Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Blogs para citar

Blog Caderno do Oriente de MJ

Nas minhas pesquisas na Internet achei algumas ligações para este blog que fala de Macau.  Já o conhecia de alguns tempos atrás. É didático e tem boas fotos.  Gostei! O que acho interessante do blog é quando você procura saber quem é o autor, em primeiro, constata que é uma autora que se identifica apenas pelas iniciais MJ, e só! Consta que ela é de Macau.

No perfil tem ligações para seus outros  blogs –Estrada do Mar Oriental e Flor de Lótus . No entanto, MJ não se identifica também.  Intrigado, cliquei no seu álbum de fotos do FlickR. Ah, aí até vi que me constava como seu contato, e o seu nome é Maria Janeiro.  Apenas isso! Sem sua foto.

Comento isso, pois quando se tem uma publicação na Internet, você acaba dandos detalhes de si.  A MJ é discreta, não se preocupa com a divulgação pessoal, apenas do que tem a divulgar de Macau.  Ainda se fosse um blog polémico, até poderia se dizer que se ocultava sob as iniciais, mas nada, o blog está longe disso.  Por tudo isso, tenho que tirar o chapéu para a MJ e fazer uma reverência pela sua discrição.  Parabéns pelo seu trabalho, minhas saudações!!! (clicar nas palavras em azul para visitar as publicações da MJ)

Nota: Aliás, outra publicação sobre Macau e em forma de blog.  Por isso que o PMM decidiu conciliar o site com divulgações em blog.

Blog Povos Cruzados (Malaca)

Obtive o link para este blog no de MJ acima.  Logo à entrada, o apelo “Colabore conosco – Salve a nossa cultura” e a “Pintura” de Gwen Alcantara – Para Conferência ou Exposição Fotográfica a reverter a favor da Comunidade Luso-descendente de Malaca contactar Cátia Bárbara Candeias”:

O blog é de “Cátia Bárbara Dias Candeias.Bolseira do Instituto Camões (2009-2011). Coordenadora do Projecto:Povos Cruzados-Futuros Possíveis, de Melaka, Malásia.

Inegavelmente, pús-me a pensar, daqui a quanto tempo, Macau e a Comunidade Macaense ficaria numa situação similar a Malaca? Está certo que os tempos são outros, que somos mais numerosos e muito mais estruturados que naqueles tempos, mas estariamos sujeitos viver numa situação meio parecida com o divulgado no blog num futuro longínquo ou não tão … ? Será que o número de falantes (do português) está a diminuir na comunidade macaense também?

Encerro esta postagem convidando-os para uma visita ao blog e ver o belo trabalho da Cátia Candeias, bem como, fazer uma reflexão sobre o nosso futuro, mesmo que talvez não estejamos vivos para ver se viveremos situação similar à Malaca, assim espero, mas avaliar o que podemos fazer para minimizar os riscos.


foto: Celebrações da UNESCO, Malaca 2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 19/07/2011 por em BLOGS E SITES, Hoje.

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.076.073 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Como já vem acontecendo nos Encontros das Comunidades Macaenses realizadas em Macau, o programa de 2019 incluía uma missa e Te-Deum na Sé Catedral que foi celebrada no dia 26 de Novembro às 18:00 horas pelo Bispo de Macau, D. Stephen Lee Bun-sang. Uma celebração religiosa e ação de graças para agradecer por mais uma […]

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O Hotel Casino (Cassino) Lisboa, de Macau, inaugurado em 3 de Fevereiro de 1970, seis anos após o início das obras em 1964, o primeiro dos tempos modernos do outrora território português na China por cerca de 440 anos, e devolvido para a China em 1999, é por excelência uma galeria de arte com peças […]

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

O macaense Carlos Cordeiro, hoje residente no Canadá, enviou ao autor deste blog, três fotos que espelham bem o convívio dele com dois amigos macaenses: Fernando Placé e José (Zé) Cabral, num período de 52 anos, de 1967 a 2019. Interessante ver o cuidado de fotografar o momento na mesma posição da foto original de […]

%d blogueiros gostam disto: