Cronicas Macaenses

Blog-foto-magazine de Rogério P. D. Luz,

Portillo, a estação de ski do Chile na Cordilheira dos Andes

Estação de ski de Portillo, tendo ao fundo o Hotel Portillo

A 164 kms de Santiago, capital do Chile, numa viagem de cerca de 2 horas e meia, fica a estação de ski Portillo em plena cordilheira dos Andes, distante 3 km da fronteira com a Argentina, na estrada que leva a Mendoza. É uma das mais antigas e tradicionais do País.

Para quem não pretendia esquiar, apenas conhecer o local, sem querer e acertadamente fomos numa excursão com 9 pessoas, viajando de van sem aperto, no início de outubro, dia 3, poucos dias após o encerramento da temporada de ski no final de setembro, época em que também termina a temporada de neve que se inicia em junho.. Por isso, pudemos transitar à vontade pelos locais e pistas que estariam interditados para uso dos esquiadores, porém ainda com neve para você se divertir e tirar fotos. Fica aqui a dica se essa é a sua intenção. Pode-se dizer que a desvantagem é que as montanhas em geral não estão mais totalmente cobertas de neve, revelando um aspecto árido, sem vegetação.

(Fotografia de/photos by Rogério P D Luz)

Nosso grupo de excursão a Portillo

PELAS ESTRADAS PARA PORTILLO

A viagem de 164 kms para Portillo começa pela rodovia Ruta CH-57 Los Libertadores que vindo da Região Metropolitana de Santiago atravessa a Região de Valparaíso e termina em Los Andes. Daí segue pela Ruta CH-60 Los Andes que termina na fronteira com a Argentina, que seguindo adiante chega em Mendoza, distante pouco mais de 210 kms.

Nesta primeira sequência, a vista na viagem de ida:

Foto acima – Já na Ruta 57 pode-se avistar a Cordilheira dos Andes com suas montanhas com neve, um tanto reduzidas na Primavera de outubro.

Fotos abaixo – Pela Ruta 60 voê vê montanhas com pouco ou nada de vegetação, um aspecto árido mas bem interessante.

Abaixo – As duas coberturas são abrigos para no caso de ocorrer avalanche de neve.

Nas fotos seguintes, o fascinante trecho em zigue-zague da Ruta 60 na Cordilheira dos Andes com 17 curvas e percurso de 670 metros, chamado de Los Caracoles de Cuesta Juncal, já próximo do destino final Portillo (mais fotos no final da postagem). 

Já no alto da montanha, após percorrer Los Caracoles de Cuesta Juncal:

Saudação para quem chega da fronteira com a Argentina.

Já estamos em Portillo

O único hotel em Portillo, Hotel Portillo com 127 variadas acomodações que podem abrigar cerca de 450 pessoas,  Próximo, o hotel possui alojamentos mais acessíveis, Octogon Lodge e Inca Lodge, com quartos coletivos, beliches e banheiros ora coletivos. O local transmite uma incrível paz de espírito na sua imensidão ao mesmo tempo um sentimento de respeito observando as montanhas com neve sem uma viva alma.

Aberto a visitação, o hotel tem uma loja para sua compra de souvenirs,

Nas paredes do hotel ficam expostos fotos de celebridades de ski que lá se hospedaram.

Portillo é um dos principais destinos de esquiadores para treinamento no Verão do Hemisfério Norte e tem hospedado equipes de esqui de Áustria, Itália e os Estados Unidos, além de outros países.

Na foto abaixo o restaurante do Hotel Portillo com vista para o lago congelado Laguna del Inca.

Em Portillo, 80% dos seus dias são ensolarados. Em média há uma precipitação anual de 7,4 metros de neve, possuindo 34 pistas de esqui que variam conforme o nível de habilidade. O pico Aconcágua, na Argentina, fica a 40 quilômetros de distância de Portillo, sendo o 4º mais alto do mundo com 6.961 metros acima do nível do mar,  ficando apenas atrás das Himalayas, Karakoram, e Tien Shan na Ásia.

Fotos abaixo – o icônico lago Laguna del Inca de Portillo com as suas águas congeladas no inverno, tem o seu nome derivado de uma lenda do inca Illi Yunqui e sua amada. O hotel tem uma piscina aquecida com vista para o lago.

o impressionante vale com neve atrás do lago

Nas fotos abaixo, tem-se uma ideia de passear em Portillo fora da temporada de esqui que termina em setembro. Sem pagar nada e sem nenhuma restrição, o visitante pode circular por onde quiser. Porém os teleféricos não estão mais em funcionamento e nem há mais locação de equipamentos de esquis. Um divertimento para durar o dia todo ou mais.

A estação de teleférico fica fechada fora da temporada de esqui.

Vale toda criatividade até esquiar em boia. Tudo é permitido fora de temporada.

Snowboard é uma brincadeira mais frequente dos turistas.

Cão São Bernado defronte ao hotel, uma presença frequente em regiões com neve.

O esquiador mais experiente pode utilizar um helicóptero para esquiar em lugares mais remotos.

O caminho de volta a Santiago no fim de tarde, desta vez descendo a fascinante estrada caracol. A presença frequente de caminhões é devido à rota que liga Argentina ao Chile.

A caminho para Santiago, uma parada na churrascaria La Ruca com seu ambiente rústico e despojado. Tem fama e é muito frequentado. Quando chegamos ao hotel já era noite e um sentimento que valeu muito a pena o passeio de um dia.

Anúncios

2 comentários em “Portillo, a estação de ski do Chile na Cordilheira dos Andes

  1. Pingback: Chile: Portillo, esqui na Cordilheira dos Andes | Cronicas Macaenses

  2. Já conhecíamos Chile (Capital) que é tb. muito interessante. Mas pelo que vejo via fotos, parece-me um país muito interessante e, em certos aspetos faz-nos recordar a Europa setentrional…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 30/04/2018 por em Portillo e marcado , , , , , , .

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 879.323 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Memórias de Macau de Todos os Tempos (01)

Nesta postagem do que poderia chamar de uma série “Memórias de Macau de Todos os Tempos”, remetendo-me a um vídeo que publiquei no YouTube (vide no final), publico umas fotos antigas recolhidas ao acaso do meu extenso acervo, ora já publicadas no site (inativo) do Projecto Memória Macaense, ou não, e também já republicadas por […]

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

O Ano Novo chinês celebrado pela comunidade macaense de São Paulo

Para celebrar o Ano Novo chinês de 2018, dando início ao Ano do Cão, a Casa de Macau de São Paulo reuniu a comunidade macaense e amigos para um almoço especial, recheado de boa comida chinesa de dar água na boca. Era a oportunidade para comer, infelizmente, uma vez ao ano, o chái, ou comida de […]

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

Uma foto, uma memória de 63 anos atrás em Macau

No almoço especial do Ano Novo chinês realizado na Casa de Macau de São Paulo em 18 de Fevereiro de 2018, o macaense José Noronha, 83 anos, andava a mostrar uma foto antiga para algumas pessoas que tinham mais ou menos a sua idade. Procurava ele matar as saudades dos velhos tempos em Macau. Macaense […]

%d blogueiros gostam disto: