Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Imagens de Xangai, China, no período de 1912 a 1949

China Xangai 1912.1949 01

“The Bund” da Xangai ocidental nos tempos antigos

(clicar nas fotos para aumentar)

"The Bund" da ex-Xangai ocidental na atualidade em vista noturna

“The Bund” da ex-Xangai ocidental na atualidade em vista noturna

Xangai em português ou Shanghai, assim designada pela forma inglesa, é hoje a maior cidade da República Popular da China e uma das maiores áreas metropolitanas do mundo, com mais de 20 milhões de habitantes.

De um PPS (Powerpoint) recebido por e-mail que continha 110 imagens tendo como tema, a Xangai no período da República da China de 1912 a 1949, foram extraídas várias delas que focassem principalmente o lado ocidental da cidade, as suas construções, que hoje constituem importante atrativo turístico, assim conhecido como – the Bund.

Os chineses nacionalistas da República da China, fundada em 1912. foram derrotados pelas tropas revolucionárias de Mao Tsé Tung em 1949 e refugiaram-se na ilha de Taiwan, cuja reunificação é pleiteada pela República Popular da China.

Este lado ocidental da cidade de Xangai, the Bund, localizado à margem do Rio Whangpoo, chamado de “The Shanghai International Settlement” ou Assentamento Internacional de Xangai, foi uma concessão da Dinastia Quing após a derrota aos ingleses na Guerra do Ópio (1839-1842) com a seguida assinatura do Tratado de Naking. Além da Inglaterra, os americanos, ingleses, até os portugueses entre outros países se estabeleceram na região, porém tiveram que deixar a cidade com a entrada das tropas vitoriosas de Mao Tsé Tung, muitos à pressa levando só a “roupa do corpo” como contam os “refugiados de Xangai” que hoje fazem parte da comunidade macaense pela suas origens. Vários refugiaram-se em Macau e depois emigraram para outros países, como os Estados Unidos, Canadá, Austrália e o Brasil.

(clicar nas fotos menores para ampliar)

China Xangai the bund ilustrativo

“The Bund” em detalhes

China Xangai 1912.1949 02

China Xangai 1912.1949 03

China Xangai 1912.1949 04

China Xangai 1912.1949 09

China Xangai 1912.1949 10

O Assentamento Internacional de Xangai (The Shanghai International Settlement) tinha a sua bandeira que nela inseria as bandeiras dos países que o ocupavam: no topo à esquerda – a Grã Bretanha, Estados Unidos, França e Alemanha. O topo à direita: Rússia, Dinamarca, Itália e Portugal. No meio: Noruega e Suécia (invertida), Áustria, Espanha e Holanda.

China Xangai.Shanghai_International_Settlement

Fonte: Wikimedia Commons

China Xangai 1912.1949 15

China Xangai 1912.1949 20

 

 

Tropas da República da China (nacionalista) em guarda diante da aproximação do exército de Mao Tse Tung:

Estrangeiros começam a deixar Xangai em 1948 e 1949 temendo a tomada da cidade:

Vitorioso, o ‘exército de libertação’ de Mao Tsé Tung entra em Xangai, e as tropas do exército dos nacionalistas da República da China, derrotadas, refugiam-se na ilha de Taiwan.

A Xangai dos dias de hoje:

China Xanghai

China Xangai 1912.1949 35

O PPS no final tem a assinatura de Herbert K. Lau

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 06/08/2015 por em Xangai 1912-1949 e marcado , , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.219.384 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: