Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Memórias Pré-Transição de Macau: Cápsula do Tempo e o Banquete Oficial

13º Aniversário da Transferência de Soberania de Macau em 20 de Dezembro de 1999

Sábado, dia 18 de Dezembro de 1999, a memória da transição é guardada numa cápsula por 50 anos.  Veja como o Diário de Notícias noticiou num artigo de João Figueira:

Macau pre transicao (51)

foto do Macau Focus (IIM)

Cerimónia ocorreu às 12:15

Cápsula guarda memória da transição (18/12/1999)

Diário de Notícias edição 19.12.1999 de João Figueira

Lei Básica e Programa Oficial das Comemorações da entrega da administração ficarão selados durante 50 anos num pedestal de mármore

CÁPSULA TEMPO

foto DN Leonardo Negrão. Jorge Sampaio e Rocha Vieira selaram a “Cápsula do Tempo” com documentos importantes de Macau

O Presidente da República, Jorge Sampaio, enterrou numa “cápsula do tempo” diversos documentos relacionados com o processo de transição e com a cerimónia da transferência de administração de Macau para a República Popular da China.

Textos em português, chinês e inglês da Declaração Conjunta luso-chinesa, assinada em 1987, em Pequim, e da Lei Básica, o documento constitucional que entra em vigor amanhã, logo que termine a cerimónia de transferência de soberania, foram encerrados pelo Presidente da República numa caixa de metal de uns 50 centímetros que, por sua vez, foi metida a um metro de profundidade no interior de uma escultura que só voltará a ser aberta daqui a 50 anos.

A “cápsula do tempo”, encerrada dentro de um pedestal de mármore, ficará, portanto, tapada por uma lápide selada pelo governador de Macau, Vasco Rocha Vieira, e pelo Presidente Jorge Sampaio até 18 de Dezembro de 2049.

Desenhada por Donato Moreno, a “cápsula do tempo” é uma pequena estrutura de mármore e granito colocada em frente do recinto onde hoje à noite se processará a transferência de poderes e, depois, a subida da bandeira chinesa.

A cápsula, cujo pedestal está situado nos jardins que envolvem o edifício onde será arriada a bandeira portuguesa e onde subirá a bandeira das estrelas chinesas, contém ainda o programa oficial das comemorações da entrega da administração do território, a ementa do banquete oficial da cerimónia, o kit distribuído à imprensa acreditada para cobrir o acontecimento, o guia de procedimento da cerimónia de entrega de poderes e as últimas obras publicadas no território administrado por Portugal.

O prazo de selagem da “cápsula” prende-se precisamente com o facto de tanto a Declaração Conjunta como a Lei Básica estipularem a manutenção do actual estilo de vida de Macau e consagrarem o princípio político um país dois sistemas durante um período que, ficou definido pelos dois Estados depois de negociações, seria de 50 anos.

Uma partida de golfe

Macau pre transicao (50)

foto Macau Focus (IIM)

Antes da cerimónia acima da Cápsula, às 09:00 horas, o Governador Vasco Rocha Vieira, o Presidente Jorge Sampaio (vermelho) e o futuro Chefe do Executivo da RAEM Edmun Ho Hau-wah, debaixo de chuva, foram jogar golfe.  O programa foi prejudicial para o Presidente de Portugal pois pegou uma pneumonia. (Macau Focus)

Placa em homenagem ao poeta Luís de Camões

Macau pre transicao (52)

foto Macau Focus (IIM)

Às 11:45, o Presidente de Portugal, Jorge Sampaio inaugura uma placa em homenagem ao poeta Luís de Camões.  A inscrição da placa de pedra colocada na Gruta de Camões diz: “A Luís de Camões Grande Poeta da Humanidade e Símbolo do Universalismo Português.  A chuva continuava a cair e Jorge Sampaio deposita ao lado da placa um ramalhete de flores prestando homenagem ao poeta e à língua portuguesa. (Macau Focus)

foto Macau Focus (IIM)

Banquete oficial. Foto Macau Focus (IIM)

Enquanto isso, no website oficial do Gabinete de Coordenação da Cerimónia de Transferência podia-se ler sobre os preparativos para o banquete oficial (foto acima) com riqueza de detalhes:

Recepção e jantar oficial na zona ribeirinha

 A estrutura temporária para o Banquete Oficial foi pré-fabricada em França. Os trabalhos relacionados com esta estrutura do tipo tenda tiveram início em Outubro. Está localizada na zona dos Novos Aterros do Porto Exterior (NAPE), em frente do Centro Cultural de Macau e junto à Avenida do Dr. Sun Yat Sen.

O pavilhão tem seis metros de altura e cobre uma área de 6,600 metros quadrados, incluindo zonas de recepção, salas VIP, cozinhas e áreas de apoio bem como o salão do banquete, com capacidade para 2,500 convidados.

A anteceder o jantar oficial terá lugar um cocktail de recepção para os convidados, nos novos jardins da zona ribeirinha do Porto Exterior, entre a Estátua de Kun Iam e o Centro Cultural de Macau. Durante a recepção decorrerá um espectáculo ao ar livre que incluirá fogo de artifício.

Cocktail de Recepção e Banquete espectaculares integram programa da Cerimónia de Transferêcia de Poderes

Um consócio formado por quatro hotéis de cinco estrelas concebeu e organizou o cocktail de recepção e o Banquete para 2,500 pessoas que integram o programa de actividades da Cerimónia de Transferêcia de poderes, na noite de 19 de Dezembro.

Considerado como o maior acontecimento em termos de serviço de catering jamais promovido em Macau, quer o Cocktail de Recepção quer o Banquete foram organizados pelos hotéis Mandarim Oriental, Hyatt Regency, Westin Resort e Lisboa.

A coordenação de ambos os eventos está a cargo de Roger Lienhard, ex-Gerente Executivo Adjunto no Grand Hyatt em Bali. Lienhard organizará e supervisionará todos os aspectos relacionados com o cocktail de recepção e o banquete, desde a concepção da enorme cozinha até à selecção e treino da equipa de 850 funcionários.

O banquete será servido num edifício temporário, especialmente construção para o efeito, localizado na zona ribeirinha adjacente ao centro Cultural de Macau, a zona onde decorrerão todos os eventos relacionados com a Cerimónia de Transferência de Poderes.

Lienhard é um profissional experimentado na organização de eventos desta dimensão. Passou os últimos 14 anos no Hyatt Internacional em Melbourne, Perth e Bali. Em Melbourne, Lienhard esteve envolvido na organização do lançamento dos armazéns Daimaru, um acontecimento de grande envergadura que envolveu 3,800 convidados. Participou também numa equipa que organizou um jantar sentado para 4,500 convidados no Melbourne Cricket Ground e na organização do catering de lançamento da Brisbane Expo.

Toda a comida a ser servida durante o cocktail de recepção e do banquete será preparada no próprio dia.

”Para o cocktail de recepção iremos preparar 20,000 canapés e necessitaremos de 150 empregados e 50 chefes. Montaremos dois grandes bares e os 150 empregados encarregar-se-ão de manter as 150 bandejas com os canappés em permanente circulação durante o evento”, diz Lienhard.

Uma equipa de mais de 500 empregados e 220 cozinheiros assegurarão o serviço ao jantar. No total, chefes executivos e chefes de mesa incluídos, a equipa responsável pelo catering de ambos os eventos superará as 850 pessoas.

Três enormes fornos, com capacidade para cozinhar 2,500 refeições simultaneamente, foram transportados via aéea da Alemanha para Macau. Haverá nada menos que 22 centros de preparação e confecção dos alimentos na cozinha. Comida e bebidas a serem consumidas serão armazenadas ao longo da estrutura onde os eventos terão lugar em três refrigeradores de 40 pés. As entradas e as sobremesas serão preparadas num anexo em forma de tenda com 70 metros e dispondo de um sistema de ar condicionado.

Lienhard está confiante que o banquete será um sucesso. ”Será um acontecimento pelo qual os futuros eventos deste género serão julgados”, disse. ”O grande desafio, para mim, será ter mais de 1,000 funcionários no local e cumprir o prazo de uma hora e meia que foi estipulado para o jantar.” Cada um dos quatro hotéis que formam o consócio destacará 100 elementos do seu pessoal e outros cem serão cedidos pelo Instituto Superior de Formação Turística de Macau. Os restantes elementos serão recrutados em Macau e possivelmente em Hong Kong.

As loiças, vidros e talheres a serem utilizados nestes eventos foram adquiridos propositadamente para a ocasião. Mais de 10,000 copos serão utilizados no jantar e cerca de 8,000 no cocktail de recepãoo. Para o jantar, de três pratos, serão necessários 12,500 pratos. O mesmo cuidado foi tido em conta no que aos adereços e atoalhados para as mesas se refere e que foram especialmente concebidos.

Embora o menu seja um segredo bem guardado, Roger Leinhard já tomou as necessáias providêcias para um número estimado de 10 por cento de convidados que são vegetarianos. Não existe segredo de maior em relaçãoo aos vinhos: 3,000 garrafas de vinho português. Os brindes que terão lugar ao longo da noite serão feitos com vinho do Porto.

  Gabinete de Coordenação da Cerimónia de Transferência

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 724,120 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Passaram-se 11 anos, não parece muito, mas vários conterrâneos e amigos nas fotos que publico da festa do 17º aniversário da Casa de Macau de São Paulo em 2006, promovida em 29 de julho, não estão mais conosco. Ficaram os bons momentos registrados da boa confraternização. Vale um momento de reflexão para sempre procurarmos um […]

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

%d blogueiros gostam disto: