Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

“Barão” Wilson Fittipaldi (1920-2013)

"Barão" Wilson Fittipaldi com o neto Christian, e filhos Wilsinho e Emerson

“Barão” Wilson Fittipaldi com o neto Christian, e filhos Wilsinho e Emerson.  Christian é filho do Wilsinho.

Passavam-se 4 anos e alguns meses desde que emigrara para o Brasil, trazendo comigo a paixão pelo automobilismo herdada das corridas dos Grandes Prémios de Macau, quando a 10 de Setembro de 1972, época em que as corridas de Fórmula 1 eram apenas transmitidas por rádio, ouvia do empolgado locutor, com muita justiça, a narrar o 1º título mundial da categoria a ser ganha por um brasileiro.

Ouça abaixo, clicando na seta, para seguir na leitura:

o Barão nos velhos e gloriosos tempos do rádio

o Barão nos velhos e gloriosos tempos da rádio

O locutor da Rádio Jovem Pan, de São Paulo, era nada mais que o “Barão” Wilson Fittipaldi, a narrar a grande conquita do filho Emerson Fittipaldi, que com a nova conquista do título de Fórmula 1 em 1974, tornava-se o primeiro brasileiro, e porque não, piloto de língua portuguesa, a sagrar-se bicampeão de F1.  “Barão Fittipaldi” carinhosamente apelidado pelo meio automobilístico e fãs como eu, foi o locutor a iniciar as narrações via rádio das corridas de Fórmula 1.  Na época, e até hoje, fanático por corridas de automóveis e da Fórmula 1, gravava no meu gravador de rolo boa parte dessas corridas, graças a Deus, preservadas até os dias de hoje.

O “Barão” Wilson Fittipaldi, pai e avô de 3 pilotos de Fórmula 1, Emerson, Wilsinho e Christian, já não está mais conosco. Faleceu nesta madrugada de 2ª feira num hospital no Rio de Janeiro com 92 anos de idade.  Veja a mensagem que Emerson publicou na sua página pessoal no Facebook:

“Minha Querida Família, meus queridos amigo, e queridos fãs,
Nosso patriarca o Barão Wilson tem lutado muito é um guerreiro, um vencedor! Todos nós viemos dele e da minha querida mãe Juze, outra guerreira que já lutou muito na vida e nos últimos dias. No dia 24 de outubro de 2006 nos deixou para descansar na vida eterna, encontrando Deus e Jesus e encontrando lá todos os nossos parentes.
Ontem falei no ouvido do meu pai que linda família que ele formou e que todos nós estávamos torcendo e orando para que ele melhorasse e que Deus sempre amou a nossa familia e ele também. Foi nesse momento que ele pela primeira vez e única desde que está internado abriu os olhos, balançou a perna, movimentou a boca, era um sinal de amor para essa família grande e querida. Eu a Rossana e a Tania ficamos muito emocionados com a mensagem de amor e agradecimento, foi lindo!!
Ontem ele ja não respondeu mais, está nas mãos de Deus.
Ontem pela manhã já fizemos uma oração com ele e depois de escrever essa carta vamos voltar ao hospital.
Por favor orem pelo nosso patriarca o Barão.
Ele ama muito vocês meus filhos e filhas, minha mulher querida, meus netos e netas, noras e genros, meu irmão, meus sobrinhos e toda essa família linda que somos, vocês terão muito orgulho do homem que ele sempre foi, um marido, um pai , um avô, um bisavô exemplar que ama muito vocês.
Deus chamou meu querido pai hoje à uma da manhã.
O Brasil e o automobilismo perdeu essa pessoa que tanto amou esse esporte fantástico e que graças a ele eu entrei nesse esporte que eu amo muito para o resto da minha vida, devo tudo ao meu Pai e minha Mãe por terem me levado à esse esporte!
Amo muito meu pai, nosso patriarca
Emerson

Deus abençoe.
*04/08/1920
+11/03/2013”

Descanse em paz Wilson Fittipaldi e muito obrigado pelos grandes momentos de alegria e emoção ao ouvir as suas narrações da Fórmula 1 na Rádio Jovem Pan nos anos 70.  Ficam as saudades destes belos e dourados tempos!

Cartaz numa recente exposição de carros antigos do automobilismo brasileiro homegeava Wilson Fittipaldi com histórico da sua vida.  Clique para aumentar e ter uma boa leitura.

Cartaz numa recente exposição de carros antigos do automobilismo brasileiro – Velocult 2013 – homenageava Wilson Fittipaldi com histórico da sua vida. Clique para aumentar e ter uma boa leitura.

Emerson Fittipaldi

Emerson Fittipaldi

A Lotus com a qual Emerson ganhou o título de Campeão Mundial de Fórmula 1 em 1972 e narrada pelo seu pai o Barão Wilson, no audio acima

A Lotus com a qual Emerson ganhou o título de Campeão Mundial de Fórmula 1 em 1972 e narrada pelo seu pai o Barão Wilson no audio acima

* O áudio é uma gravação da Rádio Jovem Pan e publicada pela revista Manchete em edição especial de Setembro de 1972

* Fotos quando não atribuída a minha autoria nelas, foram coletadas de Google Imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 11/03/2013 por em Automobilismo, Barão Wilson Fittipaldi, BRASIL e marcado .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 663,018 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

%d blogueiros gostam disto: