Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Cadernos Açorianos, pela AICL para sua leitura

E-mail abaixo recebido da AICL – Colóquios da Lusofonia e assinado pelo seu presidente J. Chrys Chrystello, traz o link para leitura de 19 Cadernos Açorianos.  Para os apreciadores de uma boa leitura, publico abaixo o seu texto com as respectivas ligações (links).

Aliás, os agradecimentos ao AICL por trazer no seu site, várias ligações para as publicações deste autor e do website Projecto Memória Macaense, nos assuntos pertinentes a Macau e ao patuá.

Coloquios da Lusofonia

“Trimestralmente, a AICL (Colóquios da Lusofonia) publica os seus Cadernos de Estudos Açorianos para divulgar pequenos excertos de obras de matriz literária açoriana.

Acaba de ser colocado em linha o Caderno nº 19 respeitante ao autor JOÃO DE MELO

http://www.lusofonias.net/doc_download/1652-caderno-19-joao-de-melo.html

Lembramos que já foram publicados os seguintes autores:

1. CRISTÓVÃO DE AGUIAR

2. DANIEL DE SÁ

3. DIAS DE MELO

4 VASCO PEREIRA DA COSTA

5 ÁLAMO OLIVEIRA

6 CAETANO VALADÃO SERPA

7 FERNANDO AIRES

8 MÁRIO MACHADO FRAIÃO

9 EMANUEL FÉLIX

10 EDUARDO BETTENCOURT PINTO

11 URBANO BETTENCOURT

12 EDUÍNO DE JESUS

13 ONÉSIMO T ALMEIDA

14 MARIA DE FÁTIMA BORGES

15 MARCOLINO CANDEIAS

16 NORBERTO ÁVILA

17 VICTOR RUI DORES

18 JOSÉ MARTINS GARCIA

19 JOÃO DE MELO

Estes cadernos estão em:

 http://www.lusofonias.net/cat_view/99-estudos-acorianos/103-cadernos-acorianos.html?view=docman

J. CHRYS CHRYSTELLO,

Presidente da Direção [AICL, Associação Internacional dos Colóquios da Lusofonia]”

A apresentação dos Cadernos Açorianos

Coloquios da Lusofonia.cadernos.açorianos

clicar para aumentar

Coloquios da Lusofonia.cadernos.açorianos.(01)jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 893.538 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (02)

Imagens que trazem saudosas lembranças daquela Macau que não existe mais, mas que permanece viva na nossa memória e nas fotografias a seguir publicadas de forma aleatória, a procurar dar uma descrição a confirmar ou corrigir. O que vale mesmo é o que se diz – recordar é viver! As fotos são dos anos 50 […]

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

%d blogueiros gostam disto: