Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Concurso “Cantá Bastiana” e escute 3 versões da música

Vim saber do Concurso “Cantá Bastiana” através de publicação no grupo do Facebook “Conversa entre a Malta”, em português, e por e-mail, que me foi repassado, em inglês. Achei interessante, dou os parabéns pela bela iniciativa e aqui o divulgo para quem possa interessar.

Em resumo, o concurso tem a função de premiar as três melhores quadras, ou seja, quem conseguir escrever novas letras, (apenas) em patuá de Macau, para a canção Bastiana e que se adaptem perfeitamente ao modo de cantá-la. Você até escrever belos versos mas se não for possível cantar a melodia com eles, não vai adiantar nada.  É assim que acho que vai ser, pois não me parece ainda muito claro o funcionamento, se a avaliação vai ser musicalmente, como alguém vai cantar as quadras finalistas para você avaliar, ou só serão publicadas as letras e você tentar cantar com elas. Acredito que tudo será bem esclarecido oportunamente. O público via internet elegerá os ganhadores das 3 primeiras colocações.

Veja a apresentação do concurso em português e em inglês feito por Rufino Ramos do IIM, e mais abaixo, ouça as três versões gravadas da canção “Bastiana“.  Uma é a mais recente em vídeo do conjunto vocal Lágrimas, que foi objeto de postagem neste blog em 26/01/2014, e outras duas em áudio do Coral Dinamente (veja também postagem de 25/08/2013 neste blog) e da cantora portuguesa Isabela Tello Mexia.  Dessas duas últimas você pode adquirir os CDs da TRADISOM via internet nos links abaixo divulgados.

CONCURSO “CANTÁ BASTIANA”

Muitas tradições do folclore Macaense perderam-se no tempo e da memória colectiva, mas uma canção tradicional de Macau foi ressuscitada e incluída em recente CD gravado e interpretado por um agrupamento artístico de Portugal.

A canção “Bastiana”, cuja origem se perde na noite dos tempos, anos atrás também cantada pelo Coral Dinamene, surge agora na cena discográfica Portuguesa. As letras, em patuá, falam de amores não correspondidos que Deus castigaria ‘fazendo-te os olhos tortos’.

No intuito de promover o interesse pelas tradições e o dialecto macaenses, o IIM e o Jornal Tribuna de Macau associam-se para lançar um concurso de criatividade para, até ao dia 30 de Abril próximo, encontrar novas quadras para a canção ‘Bastiana’.

A letra original da canção é:

 – Quin quêrê amôr, Bastiana,

Prêcisa considérá

Amôr nunca sam brinco, Bastiana,

Pêgá torná largá.

– Quin quêrê pâ iô, Bastiana,

Tánto ancusa lôgo dá

Apa, múchi, côco, Bastiana

Pipis, cátupá.

– Iô quêrê pâ vôs, Bastiana,

Vôs quêrê pâ ôtro;

Dêus lôgo cástigá, Bastiana,

Fazê vos sa ôlo tôrto.

– Arvrê di papaia, Bastiana,

Pê já nàcê rabo,

Vêlo-velo olá rapariga, Bastiana

Boca ta còrê babo.

A música da canção pode ser ouvida no http://www.youtube.com/watch?v=fuAgMXP-Q1g ou http://www.youtube.com/watch?v=zwIMOqvqA-M

Prémios de $500 são atribuídos numa fase inicial a dez concorrentes que entregarem duas quadras, em patuá, que possam ser cantadas com a melodia mencionada e forem consideradas as melhores por um júri. O prazo é até ao dia 30 de Abril de 2014, devendo a entrega ser feita no IIM ou por via electrónica (iim@iimacau.org.mo). No acto da entrega, o autor deve identificar-se e indicar a morada e o contacto.

Posteriormente, haverá uma votação pública, feita por via electrónica, para se apurar as três quadras mais populares que receberão respectivamente MOP$ 5,000(US$650), MOP$ 3,000 (US$375) e MOP$ 2,000 (US$250) de prémio. O concurso está aberto tanto para residentes de Macau como internacionalmente para pessoas de qualquer nacionalidade ou etnia.

0 – 0 – 0 – 0 – 0

“Cantá Bastiana” CONTEST

Many Macanese traditions and folk arts have been lost in the course of time and from the collective memory, but a traditional song of Macau was recently resurrected and recorded into a CD, interpreted by a group of Portugal.

The song “Bastiana”, whose origin has been lost in the mists of time, though sung some years back by the Dinamene Choir, now appears on the Portuguese music scene. The lyrics in patois tells about unrequited love that God would punish ‘making your eyes become crooked’.

In order to promote interest on the Macau’s traditions and dialect, the IIM and the Jornal Tribuna de Macau associate themselves to launch a competition of creativity to look for new blocks for the song ‘Bastiana’, until next April 30.

The original lyrics of the song is (please see above).

The music of the song can be heard on http://www.youtube.com/watch?v=fuAgMXP-Q1g or http://www.youtube.com/watch?v=zwIMOqvqA-M

Prizes of MOP$ 500 (US$65) are awarded at an early stage to ten competitors who deliver two blocks, in patois, which can be sung to the tune mentioned and are considered the best by a panel. Before April 30, 2014, the entries should be delivered to IIM in person or electronically (iim@iimacau.org.mo). On the entry, the authors must identify themselves and indicate the address and contact details.

Subsequently, there will be a public voting to be done electronically, to determine the three most popular blocks that are entitled to receive respectively $ 5,000(US$650), $ 3,000 (US$375) and $ 2,000 (US$250) of prize. The competition is open to both residents of Macau as internationally to anybody irrelevant of their nationality or ethnicity.

a) Vídeo da última versão da canção Batiana cantada pelo conjunto Sete Lágrimas

0 – 0 – 0 – 0

b) Bastiana cantada pelo Coral Dinamene (do CD da Tradisom). Clicar na seta para ouvir:

Link para comprar o CD no site da Tradisom (ou no Catálogo do site, clique em Discos > tradicional > página 5):

http://tradisom.com/catalogo?b_start:int=24&category=tradicional&catalog=discos

CD Bastiana Coral Dinamene Tradisom

Extraído do site da Tradisom

c) Bastiana cantada por Isabel Tello Mexia (do CD da Tradisom). Clicar na seta para ouvir:

Link para comprar o CD no site da Tradisom (ou no Catálogo do site, clique em Discos > tradicional > página 7):

http://tradisom.com/catalogo?b_start:int=36&category=tradicional&catalog=discos

Extraído do site da Tradisom

Extraído do site da Tradisom

* Agradecimentos à TRADISOM e ao José Moças pela autorização a mim dada para reprodução de músicas dos seus CDs.

* Ligação: veja também interessante postagem a respeito de CANTILENA MAQUISTA (II) – PARÓDIA À BASTIANA (I) no blog “nenotavaiconta” neste link: http://nenotavaiconta.wordpress.com/2014/03/09/cantilena-maquista-ii-parodia-a-bastiana-i/

Anúncios

2 comentários em “Concurso “Cantá Bastiana” e escute 3 versões da música

  1. Pingback: CANTILENA MAQUISTA (II) – PARÓDIA À BASTIANA (I) | nenotavaiconta

    • Agradeço “Nenotavaiconta” pela ligação especialmente vindo deste excelente e rico blog sobre a Macau dos tempos antigos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 642,013 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

As estórias de Margarida Ribeiro ambientadas em Macau e na China

As estórias de Margarida Ribeiro ambientadas em Macau e na China

Acompanhada do macaense Delfino Ribeiro, a escritora madeirense Margarida Ribeiro em 29 de dezembro de 2005  visitou a Casa de Macau de São Paulo no dia da festa de Natal. Na ocasião, quis presentear a comunidade macaense com o seu livro de estórias “A Mui” ambientado na China e em Macau “terra maravilhosa onde a vida tantas vezes confunde […]

%d blogueiros gostam disto: