Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Vamos ao Encontro 2007 (2)


Puxa, não esperava, mas entre 70 a 80 associados da Casa de Macau viajarão para o Encontro 2007 em Macau. Um bom número, se considerarmos que nas últimas 2 edições, foram bem menos, tal como em 2004, salvo erro, umas 40 pessoas. Agora, neste ano, perto do dobro.
Se contarmos mais o Canicha – Charlie Santos e seu conjunto, que não sei se está já confirmado ou não, então passa dos 80. Aliás, falando deles, se forem, vai ser um show, ainda mais se for completo. Olha, eles tocam pra caramba, até parece que brincam com a música !!! Mereceram um comentário de um entendido de música, o Vainer (vide abaixo), que eram dos melhores que passaram pela Casa de Macau. Tenho fé que irão ser bem solicitados para apresentações e vão com certeza agitar a galera.
Lembro-me que quando cheguei ao Brasil, trazia comigo alguns LPs de Teddy Robin, Joe Jr., Mystics etc. e ficava orgulhoso (coisa de 18 anos), achando que eles eram os melhores, e de facto, os músicos brasileiros da época, em termos de rock e essas coisas, eram meio fraquinhos.
Mas, de lá pra cá, o músico brasileiro evoluiu muito, sendo hoje considerados dos melhores, além da música, que gosto demais.
Além deles, vai outro brasileiro, o maestro do Coral da Casa de Macau de São Paulo, Vainer Dias Gomes (para os apreciadores de novelas brasileiras, não se lembram que tem um autor com o mesmo apelido/sobrenome?). Eu diria que ele é um músico completo. Adora música e vive dela. Tem um estúdio, canta por aí, tem um coral fora daquela da Casa de Macau etc.
Tem uma bela voz, suave e afinadissima. Ele com o seu violão/viola, sua voz melodiosa, acaba com o stress de qualquer um. Experimentem pedir para que ele cante para vocês … pode ser música brasileira, americana, chinesa ??? … é sim, ele vai cantar, vão se surpreender e adorar.
Aqui meu recado para Macau e seus organizadores ou donos de restaurantes ou casinos. Organize algo e peça para o Vainer fazer um show solo. Irão confirmar o que estou dizendo aqui, e olha que não sou o empresário dele. Falo pelas apresentações dele na Casa de Macau. Se não é famoso, um star, é porque a vida de músico é muito ingrata e injusta. Tem gente que é bom e é desconhecida e outros, com bons padrinhos, cantando mal, ganham fama … tem um monte !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 09/10/2007 por em Encontro 2007.

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.223.057 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: