Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Brasil: Ouro Preto histórico, de encanto ao fascínio

o sol ao se pôr contribui para tornar Ouro Preto mais bela. Emoldura os contornos da montanha.

(fotografias de Rogério P.D. Luz – clicar para aumentar)

No meu penúltimo dia de estadia em Ouro Preto, cidade histórica de Minas Gerais, já tirei cerca de 2 mil fotos dela e das cidades de Congonhas, Mariana, Tiradentes e São João del Rey.

Igreja de São Fracisco de Assis, um dos maiores símbolos do barroco mineiro, com a permanente feira de artesanato diante dela.

Ouro Preto desperta o seu olhar de composição fotográfica, a cada esquina, a cada rua.  Se gosta de história e a paisagem que nos remete ao passado, uma pessoa “não pode morrer sem ter visitado Ouro Preto”. 

Sentir a arte de escultura e de pintura.  O ouro que fascinou os portugueses e fez as igrejas.  Uma cidade onde Macau não é uma grande desconhecida. Os jesuítas de Macau trouxeram detalhes chineses no vermelho que decoram altares, as tais “chinesices mineiras”, assim contam os livros e os guias de turismo. Muitos santos têm olhos “puxados” orientais, influência de Macau.

Fiz uma foto similar há cerca de 30 anos, e voltei a fazê-la em 2012. Nada mudou.

Conheça um pouco mais de Ouro Preto pelas imagens que registrei em dois dias, além de outras cidades citadas, históricas e não tanto assim que até desperta preocupação pelo processo evolutivo de depredação de lugares históricos.  Algo que a especulação imobiliária mostra o seu lado selvagem e assassino da história.

O casario preservado na “rua dos bancos”

Museu da Inconfidência (à esquerda) e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo (à direita)

Igreja de São Francisco de Paula

Praça de Tiradentes (centro de cidade) e o Museu da Inconfidência

Igreja de Nossa Senhora de Pilar, a 2ª mais rica do Brasil. A fachada é simples, mas o seu interior é riquíssimo. 434 quilos de ouro revestem o seu interior com os altares ricamente esculpidos. É impressionante! Pena que é proibido fotografar o seu interior, como acontece em todas as igrejas de Ouro Preto, por questões de segurança e preservação dos males dos flashes incovenientes.

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos erguida e frequentada pelos escravos negros no Século 18

Fim de tarde em Ouro Preto. Vista do centro da cidade na Praça de Tiradentes

A Praça de Tiradentes num momento sem o seu trânsito intenso de carros já a noite avançando em Ouro Preto

… e na Praça de Tiradentes um casal no seu passeio romântico de fim de dia

telhados de casas antigas e preservadas do centro histórico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 13/08/2012 por em BRASIL, Cidades Históricas, Minas Gerais, Ouro Preto, vistas gerais 2 e marcado .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 671,750 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

%d blogueiros gostam disto: