Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

A Macau de 1955 filmada por Michael Rogge

Macau 1955

Macau 1955

Já tinha visto vários vídeos de Macau e Hong Kong dos anos 40 e 50 no You Tube, filmados e produzidos pelo holandês natural de Amsterdam, Michael Rogge, porém este escapou e não assisti.  Tem o título de “Old quiet Macau in 1955 澳门” ou seja, “A antiga e tranquila Macau em 1955”.

Na época tinha 5 anos de idade e morava na Rua Nova São Lázaro.  Não precisa dizer que bateu-me no peito uma saudade imensa desta Macau tranquila e provinciana, porém humana, bem antes do processo de urbanização desordenada e modernização selvagem.

Michael Rogge tem no seu canal no You Tube 846 vídeos (até 03/11/2013) das viagens que fez pelo mundo todo, e não perdeu fôlego até hoje, publicando constantemente novos vídeos, mesmo já com seus 84 anos.  Uma lição de vida! Com calma, faça uma pesquisa desses vídeos e encontrará vários de Hong Kong e Macau da mesma época do vídeo abaixo:

Michael Rogge jovem e na atualidade

Michael Rogge jovem com a sua histórica máquina de filmar de corda (8 ou 16 mm) e na atualidade

Holandês, natural de Amsterdam, Michael Rogge viveu em Hong Kong de 1949 a 1955, e em 1961 retornou para uma estadia de 1 mês.  Durante este tempo, visitou Macau, onde fez vários vídeos com imagens que nos trazem muitas saudades da terra.  É um entusiasta no registro de imagens, especialmente em filmagem, além da fotografia, mas nunca atuou profissionalmente, mantendo-se a nível amador até os dias de hoje (Setembro 2010), já nos seus 81 anos de idade.  Mesmo assim, obteve reconhecimento internacional pelo seu trabalho, aparecendo na tv holandesa, a History Channel oriental, entre outros meios de comunicação.  Encontrou no YouTube, um jeito de divulgar o seu trabalho, publicando centenas de vídeos convertidos dos seus filmes de rolo.  Hoje ainda filma, mas já com aparelhagem moderna e em alta definição.  O tema, como sempre foi, ainda se baseia em paisagens e registos gerais das suas viagens e passeios.  Não se rendeu ao tempo e à idade.  Adaptou-se à modernidade para poder continuar a praticar o seu passatempo favorito.  Michael Rogge tem uma característica, também percebida entre os macaenses.  Sentiu-se muito desiludido quando ao revisitar Hong Kong em 1989, viu uma mudança radical da cidade, fazendo-o a ter dificuldades para reconhecer os lugares vividos nos anos 50.  Disse que na época ainda não sentia Macau tão modificada, mas depois teve notícias que tornou-se numa Las Vegas.  Em vista, prometeu a si que nunca mais voltaria para Hong Kong.  Queria guardar a memória limpa daquela Hong Kong de outrora.  Hoje, a cidade é uma outra, irreconhecível, pensava ele.

* As fotos abaixo foram capturadas do vídeo e estão com a autoria devidamente identificads em inglês, a língua do autor.  A imagem é de baixa qualidade, mas serve para matar as saudades de muitos.  Clicar nelas para aumentar de tamanho/click to enlarge.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 03/11/2013 por em Macau 1955, Michael Rogge, Vídeos e marcado , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.240.024 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: