Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Brasil: Ouro Preto, numa primeira vista

Museu da Inconfidência que começou a ser erguido em 1784. É dedicado à memória no movimento pelo fim do Brasil colônial

Após um percurso aéreo de 45 minutos para cobrir uma distância de 586 quilometros de São Paulo a Belo Horizonte (Minas Gerais), mais 1 hora do aeroporto à estação rodoviária da cidade, e daí mais 2 horas e 1/2 de ônibus/autocarro, finalmente chegamos a Ouro Preto, cidade histórica e Patrimonio Mundial Cultural da Humanidade pela UNESCO.

Prédio de 1741 abriga o Museu de Técnica e Ciência

Já noite, saimos para jantar e não resisti, levei a máquina fotográfica e fiz umas fotos noturnas para matar aquela vontade e pendência que tinha cá comigo, pois a última vez que visitei a cidade foi há cerca de 30 anos.  Naqueles tempos os registros fotográficos eram em negativos. Fiz boas fotos, no meu julgamento, mas poucas e os negativos já estão um tanto desgastados.

A Rua Direita no centro histórico de Ouro Preto

Precisava retornar pois adoro fotografar a antiguidade, o que é histórico, como igrejas, edifícios, ruelas etc. A expectativa é que nos poucos quatro dias inteiros, passeando em Ouro Preto e visitando cidades históricas vizinhas de Congonhas, Mariana, São João Del Rey e Tiradentes, eu consiga tirar centenas de fotos na qualidade que espero de mim.

uma ruela do centro histórico

Uma informação interessante que vim saber com a recepção do hotel é que, por ocasião da Copa do Mundo de futebol que será realizado no Brasil em 2014, o hotel já está com as reservas fechadas pelas semanas em que ocorrerão os jogos.  Imagine só que ainda faltando 2 anos para a Copa, as agências de turismo mundias já estão reservando hotéis, acredito, em todo o Brasil.

A Rua Direita ao lado da Praça Tiradentes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 892.580 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (02)

Imagens que trazem saudosas lembranças daquela Macau que não existe mais, mas que permanece viva na nossa memória e nas fotografias a seguir publicadas de forma aleatória, a procurar dar uma descrição a confirmar ou corrigir. O que vale mesmo é o que se diz – recordar é viver! As fotos são dos anos 50 […]

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

%d blogueiros gostam disto: