Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Macau visto do ar por um drone em vídeo de Sérgio Perez

Macau do video de drone de Sergio Perez cópia

Imagem do vídeo de autoria de Sérgio N.Perez

Nova tecnologia é utilizada para filmar Macau do ar, sem ser por helicóptero ou avião, mas por um drone numa inovação de iniciativa do macaense Sérgio N.Perez.

Utilizando uma câmera compacta – GoPro Hero 3+ Black – acoplado num drone (veja abaixo) que é um veículo aéreo não tripulado e operado por controle remoto, o fotógrafo e cineasta Sérgio, residente em Macau, conseguiu produzir belas e inéditas imagens aéreas de Macau.

A iniciativa de caráter pessoal e sem patrocínio, o que é uma pena a falta de valorização de um trabalho de nível profissional por uma boa causa, Sérgio diz que quis mostrar a cidade numa perspectiva diferente nesse vídeo intitulado de “Flying Over Macau” (Voando por Macau) .

Divulgado em grupos no Facebook recebeu vários elogios, porém nenhum perguntava como foram feitas as imagens, até julgando que alguns imaginavam ser por helicóptero, embora pelo início do ponto de filmagem dava para logo perceber que se tratava do uso de um drone.

Sérgio até pede desculpas pela inserção do copyright e seu nome pela autoria do vídeo, pois já teve imagens apropriadas das suas produções sem atrbuição da sua autoria.  Este blog também capturou uma imagem desse vídeo, porém, como é hábito aqui, a autoria é atribuída e até de forma enfática.

Parabéns Sérgio por mais um belo trabalho e desta vez, inovador. Macau deve a você mas não sabe dever. Infelizmente se vê por aí “trabalhos” que deveriam ser trabalhos de verdade sendo valorizados, e outros que bem trabalham serem ignorados. Vale neste mundo selvagem a conversa esperta e não o trabalho sério e honesto.

Veja o vídeo:

Dedicatória do autor no vídeo:

“Flying Over Macau” is a personal project of mine, done throughout weekends. many nights and early mornings, with my good friend Pedro Luz, who gave me great support.

I did this video to showcase Macau through a different perspective. As we focus, in our daily lives, on the rush, stress and pace of the city, surrounded by it, we often forget how beautiful and unique it is. What if we could just fly up, if for only a moment -a day- look at it from high above, as if in the clouds, and enjoy it, without concern of time? I hope this takes you on a journey, through the clouds, above the limited perception of the “Asia’s Las Vegas” stereotype, allowing you to see a glimpse of the beauty of this unique city in China, the result of more than 450 years of the coexistence in harmony of the East and the West, the Chinese and Portuguese.

Let the music play and the imagery take you on this small journey above the clouds…

VIdeography, Editing and Camera Operation by: Sérgio Perez

Technical Consultant and Cooperation: Pedro Luz

Special thanks to my friend Elisabela Larrea for that 6am support and help in a difficult shooting day!

Sorry for the watermark and © with name, but I’ve been stolen footage before, this is the safest way to prevent it.

No Facebook:

Sei que muitos se encontram fora de Macau, e os que estão por Macau raramente têm oportunidade de dar um passeio pela cidade. Realizei este vídeo numa perspectiva diferente. Se puderem, usem “Headphones” (fones de ouvido), ou ponham a música bem alta. Espero que gostem deste “Flying Through Macau”  (Peço desculpas pelo titulo e ©, mas é a forma de prevenir “roubos” de imagem, que já me aconteceu.)

Em resposta ao comentário do autor deste blog após observações sobre o trabalho com drone:

Sempre fui apologista de que um realizador nunca deve estar “refém” de outros, principalmente quando ignorante da técnica. Principalmente quando não temos orçamento! rsrs Por isso me aventuro em ser também operador dos meus videos. Assim, sei o que “posso” pedir quando trabalho com quem vier operar nos meus filmes. E quando não o fizerem, faço eu!

DRONE

Drone www.telegraph.co.uk Burrard Lucas

O que é um drone?

A associação mais simples para entender o que são drones, e mesmo para que servem, é lembrar de brinquedos de controle remoto. O conceito é simples: com um controle via rádio, você pode manobrar um drone sem tocar nele. No geral, estes aparelhos são concebidos para realizar tarefas arriscadas ao ser humano ou ferramentas para trabalhos que ninguém quer realizar.

Essas características ajudam a entender como esses equipamentos se tornaram muito comuns entre aparatos militares e de vigilância. No entanto, há aplicações mais pacíficas, como no uso profissional de fotógrafos, resgates e limpeza de lixo tóxico.

Os drones tem sido muito adotados por fotógrafos e cinegrafistas como suporte para câmeras com o objetivo de fazer imagens aéreas de casamentos, atividades esportivas e outras festividades. No Brasil, é possível comprar alguns modelos em lojas específicas por valores que partem dos R$ 2 mil. Muito leves, esses aparelhos costumam ter baterias bem pequenas, o que reduz sua autonomia de voo para poucos minutos.

* fonte: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/10/o-que-sao-e-para-que-servem-os-drones-tecnologia-invade-o-espaco-aereo.html

Nota: Os amigos já devem ter lido nos jornais ou em noticiários televisivos de bombardeios (bombardeamentos) feitos pelos americanos com drones, bastante utilizados, pois evitam perdas humanas ocasionando prejuízos financeiros em caso de serem derrubados. Muitos países já o utilizam hoje, parecendo até aeronaves em várias configurações.

Gopro-3-Go-Pro-Hero3-Black-Edition-Wi-fi-Lcd-Touch-64-Gb-20131225155949

MÁQUINA DE FILMAR COMPACTA GOPRO

De custo até acessível, mesmo no Brasil com os absurdos impostos de importação, o GoPro ganha fama entre os aficionados de esportes radicais ou nos casos como deste vídeo, ou ainda em múltiplas tarefas. Como por exemplo é colocado nos capacetes, nos carros de corrida ou de passeio, no corpo ou em qualquer outro lugar, como de animais, de forma que possa visualizar o que olhos visualizam o vem pela frente e assim por diante. É só o que você imaginar que o Go Pro filma.

 

Anúncios

3 comentários em “Macau visto do ar por um drone em vídeo de Sérgio Perez

  1. Rogério Cardoso
    01/09/2014

    Macau e os seus artistas estão na vanguarda, ahead o four times!

  2. Rogério Cardoso
    01/09/2014

    Queria dizer ahead of our times!

  3. Maria Sousa Dias.
    03/09/2014

    Excelente trabalho. Parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 865.099 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

No almoço especial do Ano Novo chinês realizado na Casa de Macau de São Paulo em 18 de Fevereiro de 2018, o macaense José Noronha, 83 anos, andava a mostrar uma foto antiga para algumas pessoas que tinham mais ou menos a sua idade. Procurava ele matar as saudades dos velhos tempos em Macau. Macaense […]

%d blogueiros gostam disto: