Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Macau: Ilha Verde na década de 1950

Foto da Revista Macau de Agosto 2013

Foto da Revista Macau de Agosto 2013

Ilha Verde, em Macau, na década de 1950

texto da Revista Macau edição de Agosto 2013

Hoje é difícil de perceber o porquê do nome “Ilha Verde” desta localidade na zona noroeste de Macau. Mas antigamente a Ilha Verde era uma pequena ilha granítica com bosques verdejantes que originaram o nome atribuído pelos jesuítas que aí viveram no século XVII.

Os jesuítas, liderados por Alessandra Valignano, ocuparam em 1603-1604 esta ilha, que naquela altura também se chamava “Ilha dos Diabos”, para garantir que os chineses não a ocupassem. Em 1624, com a autorização das autoridades chinesas, os jesuítas começaram a construir capelas, conventos e casas de lazer e retiro nesta ilha, tomando-a num local de retiro e descanso para os missionários e estudantes do Colégio de S. Paulo. Na década de 1950, várias famílias de pescadores povoaram a localidade e aí estabeleceram um conjunto de barracas.

Actualmente, a Colina da Ilha Verde, que ainda hoje mantém a sua vegetação luxuriante, está incluída na lista dos sítios classificados pelo Governo de Macau.

Anúncios

Um comentário em “Macau: Ilha Verde na década de 1950

  1. Jorge E. Robarts
    01/02/2014

    Fotos e histórias antigas mas interessantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 30/01/2014 por em Ilha Verde 1950 e marcado , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 683,154 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

%d blogueiros gostam disto: