Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P D Luz

Um passeio na Paulista antes do jogo Brasil x México

O Elvis da Paulista estava em clima de Copa e fazia sua apresentação com músicas brasileira com uma bandeira nacional grande diante do seu "palco"

O Elvis da Paulista estava em clima de Copa e fazia sua apresentação cantando músicas brasileiras com uma bandeira nacional grande diante do seu “palco”. Aqui ele posa para minha câmera.

Antes do jogo BrasilxMéxico que aconteceu hoje, dia 17, no qual a seleção brasileira encontrou uma muralha no gol do adversário chamado Ochoa que defendeu todos os chutes e cabeçadas, fui fazer um passeio na Avenida Paulista, em São Paulo, para ver o movimento. O jogo terminou em 0x0 e o Brasil vai ter que ganhar do Camarões.  Preocupa, pois a seleção não apresentou um futebol muito convincente para dizer que pode ser candidata ao título.

Duas ou três horas antes, muitas empresas já liberavam os seus funcionários para voltarem às casa para assistir o jogo. Era um trânsito já pesado, muita gente andando apressada e pontos de ônibus lotados de passageiros à espera de condução, além do metrô que deveria estar lotadíssimo.

No meio de toda essa agitação, em frente ao Shopping Center 3, na esquina com a Rua Augusta, lá estava o esforçado Elvis da Paulista, que hoje não cantava músicas do seu ídolo mas as brasileiras.  Estava todo trajado do verde das cores da bandeira do Brasil.  Quem não tinha pressa, ou a turismo de Copa, lá parava para assistir a sua exibição. Moças tiravam fotos com ele, e umas ensaiavam o tal “selfie”, tão em moda.

Via-se muita gente com as camisetas da seleção ou com cores do Brasil, ou chapéus e enfeites do mesmo tema.  Mas, andando em direção ao MASP-Museu de Arte, um grupo de duas dezenas de manifestantes com faixas contra a Copa, interrompiam o trânsito no sentido de Consolação sacaneando milhares de pessoas que tinham pressa para chegar às suas casa. Alguns buzinavam, mas não adiantava, os  caras estavam a fim de sacanear o povo mesmo, para atingir os seus objetivos.  Pergunto: qual o direito desses poucos prejudicarem milhares de pessoas. Até me lembra de atitudes fascistas. E se alguém prejudicasse a vida de um desses manifestantes, como eles reagiriam?

Imaginando que a polícia pudesse reprimir o protestinho, que no final, revelou-se fajuto, dei meia volta e retornei para o Center 3. Uns quinze minutos depois, percebi que o trânsito foi liberado pois afinal de contas os manifestantes, de boca para fora, tinham que voltar correndo para casa para ver o jogo do Brasil e torcer pela seleção.  Falam que são do “contra” mas não perdem um jogo só do Brasil, assim acredito, ou então se associaram àquele pastor que pregou “jejum” da Copa.

Voltei a pé para casa, sem pressa, e passei no supermercado para comprar umas coisas para comer enquanto estiver assistindo o jogo, coisa que todo mundo também pretendia fazer, provocando longas filas nos caixas.  Tudo iria fechar na hora do jogo e o supermercado fecharia uma hora antes, reabrindo logo após o jogo.  Isto também com o comércio, shoppings etc, enfim o Brasil todo para enquanto a bola estiver em jogo. Isto é a terra do futebol!

Veja algumas fotos que fiz na Paulista:

Uma camioneta desfilava assim pelo congestionado trânsito da Av. Paulista

Uma camioneta desfilava assim pelo congestionado trânsito da Av. Paulista

Tinha até televisão na carroceria

Tinha até televisão na carroceria

O Shopping Center 3 estava decorada com bandeiras de todos os países participantes da Copa

O Shopping Center 3 estava decorada com bandeiras de todos os países participantes da Copa …

... assim também a fachada do Conjunto Nacional e os postes da avenida

… assim também a fachada do Conjunto Nacional e os postes da avenida

Aqui duas fãs dançam com ele

Aqui duas fãs dançam com ele

O Elvis e uma fã fazendo seu selfie

O Elvis e uma fã fazendo seu selfie

... enquanto isso, um torcedor dos EUA atravessava a avenida com seu filho com camiseta do Brasil

… enquanto isso, um torcedor dos EUA atravessava a avenida com seu filho com camiseta do Brasil

Copa do Mundo na Av Paulista (23)

Este nissei veio do bairro do Grajaú com seu berrante e deu de presente um par de botas ao Elvis

Este nissei veio do bairro do Grajaú com seu berrante e deu de presente um par de botas ao Elvis

 

O protesto contra a Copa que acabou rápido, afinal ninguém é de ferro e tinham que voltar para casa e assistir o jogo. Atrasaram todos os motoristas e ônibus no sentido da Consolação. Devem ter sido amaldiçoados e as suas mães "mal lembradas".

O protesto contra a Copa que acabou rápido, afinal ninguém é de ferro e tinham que voltar para casa assistir o jogo. Atrasaram todos os motoristas e ônibus no sentido da Consolação. Devem ter sido amaldiçoados e as suas mães “mal lembradas”.

O cachorrinho foi passear de cachecol das cores do Brasil

O cachorrinho foi passear de cachecol das cores do Brasil

Estes cachecóis na semana passada estavam a R$ 25,00 e com a Copa em andamento já aumentaram para R$ 35,00. Após a Copa deve baixar de preço, aí dá para comprar para souvenir.

Estes cachecóis na semana passada estavam a R$ 25,00 e com a Copa em andamento já aumentaram para R$ 35,00. Após a Copa deve baixar de preço, aí dá para comprar para souvenir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 17/06/2014 por em Av.Paulista antes do jogo e marcado .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 1.320.018 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Blog do Projecto Memória Macaense

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Hércules António e suas filmagens dos anos 50 e 60

Foi graças a um dvd distribuído por um dos seus filhos, que possibilitou ao Projecto Memória Macaense – PMM montar diversos vídeos filmados por Hércules António que nos trazem velhas e memoráveis lembranças daquela Macau antiga que mora no coração dos macaenses e daqueles que tiveram vivência no território. Os vídeos publicados no YouTube nos […]

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

“Macau linda” música adaptada por J. J. Monteiro, foi interpretada por Rubye de Senna Fernandes

No livro “Meio Século em Macau” de J. J. Monteiro (José Joaquim Monteiro) composto por dois volumes, nas últimas páginas do Volume II estão as letras da canção “Macau (linda)”, que infelizmente não temos a gravação e nem se sabe se houve, talvez nos arquivos pessoais de algum macaense ou familiares. Trata-se de uma música […]

Brasão de Armas de Macau

Brasão de Armas de Macau

Os Brasões de Macau portuguesa são todos inspirados nos estilos heráldicos tradicionais da Europa. O primeiro brasão de armas de Macau foi usado até ao final do século XIX. É apenas constituído pelas armas de Portugal cercado pela inscrição Cidade do Nome de Deus, Não Há Outra Mais Leal. O segundo brasão de armas foi […]

%d blogueiros gostam disto: