Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

site A Diáspora Macaense na América, um tributo

O site A Diáspora Macaense na América ao completar 5 anos da sua criação, em 22 de Outubro de 2008, encerrou as suas actividades.

Na sua mensagem de despedida de 19 de Setembro de 2008, o editor Horatio F. Ozorio, relata o trabalho do site e os motivos para essa iniciativa, revelando uma certa mágoa.
O blog Crónicas Macaenses e o seu editor Rogério P.D. Luz, sem querer assumir nenhum posicionamento em relação ao relatado como mágoa, e nem querer intrometer-se em assuntos locais da Califórnia, tanto por desconhecimento como pelo princípio de não interferência em assuntos de outras Casas e comunidades macaenses fora de São Paulo, vem prestar um tributo ao website A DIÁSPORA MACAENSE NA AMÉRICA no que concerne ao trabalho para divulgar Macau e as comunidades macaenses na língua inglesa, uma congênere do meu portal Projecto Memória Macaense que neste ano de 2009, completa 6 anos de existência e quer completar tantos outros aniversários.
Caro Horatio, umas vezes você vinha pedir-me autorização para a divulgação de minhas notícias e eu com muito bom grado a cedi. Vi o seu esforço de traduzi-la para o inglês e agradeço imensamente pelas referências no seu website. Conheci-o pessoalmente em Macau, onde andei arranhando o meu inglês para conversar com você. Senti na pele, por ser exactamente a minha situação, quando você diz “I received exactly nothing from anyone for my time and labor. Instead I paid Yahoo! a monthly website hosting fee out of my own pocket (Na verdade não recebi nada de ninguém pelo meu trabalho e o tempo desperdiçado para ele. Ao contrário paguei mensalmente ao Yahoo as mensalidades para a sua manutenção, do meu próprio bolso). É isso, Horatio, a vida é assim. Uma missão ingrata? Não diria assim, há que se ver os elogios que você tem recebido, como vejo incentivo nas assinaturas e mensagens no Livro de Visitas. Tudo o que a gente faz, nem sempre agrada a outros. Vejo o meu site PMM como uma missão que instituí para mim, como macaense. É uma prestação de contas que faço para mim e a minha consciência, além de ser algo que gosto de mexer, tanto que criei um outro website de fotografias IMAGENS DALUZ (www.imagensdaluz.com) para me divertir como é um bom passatempo. O importante e acima de tudo, uma coisa que sempre fiz questão de avisar, o PMM é um site independente e de um autor só.
Dentro de uma mentalidade de separar as coisas, o PMM fala de Macau e dos macaenses, especialmente do passado, porém sem se referir profundamente em questões de comunidade. Para isso, foi criado este blog Crónicas Macaenses para falar de tantas coisas, embora sem ser muito assíduo. Mas o blog é diferente de um site. Blog, que é uma espécie de diário, a gente cria e fecha como bem achar. Serve para comentar e opinar, e xiça … tem tantas coisas para falar daqui …
Assim, Horatio, a minha homenagem pelo seu esforço e dedicação para manter o website, que não é fácil, ainda mais pelas notícias traduzidas e a constância de actualizações. Não posso me posicionar diante das suas mágoas relatadas, pelo meu posicionamento de não ingerência em assuntos que não me dizem respeito e fora do meu alcance. Desculpe-me por isso!
Abaixo, está a sua mensagem de Despedida em inglês e o meu esforço para traduzi-lo em português. Peço desculpas antecipadamente por uma eventual tradução errada, que pode me corrigir, se for o caso, pois o inglês não é a minha língua do dia-a-dia e nem a domino ou sou fluente. É rafeiro mesmo, rsrs!!!
(veja tradução em seguida)

A Farewell
To the many who enjoy visiting this website I address this farewell message. It is to thank them for their moral support and to say goodbye for I am shutting down this website.
Before doing so, let me refresh their memory of my purpose for the website. I and many of my Macanese contemporaries had long been concerned about the historical survival of the California Macanese diaspora. In a nutshell, it was clear that the members of the older Macanese generation had been dwindling steadily in numbers over the past six decades, while the younger generation seemingly was not overly disturbed about the possibility of its roots, culture, tradition and unique identity being lost and forgotten forever. We felt that something had to be done to save the diaspora from ending up in the dustbin of history. That gave birth to this website.
The website endeavored in its objectives to motivate and stimulate its readers into action, by disseminating news of inspirational interest to the Macanese, by reporting on communal affairs for their edification, by recalling memories of their past, and so on. Where it thought it might be of help, the website editorially offered constructive suggestions designed to troubleshoot organizational problems confronting the four Macanese social organizations and to assist in overcoming operational problems that seemed to bedevil the community. Unfortunately these offerings, which were made in good faith and with the best of intentions, and which went unacknowledged, were seen as “gratuitous” criticism, despite an obvious need for them.
After five years of its existence, it has finally become clear to me that the website is neither appreciated nor effective as a communication tool. Over that time, the website was inexplicably shunned by the management and membership of the four Macanese organizations in California. Despite the website’s global usefulness, it received no encouragement from abroad either. So with some sense of disappointment even though I have learned a lot from running the website, I have decided to cease publication.
But there is something I need to do before closing up shop. I need to defend myself of the hurtful insults hurled my way, even though I should by now have been inured to such vitriol and name-calling that are historically said to be not uncommon among “our people.” I have been accused locally of self-aggrandizement in operating my website. In fact, I received exactly nothing from anyone for my time and labor. Instead I paid Yahoo! a monthly website hosting fee out of my own pocket. I have also been accused of trying to draw attention to myself. The truth is I have received no recognition or thanks from any of the abovementioned parties for my services to the Macanese community. The website articles are testimony to the unworthiness of these accusations. I stand by everything the website has written. I should note also that nothing in the website, if it was found odious, was ever rebutted.
So, as of October 22, 2008, the fifth anniversary of this website, or thereabouts, this website will shut down its operations.
Goodbye and good luck to all.
Horatio F. Ozorio, Editor
September 19, 2008 
Uma Despedida
Àqueles que apreciam visitar este website, endereço-lhes esta mensagem de adeus. Tem a finalidade de agradecer-lhes pelo apoio moral e para dizer adeus pois eu estou encerrando as actividades deste Website. Antes de fazê-lo, deixe-me recordar da minha finalidade com o website. Eu e muitos de meus contemporâneos macaenses, nos preocupávamos pela sobrevivência histórica da diáspora macaense de Califórnia. Como num círculo fechado, era visível que os membros da velha geração macaense vinha diminuindo progressivamente há seis décadas passadas, enquanto a geração mais nova aparentemente não se preocupava com a preservação das suas raizes, cultura, tradição e identidade original, sendo perdidos e esquecidos para sempre. Nós sentimos que algo tinha que ser feito, para evitar que a diáspora terminasse no cesto de lixo da história. Isso motivou a criação deste website.
O web site esforçou-se em seus objetivos para motivar e estimular seus leitores a agir, disseminando notícias de interesse aos macaenses, relatando em casos construtivos da comunidade, recordando memórias de seu passado, e assim por diante.
O editorial do website oferecia sugestões construtivas, visando problemas organizacionais diante das quatro organizações macaenses e para auxiliar nos problemas operacionais futuros que pudessem contribuir para o bem da comunidade.
Infelizmente essas iniciativas, que foram feitas de boa fé e nas melhores das intenções e feitas de um modo sem ostentação, eram vistas como crítica “gratuita”, ao invés de um contributo.
Depois de 5 anos da sua existência, ficou claro para mim que este website não é apreciado nem considerado uma boa ferramenta de comunicação. Durante este período, o website foi inexplicavelmente deixado de lado pela administração e o quadro associativo das 4 organizações macaenses da Califórnia.
Apesar da utilidade mundial do website, não recebeu nenhum incentivo do exterior inclusive. Assim com algum sentimento de decepção, mesmo que eu tenha aprendido muito com a vivência do website, decidi encerrar as suas actividades.
Mas há algo que preciso fazer antes de encerrá-lo. Preciso defender-me das agressões ofensivas vividas, mesmo que agora eu deveria estar acostumado a tais ofensas e referências nominais que historicamente dizem ser comum no meio da “nossa gente”. Fui acusado localmente de promoção pessoal através do website.
Na verdade não recebi nada de ninguém pelo meu trabalho e o tempo desperdiçado para ele. Ao contrário paguei mensalmente ao Yahoo as mensalidades para a sua manutenção, do meu próprio bolso. Fui também acusado de procurar chamar atenção para a minha pessoa. A verdade é que não recebi nenhum reconhecimento ou agradecimento de qualquer uma das organizações citadas pelos meus préstimos à comunidade macaense. Os artigos do website são o testemunho da falta de sustentação dessas acusações. Eu assumo por tudo o que o website tem escrito. Também devo registar que nada escrito neste website, se foi considerado como ofensivo, foi rebatido.
Assim, a partir de 22 de Outubro de 2008, o quinto aniversário deste website, ou aproximadamente, este website encerrará as suas actividades.
Adeus e boa sorte a todos
Horatio F.Ozório, editor
19 de Setembro de 2008

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.035.026 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Receitas de camarões e pimentas recheadas da gastronomia de Macau com Bosco Silva e Alex Airosa

Receitas de camarões e pimentas recheadas da gastronomia de Macau com Bosco Silva e Alex Airosa

A relembrar a aula de gastronomia realizada na Casa de Macau de São Paulo em 24/02/2008, ministrada pelos chefs João Bosco Quevedo da Silva e Herculano Alexandre (Alex) Airosa, seguem as fotos e receitas de camarões grandes recheados com ervas à moda de João Bosco Quevedo da Silva e pimenta recheada à moda do Alex Airosa. Na época, a coordenação das aulas e elaboração das […]

Procissão do Corpo de Deus em Macau

Procissão do Corpo de Deus em Macau

PROCISSÃO DO CORPO DE DEUS EM MACAU Texto, fotografias e legendas de Manuel V. Basílio (Macau) As cerimónias do Corpo de Deus, ou Corpus Christi, ou mais precisamente, a Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, decorrem habitualmente na quinta-feira seguinte a Domingo de Pentecostes, 60 dias depois da Páscoa, tendo este ano ocorrido no […]

“Adeus Macau” na voz de Isa Manhão no Encontro das Comunidades Macaenses de 2010

“Adeus Macau” na voz de Isa Manhão no Encontro das Comunidades Macaenses de 2010

Não há como não se emocionar ao ouvir a bela canção Adeus Macau, seja qual for o/a intérprete. Possivelmente uma lágrima ou outra poderá escorrer no seu rosto. Alguns associam a canção à transição de soberania de Macau para a China, que em 2019 completa 20 anos. Pode até servir, se quisermos considerar o adeus […]

%d blogueiros gostam disto: