Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Aston Martin ganha na LMGTE e a Ferrari o título na Le Mans 6 Horas de São Paulo

Aston Martn #97 (01)

O vencedor da classe LMGTE Pro, o Aston Martin Vanage 8V pilotado por Darren Turner e Stefan Mücke

(In this post press-release about LMGTE also in english)

Nas classes da LMGTE Pro e Am da Le Mans 6 Horas de São Paulo da FIA WEC, os carros da Aston Martin confirmando o favoritismo ganha nas duas modalidades porém a Ferrari conseguiu ficar com o título de construtores de 2014. Veja mais informações a respeito no press release abaixo.

Para quem não conhece, na série Le Mans correm juntas quatro classes: estas duas, mais a LMP1 e a LMP2, cada uma com classificação em separado e a geral que engloba todas. Veja a postagem sobre as classes LMP1 e a LMP2 neste link – https://cronicasmacaenses.com/2014/12/01/porsche-consegue-em-interlagos-a-1a-vitoria-na-fia-wec-le-mans-series-nas-6-horas-de-sao-paulo/

(Fotografias exclusivas de/photos by Rogério P.D. Luz – Imagens DaLuz/Velocidade / clicar nas fotos para aumentar)

Aston Martin nº 98 na frente, vencedor da classe LMGTE Am com - Paul Dalla Lana, Pedro Lamy, e Christoffer Nygaard

Aston Martin nº 98 na frente, vencedor da classe LMGTE Am com – Paul Dalla Lana, Pedro Lamy, e Christoffer Nygaard

Aston Martin confirma o favoritismo em Interlagos e vence nas classes LMGTE Pro e LMGTE Am

Com a vitória do carro 97 na Pro e o 98 na Am, a equipe britânica termina a última etapa da temporada 2014 da FIA WEC com chave de ouro

A Le Mans 6 Horas de São Paulo aconteceu neste domingo (30), no Autódromo de Interlagos e terminou com a primeira vitória da equipe Porsche na categoria LMP1. Nas classes LMGTE Pro e LMGTE Am a vitória ficou com a equipe Aston Martin, na Pro com o carro 97, guiado por Darren Turner e Stefan Mücke e na Am, com o 98, pilotado por Paul Dalla Lana, Pedro Lamy e Christoffer Nygaard.

A corrida de encerramento da temporada 2014 do Campeonato Mundial de Endurance acabou marcada por um acidente muito forte faltando 29 minutos para o fim envolvendo o Porsche 919 Hybrid número 20, com o australiano Mark Webber ao volante, e a Ferrari 458 Itália da categoria LMGTE Am dos pilotos Gianluca Roda, Paolo Ruberti e Mateo Cressoni. A prova foi encerrada atrás do Safety Car.

Nas classes da GT, tanto na Pro quanto na Am, grandes disputas pelas primeiras colocações ocorreram sempre com a Ferrari 71 de Davide Rigon e James Calado e o Aston Martin 99 do brasileiro Fernando Rees e seus companheiros de equipe Alex MacDowall e Darryl O´Young.

Porém, com uma estratégia melhor no final, o Aston Martin 97, de Mücke e Turner cruzou a linha de chegada na frente. Mesmo com a vitória, a dupla acredita que o resultado foi consequência direta da entrada do carro de segurança, como comenta Darren: “se não fosse isso eu acho que não conseguiríamos vencer, A corrida foi disputada, nós lutamos muito e essa vitória me deixa muito satisfeito”, exalta o piloto. Stefan concorda e acrescenta: “tivemos sorte, mas é muito bom terminar a última etapa com uma vitória”, comenta.

Na classe LMGTE Am o trio do carro 98 da Aston Martin já teve um caminho mais tranquilo nas 6 Horas de São Paulo. Pedro Lamy atribuiu essa vitória ao bom desempenho do time e do carro: “Nós tínhamos um bom carro, um bom acerto e meus companheiros foram muito rápidos, o que facilitou meu trabalho”, disse. Paul Dalla Lana, por sua vez, comenta que a corrida foi tranquila para a equipe.

“Foi uma disputa longa, porém muito positiva para nosso time, fizemos um bom trabalho”. Christoffer Nygaard, que completou o trio do modelo inglês, concordou com seus parceiros: “nós tínhamos uma boa vantagem para o segundo colocado e o final com o Safety Car garantiu nossa vitória. Foi muito bom”, finaliza.

Os brasileiros da categoria tiveram desempenhos diferentes. Fernando Rees batalhou, liderou um bom tempo a corrida e lutava pelo pódio, mas quando tentou ultrapassar um adversário foi jogado para fora da pista, o que acabou deixando o piloto apenas na sexta colocação na categoria Pro.

Na Am, Emerson Fittipaldi, em sua volta as pistas com 68 anos de idade, enfrentou muitos problemas em sua Ferrari de número 61, a qual dividiu com os pilotos Alessandro Pier Guidi e Jeffrey Segal, impedindo que os três tivessem um bom ritmo. A equipe de Fittipaldi terminou a prova apenas na sexta colocação da categoria.

A largada

A largada

Confira o resultado final das 6 horas de São Paulo das classes LMGTE-Pro e LMGTE-AM:

1- Darren Turner, Stefan Mücke (Aston Martin Racing/LMGTE-Pro) – à 28 voltas

2 – Frédéric Makowiecki, Patrick Pilet (Porsche Team Manthey/LMGTE-Pro) – à 28 voltas

3 – Davide Rigon, James Calado (AF Corse-Ferrari/LMGTE-Pro) – à 28 voltas

4 – Gianmaria Bruni, Toni Vilander (AF Corse-Ferrari/LMGTE-Pro) – à 29 voltas

5 – Alex MacDowall, Darryl O’Young, Fernando Rees (Aston Martin Racing/LMGTE-Pro) – à 29 voltas

6 – Jörg Bergmeister, Richard Lietz (Porsche Team Manthey/LMGTE-Pro) – à 29 voltas

7 – Paul Dalla Lana, Pedro Lamy, Christoffer Nygaard (Aston Martin Racing/LMGTE-Am) – à 30 voltas

8 – Kristian Poulsen, David, Heinemeier-Hansson, Nicki Thiim (Aston Martin Racing/LMGTE-Am) – à 30 voltas

9 – Stephen Wyatt, Michele Rugolo, Andrea Bertolini (AF Corse-Ferrari/LMGTE-Am) – à 30 voltas

10 – Christian Ried, Klaus Bachler, Khaled Al Qubaisi (Proton Competition-Porsche/LMGTE-Am) – à 32 voltas

11 – François Perrodo, Emmanuel Collard, Matthieu Vaxivière (Prospeed Competition-Porsche/LMGTE-Am) – à 32 voltas

12 – Emerson Fittipaldi, Alessandro Pier Guidi, Jeffrey Segal (AF Corse-Ferrari/LMGTE-Am) – à 63 voltas

A Ferrari 458 Italia melhor classificada, em 3º, pilotado por Davide Rigon, James Calado (AF Corse-Ferrari/LMGTE-Pro)

A Ferrari 458 Italia melhor classificada, em 3º, pilotado por Davide Rigon, James Calado (AF Corse-Ferrari/LMGTE-Pro)

LMGTE Pro: Aston Martin wins while Ferrari take GT Manufacturers title

In an incident-filled finale to the 2014 FIA World Endurance Championship season, Aston Martin Racing scooped the winners’ trophies for both the LMGTE Pro and Am categories while the third and fourth place finishes of the two AF Corse F458 Italias delivered for Ferrari a much deserved FIA Endurance Cup for GT Manufacturers.  The Italian manufacturer finished with 288 points against Porsche’s 262 and Aston Martin’s 232.

The 6 Hours of Sao Paulo started in bright sunshine and warm conditions, and the 55,000 spectators were treated to a thrilling race.  The threat of rain never materialised, and the competition between Aston Martin, Ferrari and Porsche was intense from start to finish.

The race result was almost overshadowed by a dramatic accident which occurred 27 minutes before the chequered flag between the No.20 Porsche 919 Hybrid of Mark Webber and the No.90 LMGTE Am 8Star Motorsports Ferrari of Matteo Cressoni.  Both drivers were taken to the circuit’s Medical Centre and, after initial examination, to the local Hospital Bandeirantes for further checks but their condition has been reported as satisfactory.  The race finished behind the Safety Car for safety reasons.

Darren Turner and Stefan Mücke claimed their second Pro victory of the year to round off a very good weekend for the British marque.  Starting from pole position, the British-German duo’s win came despite several incidents including contact from the No.51 AF Corse Ferrari early in the race – pushing Turner off track – and an ‘off’ by the Briton while pushing hard to overtake the No.71 Ferrari.  They admitted that a stop under one of the two Full Course Yellows and the late-race safety car helped them enormously as they didn’t have to make another stop for fuel.

Second in LMGTE Pro was the No.92 Porsche Team Manthey 911 RSR of Fred Makowiecki and Patrick Pilet which had a strong race and challenged the Aston Martins hard throughout the race and finished 7.5 seconds behind the winning GTE car after six physically tough hours of racing.  Making it three manufacturers on the podium was the No.71 AF Corse Ferrari 458 Italia of Davide Rigon and James Calado who celebrated their fifth podium finish of the season.

The winners of the World Endurance Cup for GT Drivers, Gimmi Bruni and Toni Vilander, were hampered by a puncture during the Brazilian race and finished fourth, followed by the No.99 Aston Martin Vantage of Fernando Rees, Alex MacDowall and Darryl O’Young and the No.91 Porsche 911 RSR of Jörg Bergmeister and Richard Lietz.  These last two were involved in a clash just over an hour from the finish which resulted in Rees being pushed into the wall at Turn 2.  Fortunately he was able to return to the pits and the race, but his hopes of a podium finish at his home race were dashed.  The Porsche driver, meanwhile, received a drive through penalty for causing the collision.

The 6 Hours of Sao Paulo was a typically exciting, enthralling and dramatic race, in what has been a hugely competitive year of FIA World Endurance Championship racing in 2014. The 2015 season will begin on the 27/28 March with the official Prologue at Circuit Paul Ricard.  Please join us for the 2015 FIA World Endurance Championship – we look forward to seeing you there!

Fia Wec 2014 largada (03)

 

Fia Wec 2014 disputa domingo (15)

Christian Ried, Klaus Bachler, Khaled Al Qubaisi (Proton Competition-Porsche/LMGTE-Am)

Porche 911 RSR com Christian Ried, Klaus Bachler, Khaled Al Qubaisi (Proton Competition-Porsche/LMGTE-Am)

O Aston Martin nº 97 de Darren Turner e Stefan Mücke, apesar dessa derrapagem que quase colidiu com a barreira de pneus, foi o vencedor geral da LMGTE. Consegui manter a máquina fotográfica a disparar esta sequência de fotos, apesar do carro vir na minha direção, mas estava devidamente protegido atrás dessa barreira:

Fia Wec 2014 disputa domingo (05)

Os carros da LMGTE sendo ultrapassados por protótipos da LMP1 e 2

Ferrari 458 Italia #71 (01)

Fia Wec 2014 disputa domingo (18)

(a) Porsche 911 RSR #88 (02)

Fia Wec 2014 disputa domingo (19)

Ferrari 458 Italia #71 (03)

Fia Wec 2014 podio LMP1 (02)

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 723,359 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Memórias de S.Paulo 2006 – festa de aniversário da Casa de Macau

Passaram-se 11 anos, não parece muito, mas vários conterrâneos e amigos nas fotos que publico da festa do 17º aniversário da Casa de Macau de São Paulo em 2006, promovida em 29 de julho, não estão mais conosco. Ficaram os bons momentos registrados da boa confraternização. Vale um momento de reflexão para sempre procurarmos um […]

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

%d blogueiros gostam disto: