Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Cenas da Macau chinesa em 1958

"teng teng lou"

(arte digital)

Do vídeo “Macau refugee problem in 1958” postado no You Tube por Michael Rogge, de autor desconhecido, e que divulgo numa próxima postagem, capturei umas imagens que reproduzem o quotidiano da população carente chinesa, inclusive no campo de refugiados, tema dessa curta metragem.

Algumas certamente trarão velhas e saudosas lembranças aos macaenses que lá residiam na época, como eu que tinha 8 anos e morava na Rua Nova São Lázaro, quase de mudança para a Calçada de Tronco Velho. Inclusive, alguns personagens lá encontrávamos debaixo das arcadas de São Domingos, como adivinhos na leitura da mão etc.

Como o vídeo está com pouca nitidez, pois originalmente deveria ser de 8mm ou 16mm, e de produção de um amador semi-avançado, e que foi gravado em equipamento de vídeo na sua reprodução, assim resolvi transformar as imagens em preto&branco e aplicar a arte digital para disfarçar esta deficiência e permitir pelo menos a sua divulgação.

o barbeiro da rua

o barbeiro da rua

Macau refugiados 1958 (49.1)

o engraxate

sapateiro ambulante

sapateiro ambulante

vendedor ambulante

vendedor ambulante

Macau refugiados 1958 (47.1)

lanchonetes de rua

lanchonetes de rua

Macau refugiados 1958 (46.1)

as mulheres trabalhavam na construção civil

as mulheres trabalhavam na construção civil

um grupo musical de deficientes visuais

um grupo musical de deficientes visuais

Deficientes visuais em fila indiana num campo de refugiados

Deficientes visuais em fila indiana num campo de refugiados

uma cega no campo de refugiados

uma cega no campo de refugiados

Macau refugiados 1958 (39.1)

Macau refugiados 1958 (40.1)

Crianças no campo de refugiados:

Macau refugiados 1958 (57.1)

Macau refugiados 1958 (56.1)

Macau refugiados 1958 (55.1)

Macau refugiados 1958 (38.1)

Macau refugiados 1958 (42.1)

… continua na próxima postagem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 27/09/2013 por em Macau 1958 e marcado .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 891.332 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (02)

Imagens que trazem saudosas lembranças daquela Macau que não existe mais, mas que permanece viva na nossa memória e nas fotografias a seguir publicadas de forma aleatória, a procurar dar uma descrição a confirmar ou corrigir. O que vale mesmo é o que se diz – recordar é viver! As fotos são dos anos 50 […]

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

%d blogueiros gostam disto: