Cronicas Macaenses

Blog-magazine de Rogério P. D. Luz, de cara nova

Macau Antes e Depois: Rua São Domingos 1967-2010

Saudosista, meses antes da minha emigração para o Brasil em 1967, saí por aí em Macau para tirar fotos de vários locais.  O intuito era guardar lembranças da terra natal. Se na época existisse fotografia digital e cartões de memória, tinha tirado centenas de fotos. Mas, com pouco dinheiro no bolso aos meus 17 anos, e tendo que comprar rolos de filmes de 36 poses, não foram muitas.

Uma das fotos que tirei, ao que parece, caiu no gosto popular, o que me surpreendeu.  Já vi a foto divulgada por outras pessoas em diversas formas, e até está servindo de propaganda ou espécie de logotipo do blog Bairro do Oriente, inclusive estampada no jornal Hoje Macau.

Eu, particularmente, na minha primeira viagem de retorno a Macau em 1993, após 26 anos de muitas saudades, essa que foi feita para participar do I Encontro das Comunidades Macaenses, voltei ao local para tirar uma foto atualizada tal qual como feita antes da emigração. Depois novas fotos semelhantes foram feitas em 2004 e a última em Dezembro de 2010. Confesso que foi único lugar que tive essa preocupação de retornar tantas vezes com intuito de fazer os mesmos registros.

Macau.antes.depois.Rua S.Domingos.1967

Este trecho da Rua Domingos traz para mim lembranças de coisas de criança e de jovem.  Era o lugar onde tinha a loja de quinquilharia e de brinquedos Yun Tsi Hong, 1ª à direita na foto, a maior, depois subindo a rua, também do lado direito, na esquina da subida para a Sé Catedral, tinha um pequeno comércio, uma espécie de portinhola que vendia brinquedos.  Mais adiante, quase na frente da loja da Mariazinha, depois de passar pela atual Livraria Portuguesa, tinha outra loja de quinquilharia um tanto estreita mas comprida.

Na época gostava de comprar kits tais como da Revell e Airfix para montar aviões de guerra, tanques, barcos etc., além de miniaturas de carros da Matchbox, e era nessas lojas que fazia a compra, especialmente naquela pequena de uma portinhola. Isto é, quando tinha algum dinheiro ganho de presente ou lai si no ano novo chinês. Salvo erro, alguns kits custavam o equivalente a um dólar americano, numa época em que não havia inflação em Macau.

Boas recordações e como a vida na infância e juventude marca a gente pelo resto da vida. Não só comigo mas com todos os seres humanos. E essa prática de fazer comparações de “ontem e hoje” de lugares ou paisagens se vê por todos os lugares. No Brasil não é diferente.

Em 1993, a loja de quinquilharias ainda existia após 26 anos mas já tinha encerrado as portas.

Em 1993, a loja de quinquilharias ainda existia após 26 anos mas já tinha encerrado as portas.

A página do site original ou antigo do Projecto Memória Macaense – Macau Antes e Depois – foi lançada juntamente com o site em 05 de Junho de 2003. Neste ano de 2013, vai comemorar 10 anos, ufa! É muito tempo na internet. Veja neste link – http://www.memoriamacaense.org/id9.html

Quem sabe, já que a foto é apreciada, levo o negativo para fazer uma grande ampliação e doar para um museu de Macau ou uma instituição.

Macau.antes.depois.Rua S.Domingos.2004

Foto feita em Dezembro de 2004

De 2004 a 2010 houve poucas mudanças no local.  Agora, se eventualmente for participar do Encontro das Comunidades Macaenses de 2013, farei novo registro do local, embora julgo, e vocês residentes de Macau que o digam, que nada mudou em três anos.  Se não viajar para Macau, então o registro ficará para 2016, se por um milagre ainda houver novo Encontro.

Dezembro de 2010

Dezembro de 2010

*Nota: Macau foi uma colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos. Foi devolvida para a China em 1999.

Anúncios

4 comentários em “Macau Antes e Depois: Rua São Domingos 1967-2010

  1. Jorge da Luz Estorninho
    08/04/2013

    Caro primo Rogério
    Aceite o meu sincero agradecimento à sua dedicação au seu Blog que eu visito com grande regularidade. Vivendo aqui em Hobart capital da Tasmania (um Estado da Australia) onde não hà muitos Portugueses, muito menos filhos da nossa terra. O meu irmão João é o unico Macaense que eu conheco na Tasmania.
    Por meio do seu blog vim a “conhecer” a grande cantora Brasileira Paula Fernandes que estã cantar “India” com Leonardo no meu computer . Ela tem uma vos fantastica.
    Mantenha o seu bom trabalho com o blog.
    Um grande e saudoso abraço
    Jorge

    • Olá primo Jorge, muito agradecido pelas bondosas palavras. Realmente quando tornamos a diáspora há situações, como conta, que temos nos submeter exigindo adaptação e aceitação do convívio social que se oferece. Em São Paulo já não temos essa carência. Mesmo assim, diante de tudo, quero destacar que somente praticando com o primo João tens conseguido manter a fluência da tua língua mãe, o que nem sempre ocorre por falta de prática. Acho isso muito importante. Também um grande e saudoso abraço para ti, ao João e às suas famílias. Deus queira um dia possamos nos reencontrar num dos Encontros. Rogério

  2. jorge basto
    08/04/2013

    Boas recordacoes!
    Tambem «vasculhei» horas e horas nessa loja de brinquedos a seguir as Mariazinhas nos anos 50 e 60s!
    Mas a que mais gostava de brinquedos era a «Lei Iun Kei» na zona da actual Livraria Portuguesa.

    • Olá Jorge, era a rua dos brinquedos e minha preferida. Ficar namorando as vitrines e ver brinquedos que não podia comprar ou o sonho de ganhar como presente. Porém passados 46 anos as minhas lembranças das exactas localizações já são vagas. A postagem foi uma preliminar para teu excelente conto da fantasia das Ruas das Mariazinhas que está tendo muita boa receptividade. Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Autoria do blog-magazine

Rogério P. D. Luz, macaense-português de Macau, ex-território português na China, radicado no Brasil por mais de 40 anos. Autor dos sites Projecto Memória Macaense e ImagensDaLuz.

Sobre

O tema do blog é genérico e fala do Brasil, São Paulo, o mundo, e Macau - ex-colônia portuguesa no Sul da China por cerca de 440 anos e devolvida para a China em 20/12/1999, sua história e sua gente.
Escrita: língua portuguesa escrita/falada no Brasil, mas também mistura e publica o português escrito/falado em Portugal, conforme a postagem, e nem sempre de acordo com a nova ortografia, desculpando-se pelos erros gramaticais.

Pesquise por tema e localidade (ordem alfabética)

Últimas 150 postagens

Estatísticas do blog

  • 671,750 hits

Monitoramento de visitas – contagem desde 01/Nov/2011

free counters

Postagens recentes: Fotoblog do Projecto Memória Macaense

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

Vídeo “O silêncio de um bandolim” à memória de Adalberto Remédios

O que o Adalberto Remédios mais gostava era tocar o seu bandolim. Uma paixão desde jovem nos bons tempos antigos de Macau (ex-território português na China). Costumava tocar nas festas e atividades externas da Casa de Macau de São Paulo, formando um trio com o Clemente Badaraco (viola/violão/bandolim) e Manuel Ramos (baixo/percussão), até se mudar com […]

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

O Dia de Portugal na Macau portuguesa de 1973, em vídeo da RTP

Outro vídeo da saudosa Macau sob administração portuguesa nas comemorações do Dia de Portugal em 1973, na época em que o governador era  o general Nobre de Carvalho . Faz parte dos arquivos da RTP Rádio e Televisão Portuguesa que foram disponibilizados ao público no seu aniversário de 70 anos. “Macau, Campo Desportivo 28 de […]

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Vídeo ‘Macau 70’ da RTP mata saudades, assista …

Viajar ao passado de Macau, dos belos tempos dos anos 60 e 70, é o que nos proporciona o vídeo “Macau 70”, produzido pela RTP Rádio e Televisão Portuguesa. A comemorar 70 anos, a RTP disponibilizou no seu website os arquivos para consulta ‘on-line‘ e Macau está presente numa das suas seções. Na apresentação do […]

%d blogueiros gostam disto: