Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Casa de Macau de São Paulo comemora 27º aniversário e o Dia de Macau

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 36

Mais um ano de vida, e a Casa de Macau de São Paulo comemora o 27º ano da sua fundação em conjunto com o Dia de Macau de 24 de Junho, uma data que não é mais celebrada em Macau após a transição de soberania de Portugal para a China em 1999.

A festa realizada no domingo do dia 26 de junho ofereceu aos associados e seus amigos, um cardápio com o tradicional prato da gastronomia macaense – tacho, também conhecido por chau chau pele – que teve a companhia também de outro prato da terra: vaca estufada.

Dentro da programação cultural, o público assistiu à uma peça teatral em patuá (dialeto) de Macau “Anôte na Isquadra (à noite numa delegacia de polícia)”, que foi adaptada para dois personagens (Mariazinha de Carvalho e Armando Sales Ritchie). Esta peça de Miguel de Senna Fernandes, foi apresentada pelo grupo teatral Dóci Papiaçám di Macau no teatro do cassino Venetian em Macau, na celebração do seu 20º aniversário em 2013.

Antes, o presidente da associação macaense Frederico António apresentou a sua saudação, para em seguida o vice-presidente do Conselho Deliberativo, Rolando Luz, discorrer sobre a história da Casa de Macau e depois o público receber a benção de um sacerdote da região. Na parte musical, Brian Coatswith Alexandre cantou a sua versão acústica de “Macau, terra minha”, Tozé ou José de Senna Fernandes, um amante da música dos bons tempos dos anos 60, o Canicha ou Carlos Alberto dos Santos ou de nome artístico Charlie Santos acompanhado por Daniel Maia, autor da canção “Casa de Macau” e que desta vez não conseguiu conter a emoção ao cantá-la, e para finalizar, com a sua voz melodiosa, a Grace Kwan Rosário, que misturou canções americanas e chinesa.

Após cantar os parabéns diante de um bolo de aniversário decorado com a bandeira da associação, os associados foram também servidos como chá de tarde, salgados e doces chineses, batatada entre outras iguarias.

Vale destacar que a Casa de Macau de São Paulo sempre foi fiel à celebração do Dia de Macau de 24 de Junho, de acordo com as tradições e costumes macaenses originários da época da administração portuguesa, durante a qual, a maioria dos associados nasceu ou têm a sua origem de antepassados da época. Isso não se troca só pelo simples fato de ter ocorrido a transição. É importante nessa vida as pessoas serem leais à sua nacionalidade e às coisas nela ligadas. Uma tristeza ver que certos setores ou pessoas que, por cautela ou receio, ou até por apatia, desprezem ou passaram a ignorar as coisas da sua origem, como o Dia de Macau de 24 de Junho, com a troca de governo. Uma data que inegavelmente faz parte da Identidade Macaense, para quem realmente o é ou assim se sente.

(Fotografia de/photos by Rogério P. D. Luz –

clicar nas fotos menores para ampliar)

  • Antes do almoço houve coquetel no jardim e servidos salgados e bolinhos de bacalhau de Portugal:
  • Frederico António saúda e Rolando Luz conta a história da associação, tendo ao fundo, a bandeira de Portugal-pela matriz portuguesa da associação, a histórica do Leal Senado (azul)-antiga bandeira da cidade quando sob administração portuguesa, as bandeiras da associação, do Brasil e a atual de Macau sob o nome da RAEM:
  • O sacerdote da região abençoa a Casa e o público presente:

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 11

  • Da esquerda, o tacho macaense ou chau chau pele e da direita, vaca estufada:

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 25

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 06

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 07

Peça teatral em patuá (dialeto) de Macau, com Mariazinha de Carvalho e Armando Sales Ritchie, hoje residente de Macau em visita a São Paulo:

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 05.1.edit

  • Esq.: Tozé e à dir. Brian Alexandre:

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 03.edit

  • Carlos Alberto Santos/Canicha ou Charlie Santos com Daniel Maia:
  • Grace Kwan do Rosário e Armando Sales Ritchie:
  • Rosa da Cruz, colaboradora fotógrafa, em ação:

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 37

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 41

Casa Macau S.Paulo festa aniversario e Dia de Macau 25.06.2016 42

  • Dir.: Regina Braga, secretária da associação:
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 663,091 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

%d blogueiros gostam disto: