Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Carlos “Naio” Lemos grava música em patuá “Brigádo Papá Mamá”

Carlos Lemos "Naio"

Carlos Lemos “Naio”

No aniversário do seu pai em 2005, quando completou 91 anos, Carlos “Naio” Lemos, macaense residente em Toronto, no Canadá,  quis homenageá-lo e mesmo não sendo um compositor musical, compôs uma canção “Obrigado Pai e Mãe”.  Como ele diz “devemos agradecer os nossos pais, enquanto vivos” e foi esse o intuito da canção que teve versões em três línguas.

“Comecei a melodia com palavras em inglês, porque era mais fácil, visto ter saído de Macau há mais de 30 anos e em seguida escrevi em português. Como a minha mãe era chinesa e não percebia o Português ou Inglês, então, com ajuda de amigos chineses completei as palavras em chinês”, explica Naio que contou com a ajuda musical do Armando Santos e membros do conjunto de Macau – Ecos de Macau – que residem na mesma cidade.

Em 2010, gravou as canções particularmente e andou distribuindo às pessoas por ocasião do Encontro das Comunidades Macaenses realizado em Macau. Foi na ocasião em que ganhei o meu exemplar. No entanto, na sua mente, como um bom macaense, ficou devendo uma versão

Carlos Lemos.Jimmy Lam

Jimmy Lam

em patuá. Mas seu pouco conhecimento do dialecto da sua terra natal e como queria produzir novo fundo musical o fez desistir do intento.

Em 2013, com sugestões dos mestres de patuá, Carlos Coelho e Miguel de Senna Fernandes, conseguiu escrever as letras da canção.  Quanto aos arranjos contou a ajuda do seu amigo chinês, Jimmy Lam, bom conhecedor de música, e acabaram por produzir um fundo musical mais alegre e tal como queria, isso após longas horas de trabalho.

A decisão para a gravação desta versão em patuá “Brigádo Papá Mamá”, veio após ter cedido o novo fundo musical da canção para a filha do macaense “Bijou” (John Herterland), também de Toronto, homenagear o seu pai  na festa das Bodas de Ouro cantando a versão em inglês.  Teve ótima aceitação e todos gostaram muito.

A gravação foi realizada na casa do seu amigo Jimmy Lam, que com teclado fez todos os arranjos musicais, posteriormente mixados por Naio que foi o vocal da canção, que ora aqui é disponibilizada:

“Brigádo Papá Mamá”

versão em patuá de “Obrigado Pai e Mãe” de Carlos Lemos, letras, música e vocal,

arranjos musicais de Jimmy Lam

(clicar na seta para ouvir  e acompanhe com as letras mais abaixo)

– Quelóra lárga iou vem fóra  /  Na vôs sâ braço vôs colo iou

Iou senti  unga calor  /   Di  paixám co amor

– Quelóra iou piquinino  /  Pâ iou vôs cuida  

Co paciência co carinho  /  Iou sâ  vida vôs  sâ lumiá

– Brigádo Papá  Mamá  /  Pâ tudo quanto já fazê pâ iou

Sâ divéra bençam di Dios /  Tem vôsotro, iou-sâ Papá Mamá

– Co instuga dóci cançãm  /  Iou querê mostra pâ vôs

Iou sâ amor  co  gratidám  /  Iou querê  pâ vôs

– Brigádo Papá  Mamá  /  Pâ tudo quanto já fazê pâ iou

Sâ divéra bençam di Dios  /  Tem vôsotro,  iou-sâ  Papá  Mamá

Carlos Lemos

Carlos Lemos (roupa vermelha) foto da sua página do Facebook

Carlos Naio Lemos.banda (01)

foto da página do Facebook do Carlos Lemos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Informação

Publicado às 22/03/2014 por em Brigado Papá Mamá, Carlos Lemos, Músicos e marcado , , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 819,995 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

No almoço especial do Ano Novo chinês realizado na Casa de Macau de São Paulo em 18 de Fevereiro de 2018, o macaense José Noronha, 83 anos, andava a mostrar uma foto antiga para algumas pessoas que tinham mais ou menos a sua idade. Procurava ele matar as saudades dos velhos tempos em Macau. Macaense […]

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Passaram-se 11 anos, não parece muito, mas vários conterrâneos e amigos nas fotos que publico da festa do 17º aniversário da Casa de Macau de São Paulo em 2006, promovida em 29 de julho, não estão mais conosco. Ficaram os bons momentos registrados da boa confraternização. Vale um momento de reflexão para sempre procurarmos um […]

%d blogueiros gostam disto: