Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Macau: Praia Grande em foto e pintura iguais (?)

Imagem do Macau Travel Talk 1993

Imagem do Macau Travel Talk 1993

Macau Praia Grande (01)

Macau Praia Grande em fotografia. Compare com a pintura acima.

Foi uma coincidência! No mesmo dia em que vi a imagem acima da Praia Grande nas pesquisas de minhas coisas de Macau, também visualizei uma foto do mesmo local no Programa de “Chacha Querê Festa” das apresentações teatrais e musicais do Dóci Papiaçám em Macau – São Francisco – São Paulo, em Outubro de 1995.

Quando vi a foto, logo lembrei-me que tinha visto paisagem parecida e fui conferir.  Qual minha agradável surpresa, eram imagens bastante similares, salvo pequenos detalhes alterados na pintura que se atribui feita por um “artista visitante em 1860”.  Consta na sua legenda que é uma “pintura da Coleção de Derwent”.

O que faz supor que o artista poderia ter pintado a paisagem com base na foto é o detalhe do primeiro junco.  Estão praticamente na mesma posição, bem como de um outro um pouco acima na sua esquerda.  Mudou a perspectiva, um pouco o relevo da colina da Guia e detalhes de alguns prédios.

O que isto leva a supor? O artista também era fotógrafo. Fotografou a paisagem e em seguida fez a pintura? Não seria um visitante, pode ter pintado Macau sem ter estado lá. Pegou a foto e fez a pintura no seu atelier? Tudo não passou de uma feliz coincidência? Seja o que for, tem algo interessante aí … a não ser que alguém saiba esclarecer melhor!

camera Chambre Automatique de Bertsch 1860

uma máquina fotográfica de 1860

Atribuem à pintura como feita no ano 1860.  Neste ano, já fazia 34 anos em que a fotografia tinha sido inventada.  Em 1861 foi feita a primeira fotografia colorida. Uma máquina tal como a foto acima poderia ter feita esta foto de Praia Grande.

Veja um texto do blog Artes Visuais que dá uma descrição de como eram as máquinas fotográficas da década 1860-1870:

“Nesse período surgem as câmeras portáteis com outros suportes de captação de imagem (discos, filmes em rolo, etc.) e de tamanho mais reduzido. Ainda a madeira foi sendo progressivamente substituída pelo metal, ganhando leveza e robustez. Em 1864, B. J. Sayce e Willian B. Bolton descobriram a preparação de uma emulsão de brometo de prata em colódio, o que representou um grande passo à frente nas pesquisas, com maior avanço na mesma década, quando C. Russell produziu as placas secas de brometo de prata. Depois do daguerreótipo, surgiram as câmaras de Bertsch (1860), a Express Detective – câmara de reportagem usada por Félix Tourmachou Nadar.”

*Fonte: http://artesvisuaisufesdm.blogspot.com.br/2010/11/aluno-osmerio-periodo-1860-1870_06.html

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 13/12/2013 por em Praia Grande e marcado , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.426.667 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Dia de Macau – 24 de Junho de 2022 celebra 400 anos da maior derrota dos holandeses no Oriente, e Manuel V. Basílio nos conta como foi

Hoje, 24 de Junho de 2022, comemora-se 400 anos de “A Maior Derrota dos Holandeses no Oriente” na sua tentativa de tomar Macau dos portugueses. Até a transição de soberania de Macau, de Portugal para a República Popular da China, em 20 de Dezembro de 1999, a data era comemorada como “DIA DE MACAU” ou “DIA DA […]

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

Macau: Bons tempos do Teatro Dom Pedro V recordados por Jorge Eduardo (Giga) Robarts

1 Aqueles bons tempos de Macau, que já não voltam mais, de peças teatrais com participação de macaenses, são recordadas por Jorge Eduardo (Giga) Robarts na sua página no Facebook. Com autorização do Giga, as imagens foram copiadas e editadas, inclusive seus textos. Fazem parte do seu acervo, bem como, partilhadas por seus amigos dessa […]

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Duas histórias de Macau por Manuel V. Basílio: ‘A 1ª viagem portuguesa no sul da China’ e ‘O 1º acordo sino-português’

Nesta postagem, divulgamos duas histórias de Macau de autoria do Manuel V. Basílio, publicadas no Jornal Tribuna de Macau-JTM e que foram extraídas dos seus livros: A primeira viagem portuguesa no sul da China O primeiro acordo sino-português Nos artigos abaixo com os textos com ligação direta no JTM , clique em “continue reading” (continue […]

%d blogueiros gostam disto: