida devido a falha na suspensão, à quarta volta.

o resultado final da prova principal de F3 na sua 30ª edição no 59º Grande Prémio de Macau

* * * * *

clicar para aumentar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 953.513 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

O ‘Dia do Patuá’ festejado pela Comunidade Macaense dos EUA

O ‘Dia do Patuá’ festejado pela Comunidade Macaense dos EUA

‘A promoção do ‘Dia do Patuá’ é um esforço para preservar o dialecto na Comunidade Macaense da Califórnia, nos Estados Unidos da América do Norte’ é o que define Henrique Manhão da Casa de Macau dos EUA. Diz, conciliando com o pensamento de outros membros da comunidade presente, ‘enquanto houver apoio de Macau, o patuá não […]

Recordação de uma festa na Macau de 1953

Recordação de uma festa na Macau de 1953

Jorge Giga Robarts, macaense residente em Portugal, atendendo ao pedido de um conterrâneo, identifica as pessoas que estão numa fotografia enviada, informando ter sido tirada em Dezembro de 1953 em Macau. A 2ª imagem com legenda e que lista as pessoas da foto, foi editada para apenas mostrar o que escreveu quanto à identificação, excluindo […]

Memórias de Macau de Todos os Tempos (02)

Memórias de Macau de Todos os Tempos (02)

Imagens que trazem saudosas lembranças daquela Macau que não existe mais, mas que permanece viva na nossa memória e nas fotografias a seguir publicadas de forma aleatória, a procurar dar uma descrição a confirmar ou corrigir. O que vale mesmo é o que se diz – recordar é viver! As fotos são dos anos 50 […]

%d blogueiros gostam disto: