Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Ano Novo Chinês de 2016 comemorado em São Paulo com grande público

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 79

Pelo 11º ano, a comunidade chinesa promoveu no bairro oriental da Liberdade, em São Paulo, a tradicional festa do Ano Novo Chinês, já uma data do calendário turístico da cidade.

Estima-se que cerca de 200 mil pessoas devem ter circulado na região no fim de semana de 13 e 14 de fevereiro, e para comportar o aumento de público, a festa normalmente realizada na Praça da Liberdade e a Rua Galvão Bueno, foi estendida para as ruas adjacentes como a Rua dos Estudantes, dos Aflitos e parte da Rua da Glória.

A comemoração de São Paulo é considerada uma das maiores festas do gênero fora da China e neste ano celebra o Ano do Macaco, o ano 4714 no calendário chinês que está mais de 2,5 mil anos à frente do ocidental. Mais de 40 barracas com comida oriental, principalmente a chinesa, ocuparam as ruas fechadas ao trânsito e tomadas de público que até provocava certo congestionamento na circulação. As barracas, lojas e restaurantes orientais certamente comemoravam os bons negócios.

(Fotografias exclusivas de/photos by Rogério P. D. Luz – clicar nas fotos para ampliar)

O DESFILE

No sábado, ao meio dia, iniciou-se o desfile de abertura da festa com a dança de dragão e de leão. Neste ano, o ponto de partida foi na Rua da Glória, para subir na Rua dos Estudantes e terminar na Praça da Liberdade. O pessoal que participa do desfile é na maioria composta por brasileiros, vários eram membros de academias de artes marciais: “isso é muito característico do povo brasileiro. É um povo que abraça muito bem as outras culturas e recebeu muito bem a cultura chinesa. Por isso que a festa que a gente faz na Praça da Liberdade já é considerada uma das maiores comemorações do gênero fora da China”, disse a organizadora do evento Kelly Lam à imprensa.

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 02.1

A dança de dois dragões abriu o desfile

A dança de dragão garante prosperidade, sorte e boas energias.

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 08

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 11.1

Dança de leão

O leão traz proteção e sorte nos negócios. É comum ver na porta de entrada de prédios no Oriente dois leões postados do lado esquerdo e direito para essa finalidade.  Em São Paulo, veja no prédio do Banco da China na Rua Frei Caneca, próximo à Av. Paulista.

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 13.1

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 15

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 11.2

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 37

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 44

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 54

O PÚBLICO E AS BARRACAS

Tudo era vermelho na festa.  Segundo a CRI-China Radio International: “o  vermelho significa um valor e um sentimento especial para os chineses, sendo tão importante quanto a boa sorte, felicidade, entusiasmo, paixão, justiça e revolução. Além disso, acredita-se que o vermelho é capaz de afastar o mal e trazer a prosperidade. Na mentalidade do povo chinês, o vermelho simboliza um ambiente aconchegante e alegre. Em cerimônias de casamento, a noiva usa uma roupa vermelha e veste calçados vermelhos bordados com figuras de dragão e fênix e pode até cobrir toda a cabeça com um lenço vermelho. E toda a casa dos recém-casados deve ser decorada em vermelho. O vermelho é ainda a cor do amor. Segundo a lenda chinesa, o Deus do casamento usa uma corda fina vermelha para amarrar os pés de namorados que se tornarão finalmente um casal“.

O público estimado em 200 mil pessoas que circularam pela região nos dois dias, na maioria brasileiros, lotou as ruas e a praça, degustando nas mais de 40 barracas de alimentação na maioria, fora de souvenirs entre outros, cujos preços eram até módicos, fez a Liberdade ficar mais parecendo uma Chinatown. Antigamente era mais conhecida por bairro japonês, embora hoje com a crescente imigração chinesa, o certo é chamá-la de bairro oriental.

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 64

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 63

O PALCO NA PRAÇA DA LIBERDADE

Ao longo dos dois dias da festa, do início na manhã até o fim de tarde, havia apresentações no palco montado na praça, com corais, danças infantis, artes marciais, bandas de pop chinesa, desfile de trajes típicos, show de ilusionismo, demonstrção de pintura entre tantos outros, além de dança de dragão no solo. Os canais de televisão foram lá para registrar o evento proporcionando ampla divulgação para o Brasil e até o Exterior, dando para perceber a presença de gente de várias localidades fora de São Paulo.

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 76

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 75

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 36

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 20

LEÕES LEVAM SORTE E PROSPERIDADE PARA RESTAURANTE CHINÊS

O público brasileiro pode ver uma tradição chinesa durante a festa que consiste em o dono de um estabelecimento, no caso o restaurante “Banri – Taste of China”, a oferecer um alface pendurado numa vara ao leão que se ergue para apanhá-lo. Em seguida entra no estabelecimento para levar sorte e bons negócios.

Sao Paulo festa Ano Novo Chines 2016 66

Site oficial da organização: https://anonovochines.org.br/anonovochines/

No Facebook: https://pt-br.facebook.com/anonovochines

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 717,799 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Passaram-se 11 anos, não parece muito, mas vários conterrâneos e amigos nas fotos que publico da festa do 17º aniversário da Casa de Macau de São Paulo em 2006, promovida em 29 de julho, não estão mais conosco. Ficaram os bons momentos registrados da boa confraternização. Vale um momento de reflexão para sempre procurarmos um […]

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

%d blogueiros gostam disto: