Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Mocidade Alegre campeã 2014 das Escolas de Samba de S.Paulo

Pelo terceiro ano consecutivo, a escola de samba Mocidade Alegre do Bairro do Limão em São Paulo, ganha o título de campeã 2014 do Grupo Especial.

O enredo foi “Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar!”. Com 3.500 integrantes, desfilou pelo Sambódromo com cinco alegorias em 25 alas.  A sua bateria comandada por Marcos Resende, o “Mestre Sombra” contou com 241 ritmistas.

Para quem não saiba, este Grupo Especial conta com 12 escolas de samba, sendo que seis desfilam na noite de sexta-feira, encerrando no início da manhã de sábado, e outros seis da mesma forma no sábado e domingo.  Os dois últimos classificados caem para o Grupo de Acesso, e os dois primeiros desse sobem para o Especial.

A transmissão dos desfiles é exclusividade da Rede Globo que distribui o sinal para suas afiliadas internacionalmente, o que permite às pessoas do Exterior com tv de assinatura paga poderem assistir o espetáculo ao vivo, como Portugal, Estados Unidos e por aí.

O vídeo do desfile de publicação particular no You Tube:

Assista vídeos resumidos na página da Globo – G1 com melhor qualidade e leia notícia da escola campeã neste link:

http://g1.globo.com/sao-paulo/carnaval/2014/noticia/2014/03/mocidade-alegre-fala-de-fe-e-faz-toda-escola-se-ajoelhar-na-busca-por-tri.html

Carnaval S.Paulo 2014 Mocidade Alegre (01)

Foto do G1-Globo. Clicar na imagem para acessar a galeria do G1 com 47 fotos

Veja 47 fotos do desfile da Mocidade Alegre neste link da G1 – Globo:

http://g1.globo.com/sao-paulo/carnaval/2014/fotos/2014/03/fotos-desfile-da-escola-mocidade-alegre.html

* Nota: A existência da página e galeria de fotos da G1 da Globo depende da sua política de periodicidade da sua manutenção no portal. Caso sejam apagadas com o decorrer do tempo, você verá mensagem de “página inexistente”.

Foto do G1-Globo. Clicar na imagem para acessar a Galeria do G1 com 47 fotos

Foto do G1-Globo. Clicar na imagem para acessar a Galeria do G1 com 47 fotos

A Escola de Samba – Mocidade Alegre

breve histórico extraído da Wikipedia

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre é uma Escola de Samba da cidade de São Paulo. Foi campeã do Grupo Especial por dez vezes, sendo a última em 2014. Intitula-se a “Morada do Samba”.

Durante a década de 60, diversos grupos de homens fantasiados de mulher saíam pela ruas do bairro no Carnaval. Um desses grupos, era o Mariposas Recuperadas, fundado em 1952, por Juarez Cruz, que era natural de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, e queria brincar o Carnaval à moda de sua cidade natal. Com a introdução de mulheres e crianças, foi este bloco que deu origem à escola de samba Mocidade Alegre, em 1967.

O nome foi escolhido por um radialista da Rádio América que era conhecido como SPIKE e que hoje é muito conceituado no mundo sambístico, que é o Sr. Evaristo de Carvalho. Ele viu o bloco que na época era para ser batizado de Mocidade Louca pois era o nome de uma escola de samba na cidade de Campos-RJ de onde vieram seus fundadores, e achou que eram rapazes bem jovens e alegres, por isso denominou-se Mocidade Alegre, a Morada do Samba.

Site: www.mocidadealegre.com.br

Imagem do vídeo divulgado no portal de notícias do G1-Globo. Clicar na imagem para acessar o portal da G1-Globo

Imagem do vídeo divulgado no portal de notícias do G1-Globo. Clicar na imagem para acessar o portal da G1-Globo e assistir os 6 vídeos resumidos do desfile da Mocidade Alegre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 04/03/2014 por em Carnaval 2014 e marcado , , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.075.446 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Missa e Te-Deum no Encontro das Comunidades Macaenses-Macau 2019

Como já vem acontecendo nos Encontros das Comunidades Macaenses realizadas em Macau, o programa de 2019 incluía uma missa e Te-Deum na Sé Catedral que foi celebrada no dia 26 de Novembro às 18:00 horas pelo Bispo de Macau, D. Stephen Lee Bun-sang. Uma celebração religiosa e ação de graças para agradecer por mais uma […]

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O hotel em Macau que é uma galeria de arte

O Hotel Casino (Cassino) Lisboa, de Macau, inaugurado em 3 de Fevereiro de 1970, seis anos após o início das obras em 1964, o primeiro dos tempos modernos do outrora território português na China por cerca de 440 anos, e devolvido para a China em 1999, é por excelência uma galeria de arte com peças […]

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

Num período de 52 anos, três encontros de amigos macaenses

O macaense Carlos Cordeiro, hoje residente no Canadá, enviou ao autor deste blog, três fotos que espelham bem o convívio dele com dois amigos macaenses: Fernando Placé e José (Zé) Cabral, num período de 52 anos, de 1967 a 2019. Interessante ver o cuidado de fotografar o momento na mesma posição da foto original de […]

%d blogueiros gostam disto: