Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Fotos curiosas e lugares interessantes

De um PPS recebido por e-mail, originou uma pesquisa que vale uma postagem com algumas fotos curiosas e de lugares interessantes neste planeta.  Vamos viajar para 8 destinos?

Ponte de Água de Magderburg, Alemanha

1.Ponte Magdeburg

2.Ponte Magdeburg

A ponte de Água Magdeburg é um aqueduto navegável na Alemanha, que conecta o Canal Elba-Havel para o Canal Mittelland, e permite que navios atravessem o rio Elba. Com extensão de 918 metros, é o mais longo aqueduto navegável do mundo. (*Crédito de fotos)

Ponte Circular de Pedestres em Lujiazui, China

3. lujiazui-pedestrian-bridge-1[6]

Esta interessante ponte de pedestres construída em Lujiazui no distrito de Pudong de Xangai, China, foi construída para que as pessoas evitem o tráfego na rotunda da rua de mesmo nome.  A 5,5 metros de altura, permite que 15 pessoas caminhem lado a lado, perfeitamente adequado aos altos níveis populacionais da China e logo tornou-se uma atração turística com iluminação noturna especial. (*Crédito da foto)

Dar al-Hajar, o Palácio de Rocha, Iémen

4. Dar-al-Hajar-8[6]

No topo de uma rocha no famoso Vale de Wadi Dhahr, cerca de 15 km de distância da cidade capital de Sana, no Iémen, está Dar al-Hajar, mais conhecido como Palácio do Imam Rock, um exemplar da arquitetura imemenita.

Antigamente, o Iêmen não tinha um rei ou um presidente. Em vez disso, a liderança do país recaía a um Imam (líder espiritual islâmico). Yahya Muhammad Hamiddin (1869-1948) tornou-se imã da zaiditas (uma seita religiosa islâmica) após a morte de seu pai em 1904, e depois elevado a  Imam do Iêmen em 1918, e permaneceu no cargo até ser assassinado em 1948. O palácio foi construído em 1930 pelo Imam Yahya como sua residência de verão, posteriormente restaurado para visitação e um museu.  (* Crédito da foto)

Plantação de Colza em Luoping, China

5.luoping-6[6]

Luoping é um pequeno condado no leste de Yunnan, na China, localizada a cerca de 228 quilômetros ao nordeste de Kunming, perto da fronteira com as províncias de Yunnan Guizhou e Guangxi. No início da primavera, quando as flores de colza amarelo (também conhecida como canola) estão em plena floração, a área assume a aparência de um “mar de ouro” – um espetáculo que fez Luoping uma espécie de Meca para os fotógrafos. As terras cultivadas ficam douradas com flores de colza amarelo tanto numa extensão visual até o horizonte. A melhor época para visitar Luoping para esta festa visual é de fevereiro a março. (*Crédito da foto)

Mosteiros de Meteora, na Grécia

6. meteora-monastery-15

Meteora (do grego para “suspenso no ar” ou “em cima nos céus”) é um grupo de seis mosteiros e um dos maiores complexos e mais importantes mosteiros ortodoxos orientais na Grécia. Os seis mosteiros, construídos sobre a rocha de arenito, são um dos exemplos mais significativos da transformação arquitetônica de um sítio em um lugar de retiro de meditação e oração, praticamente inacessível. (*Crédito da foto)

Capela de Aiguilhe d’Saint-Michel, França

7.Saint-Michel-aiguilhe-2[6]

A Capela de Aiguilhe d’Saint-Michel é uma capela de peregrinação construída no topo de uma agulha rochosa de formação vulcânica num lugar perto de Le Puy-en-Velay, na França. A agulha de basalto em que a capela foi construída tem cerca de 280 metros, e é alcançado por 268 degraus de pedra que serpenteiam o seu caminho até o lado do rock. A capela é cercada por um caminho que oferece uma bela vista da cidade, a Catedral Puy Notre Dame e da antiga ponte.

A capela foi construída em 962, mas a agulha rochosa tem sido um lugar sagrado por milhares de anos: um dólmen (monumentos megalíticos tumulares coletivos) pré-histórico foi construído lá pelos romanos dedicado a Mercúrio antes dos cristãos construírem a capela a São Miguel.

A capela foi construída pelo bispo de Puy para comemorar o retorno de São Miguel, que foi em peregrinação a Saint Jacques de Compostela. Este santuário original e duas das apsidoles ainda sobrevivem até hoje. A capela atrai muitos peregrinos, principalmente após Le Puy ter-se tornado num ponto de partida de uma das principais rotas para Santiago de Compostela. (*Crédito da foto)

Uma piscina na China

8.china-crowded-pool-1[7]

O “Mar Morto da China” é uma piscina de água salgada localizado no condado de Daying, província de Sichuan, inspirado no original Mar Morto no Oriente Médio. A piscina tem uma área de 30.000 metros quadrados e capacidade para até 10 mil visitantes de uma só vez.

Quem sabe, a água é salgada pela urina de boa parte dos frequentadores.  Imagine só o fedor e como uma pessoa pode sentir diversão nisso!!!  Talvez isso reflite a falta de opções para lazer e o País ter uma população de mais de 2 bilhões de habitantes. (*Crédito da foto)

Onde começa ou termina a Grande Muralha da China

9.old-dragons-head-Shanhaiguan-0[3]

10.old-dragons-head-Shanhaiguan-5[6]

Um dos lugares mais interessantes para visitar a Grande Muralha é o lugar onde se encontra com o mar de Bohai perto Shanghaiguan em Qinhuangdao, a cerca de 300 quilômetros a leste de Pequim. Shanhaiguan Pass ou Shanhai é uma das passagens mais importantes da Grande Muralha da China, localizado ao sul de Yan Mountain, e ao norte do Mar de Bohai. A Muralha se estende a 5 km ao norte de Shanhai Pass, onde ele se projeta para o mar. Isto é onde a parede começa (ou termina, dependendo da sua interpretação) e aqui se estende ao Lago Lop, a oeste, ao longo de um arco que precariamente delineia a borda sul do interior de Mongólia – uma extensão de cerca de 8.850 km. (*Crédito das fotos)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 09/12/2012 por em Curiosidades/fotos, Variedades.

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 663,116 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

%d blogueiros gostam disto: