Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Buenos Aires: Puerto Madero e a Fragata Presidente Sarmiento

A Fragata Presidente Sarmiento no Puerto Madero

Ir à charmosa Buenos Aires, na Argentina, e não conhecer Puerto Madero, almoçar ou jantar num dos seus inúmeros restaurantes e saborear aquele churrasco argentino, você fez um passeio incompleto. Precisa voltar numa outra oportunidade!

Um lugar super agradável e que dá uma sensação de bem estar, Puerto Madero possui extensas calçadas, de um lado as águas do Rio de la Plata e de outro prédios modernos, hotéis, restaurantes, sorveterias, discotecas, áreas de descanso e armazéns antigos de 1889 restaurados com seus tijolos vermelhos preservados.  É uma região cara, restaurada a partir de 1996 e que tem uma vida norturna agitada com gente a frequentar seus variados restaurantes e discotecas.

A Fragata Presidente Sarmiento ao lado da Puente de la Mujer (Ponte da Mulher)

No dique 3, ao lado da elegante Puente de la Mujer, passarela projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava e inaugurada em 2001, está a Fragata ARA Presidente Sarmiento que foi usada como navio-escola de 1899 a 1961 e agora é um museu itinerante cheio de fotos, mapas e objetos domésticos, com as cabines originais de carvalho e teca. É a única no mundo da época que ainda resiste ao tempo. O seu nome homenageia o sétimo presidente na história da Argentina.

Transformada em museu flutuante, esta fragata de madeira, aço e bronze com 85 metros de comprimento, possui 4 canhões de 5 polegadas, armamentos de pequeno porte e lançador de torpedos.  Realizou 37 viagens de instrução, percorrendo o equivalente a 42 voltas ao mundo.

Puerto Madero visto do navio Costa Victoria.  Uma bela vista que causa boa impressão de Buenos Aires.

Nos meus dois cruzeiros marítimos feitos em 2010 e 2011, com os navios MSC Armonia e Costa Victoria, houve parada no porto de Buneos Aires. O primeiro pernoitou, permitindo um tempo maior para passeios.  O Costa Victoria chegou de manhã cedinho e partiu no final do dia. Enquanto que no primeiro cruzeiro passeei por conta própria, pois já conhecia a cidade noutras três viagens por avião, no último participei de um tour pago que acabou mostrando outros lugares que não conhecia. Valeu a pena! Em 2013 lá estarei de novo, pois esta rota de La Plata (Argentina e Uruguai) não cansa, sempre dá vontade de voltar.

A vista que se tem do navio.  Explica-se a cor das águas visto ser um rio, de la Plata, de baixa profundidade, tendo que o navio navegar por um canal estreito e demarcado. Vista do navio Costa Victoria.

Nada melhor que tomar o café da manhã (pequeno almoço) no deck do navio Costa Victoria enquanto se aproxima do porto de Buenos Aires

A região de Puerto Madero com a sua marina

Puerto Madero tendo ao fundo o barco BuqueBus que liga Buenos Aires a Montevideo (Uruguai) numa viagem com duração de três horas.

Vamos visitar a Fragata Presidente Sarmiento?

Um dos seus 4 canhões

 

Outro pequeno canhão

Puerto Madero e seus agradáveis passeios

Puerto Madero com prédios antigos e restaurados

Vista do MSC Armonia deixando o porto de Buenos Aires no fim do dia, onde ficou atracado ao lado do Costa Victoria, sem que eu imaginasse que no ano seguinte viajaria por esse navio. Ciao mi Buenos Aires querido, até a próxima !!!

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.049.897 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Receitas de camarões e pimentas recheadas da gastronomia de Macau com Bosco Silva e Alex Airosa

Receitas de camarões e pimentas recheadas da gastronomia de Macau com Bosco Silva e Alex Airosa

A relembrar a aula de gastronomia realizada na Casa de Macau de São Paulo em 24/02/2008, ministrada pelos chefs João Bosco Quevedo da Silva e Herculano Alexandre (Alex) Airosa, seguem as fotos e receitas de camarões grandes recheados com ervas à moda de João Bosco Quevedo da Silva e pimenta recheada à moda do Alex Airosa. Na época, a coordenação das aulas e elaboração das […]

Procissão do Corpo de Deus em Macau

Procissão do Corpo de Deus em Macau

PROCISSÃO DO CORPO DE DEUS EM MACAU Texto, fotografias e legendas de Manuel V. Basílio (Macau) As cerimónias do Corpo de Deus, ou Corpus Christi, ou mais precisamente, a Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, decorrem habitualmente na quinta-feira seguinte a Domingo de Pentecostes, 60 dias depois da Páscoa, tendo este ano ocorrido no […]

“Adeus Macau” na voz de Isa Manhão no Encontro das Comunidades Macaenses de 2010

“Adeus Macau” na voz de Isa Manhão no Encontro das Comunidades Macaenses de 2010

Não há como não se emocionar ao ouvir a bela canção Adeus Macau, seja qual for o/a intérprete. Possivelmente uma lágrima ou outra poderá escorrer no seu rosto. Alguns associam a canção à transição de soberania de Macau para a China, que em 2019 completa 20 anos. Pode até servir, se quisermos considerar o adeus […]

%d blogueiros gostam disto: